Presidente da FIM revela pré-acordo para Portugal voltar ao calendário da MotoGP em 2022

Presidente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), o português Jorge Viegas afirmou no Twitter que existe um pré-acordo para Portugal voltar ao calendário da MotoGP em 2022

Presidente da FIM (Federação Internacional de Motociclismo), Jorge Viegas afirmou que existe um pré-acordo para que Portugal volte ao calendário da MotoGP na temporada 2022. O país recebeu o Mundial de Motovelocidade pela última vez em 2012, no circuito do Estoril.
 
No fim de semana, durante a passagem do Mundial de Superbike por Portimão, Viegas foi questionado por um seguidor sobre a volta da MotoGP a Portugal e revelou a existência de um pré-acordo.
Portugal recebeu a MotoGP pela última vez em 2012 no Estoril (Foto: Repsol)
Paddockast #32
AS PISTAS MAIS PERIGOSAS DO MUNDO

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

“Não tem ninguém que queira mais a volta da MotoGP a Portugal do que eu”, disse Viegas, que é natural de Faro. “Existe um pré-acordo para 2022, mas pode ser antes de alguém sair”, completou.
 
Em meados do mês passado, a MotoGP anunciou um calendário com 20 etapas para 2020, o maior de sua história. Por enquanto, a etapa da Finlândia ainda precisa da homologação da FIM, enquanto que Brno precisa de um novo contrato para manter a corrida.
 

O GP de San Marino e da Riviera de Rimini de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube