“Pronto para voltar ao pódio” em Aragão, Rossi ressalta importância das vitórias na briga pelo título da MotoGP

Valentino Rosso e Jorge Lorenzo chegam para abrir a sequência de cinco provas finais da temporada neste final de semana em Aragão separados por 23 prontos. Ambos sabem que o que fizerem na série final vai definir suas temporadas e o título do Mundial de Motovelocidade em 2015

Após 13 etapas do Mundial de Motovelocidade em 2015, a temporada chega agora em Aragão abrindo a sequência das cinco últimas provas do ano – a última na Europa até a corrida final, em Valência. Duas semanas atrás, em Misano, os dois líderes do campeonato viveram suas piores corridas em 2015 – mas numa situação bem diferente. Valentino Rossi foi quinto colocado, marcando mais 11 pontos, enquanto Jorge Lorenzo abandonou.
 
Os companheiros de Yamaha estão separados por 23 pontos, uma quantidade considerável, mas distante de ser insuperável. Só que Lorenzo precisa começar a nadar na direção inversa a das duas últimas corridas, quando teve apenas 13 pontos contra 36 de Valentino.
 
Rossi mostra esperar emoções na série final, dizendo que cada corrida terá uma história diferente. Para a prova do próximo final de semana, espera que as informações obtidas nos testes sejam úteis.
Valentino Rossi, Marc Márquez e Jorge Lorenzo (Foto: Honda)
"Como eu disse muitas vezes, agora toda corrida tem sua própria história. Faltam cinco corridas daqui ao fim da temporada. Se isso é muito ou pouco, não sei, depende do seu ponto de vista, mas o que eu acho é que vai ser importante vencer corridas. Agora vamos a Aragão, onde testamos semanas atrás. Os resultados foram positivos, mas Jorge também foi rápido. Nossos rivais normalmente também são fortes lá, então vai ser um fim de semana complicado", disse. 
 
"Temos de trabalhar do início e esperar que os dados recebidos nos ajudem. A atmosfera no time é muito boa, me sinto bem e estamos prontos para voltar ao pódio", seguiu Rossi.
 
Lorenzo transpareceu a decepção dele com as últimas provas – especialmente levando em conta o bom ritmo que vinha mostrando. Mas no que diz respeito a lutar pelo título, se diz mais que pronto e confiante no que pode fazer.
 
"Em Misano, como em Silverstone, a classificação final não foi como imaginamos. Foi muito decepcionante, especialmente com relação ao ritmo que mostramos por todo o final de semana, mas infelizmente  duas vezes seguidas nós encontramos situações assim pelos três dias", lamentou. 
Jorge Lorenzo (Foto: Yamaha)
"A partir de agora, a luta pelo título vai apertar, mas eu acredito em mim mesmo e meu time, então precisamos continuar tentando até o final e lutando em todas as corridas para alcançar Vale. Ele está bem e marcou pontos importantes nas últimas corridas, mas estou confiante que podemos melhorar nas últimas cinco provas da temporada e estou pronto para lutar", avaliou. 
 
O duas vezes campeão mundial ainda lembrou das boas recordações que guarda de Aragão por conta da vitória do ano passado, mesmo sem ter a pista de Alcañiz como uma das favoritas.
 
"Neste final de semana, vamos visitar Aragão e, mesmo sem ser uma das minhas pistas favoritas, tenho boas lembranças da grande vitória que consegui ano passado, também em condições complicadas. Nunca vou desistir, e esse vai ser a primeira oportunidade das últimas rodadas para estender a luta pelo campeonato", encerrou. 
 
O GP de Aragão acontece no próximo domingo, 27 de agosto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube