Primeira fila embaralha fábricas, mas largada se põe decisiva em Valência

Com Yamaha, Honda e Ducati na primeira fila do grid, o GP da Comunidade Valenciana promete ter a largada como ponto decisivo. Em uma pista difícil de ultrapassar, pilotos estão focando nas primeiras voltas da disputa de domingo

A volta ao Velho Continente não abalou a performance da Yamaha. Aproveitando o bom momento que exibiu na fase asiática da temporada, a marca dos três diapasões vem sendo dominante no fim de semana em Valência. E, neste sábado (16), não foi diferente: Fabio Quartararo se impôs na classificação e vai sair na pole-position pela sexta vez em 2019.
 
Com exceção do TL4, que foi liderado por Maverick Viñales, Quartararo ditou o ritmo em todas as sessões que participou no circuito Ricardo Tormo, em média com 0s1 de margem para o segundo colocado. Na hora da classificação, o piloto da SIC anotou 1min29s978 e assegurou a posição de honra no grid com 0s032 de margem.
 
Sempre forte em termos de volta lançada, Quartararo celebrou a melhora no ritmo de corrida alcançada neste sábado, mas deixou claro que sua meta ainda não é a vitória.
Fabio Quartararo (Foto: SIC)
“Nós tivemos um ótimo dia, pois, fora a pole-position, nós conseguimos dar um passo à frente para melhorar nosso ritmo de corrida”, disse Quartararo. “Nós podemos fazer uma largada forte na corrida e farei o meu melhor para terminar amanhã do jeito que terminei hoje, embora tenha alguns outros caras que também têm um ritmo incrível”, seguiu. 
 
“Vamos tentar fazer três voltas perfeitas no início da corrida e, depois, vamos ver o que acontece ―, mas eu espero lutar pelo pódio”, avisou. “No entanto, a meta principal ainda não é vencer uma corrida neste ano. A meta é terminar a corrida e a temporada da melhor maneira possível”, comentou.
 
Segundo no grid, Marc Márquez foi só 0s032 mais lento que Fabio, o que surpreendeu o hexacampeão da MotoGP.
 
“Estou muito feliz, porque eu consegui ficar mais próximo do que esperava”, comentou. “Não achava que poderia estar assim perto em uma volta. Em termos de ritmo de corrida, não estamos muito longe, mas Quartararo é muito forte em uma volta”, exaltou. 

Paddockast #42
QUEM É VOCÊ NO GP DO BRASIL?

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

Ainda na briga pelo Mundial de Equipes, onde a Honda sustenta dois pontos de atraso para a Ducati, Márquez ressaltou que conseguiu seu primeiro objetivo, mas colocou Maverick e Quartararo como os principais rivais.
 
“De qualquer forma, estou muito feliz por estar na primeira fila e nossa primeira meta foi alcançada. Vamos tentar largar bem amanhã e ver o que acontece”, declarou. “Vai ser uma corrida dura, já que Viñales e Quartararo são muito fortes, mas acho que podemos controlar bem”, opinou.
 
Após mostrar um bom ritmo ao longo do fim de semana, Viñales não conseguiu a primeira fila e vai sair apenas em quarto. Mas não é por isso que o #12 ficou insatisfeito.
 
“Estou, na verdade, feliz, porque esta manhã eu não me senti realmente bem, mas aí, de tarde, nós fizemos algumas mudanças na moto e melhoramos muito”, contou Maverick. “Isso foi muito importante. Sinto que tenho um ritmo muito forte, especialmente com o pneu duro. Mas aí na classificação, logo de cara, eu senti uma queda no segundo pneu dianteiro e não tínhamos mais pneus dianteiros novos”, continuou. 
 
“Fiz o melhor que pude, mas, com certeza, poderíamos ter feito mais”, avaliou. “Não sei se posso lutar pela vitória, tudo depende da largada, mas acho que será possível estar no pódio”, completou.
Marc Márquez (Foto: Repsol)
Melhor Ducati no grid, Jack Miller celebrou o trabalho feito pela Pramac no fim de semana, mas falou em avançar ainda mais no domingo.
 
“Estou muito satisfeito com o que fizemos até aqui neste fim de semana”, declarou o australiano. “O feeling é realmente muito bom e, por isso, agradeço o time. Nós estamos melhorando sessão após sessão. Hoje vamos analisar os dados e tentar melhorar ainda mais para a corrida”, acrescentou.
 
Os pilotos consideram, porém, que Valência é uma pista onde é difícil ultrapassar e, por isso, a largada vai ser um ponto chave. 
 
“São três motos diferentes na primeira fila, então, para mim, a estratégia com a Yamaha é sempre a mesma: tentar fazer uma boa largada e tentar forçar nas primeiras voltas”, indicou Quartararo. “Nunca é fácil, pois às vezes nos falta a largada, como aconteceu na Malásia. Nós treinamos até que bem nesse GP, então a minha estratégia será forçar bastante nas primeiras cinco voltas e aí ver qual a situação”, revelou.
 
Márquez, por sua vez, ressaltou que Miller costuma ser bastante agressivo, mas colocou Viñales e Quartararo como principais rivais.
 
“São três motos diferentes e parece que a Ducati está largando muito bem. E Jack é bem bom, forte e agressivo nas primeiras voltas, então vai ser interessante. Mas eu sei que, no momento, no papel, os principais oponentes são Fabio e Viñales”, indicou. “Mas Jack tem um ritmo bom, então precisamos entender onde, pois este circuito é um dos mais difíceis para ultrapassar com uma moto de MotoGP”, concluiu.

O GP da Comunidade Valenciana de MotoGP está marcado para o domingo, às 10h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

CHESTE WEATHER

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube