Quartararo bate Rossi no último instante e encabeça TL3 na Inglaterra. Márquez é 3º

Fabio Quartararo destronou Valentino Rossi com o cronômetro zerado para garantir a liderança do terceiro treino livre para o GP da Grã-Bretanha. 0s366 mais lento que o ponteiro, Marc Márquez acabou na terceira colocação

O terceiro treino livre para o GP da Grã-Bretanha de MotoGP viu um duelo de gerações. Valentino Rossi e Fabio Quartararo brigaram pelo topo da tabela nos instantes finais da sessão desta manhã de sábado (24), mas foi o caçula quem acabou levando a melhor em Silverstone.
 
Como aconteceu em boa parte do fim de semana até aqui, Marc Márquez passou um longo período no topo da tabela, mas, já na reta final da atividade, viu Quartararo ser o primeiro a baixar de 1min59s em Northamptonshire.
 
Na penúltima de suas 18 voltas, Rossi cravou 1min58s693 e tomou a ponta, mas Quartararo veio em seguida para anotar 1min58s547 e baixar ainda mais o recorde da pista.
Fabio Quartararo (Foto: SIC)
Márquez, que tinha escorregado na tabela, aproveitou a última de suas 19 voltas para fazer 1min58s913 e assegurar a terceira colocação, 0s090 melhor que Jack Miller, o quarto colocado. Danilo Petrucci completa o top-5.
 
0s637 mais lento que o líder, Cal Crutchlow ficou com o sexto tempo, seguido por Maverick Viñales. Franco Morbidelli vem em seguida, com Takaaki Nakagami e Aleix Espargaró fechando a lista dos dez melhores.
 
Com 1min59s540, Álex Rins ficou em 11º, com Andrea Dovizioso aparecendo só em 14º. De volta de lesão, Jorge Lorenzo fez o 21º tempo, 3s931 mais lento que o piloto da SIC.
 

O GP da Grã-Bretanha de MotoGP está marcado para o domingo, às 9h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #30
SHOW DO MILHÃO!

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Saiba como foi o treino livre 3 da MotoGP em Silverstone: 
 
Com o sol brilhando entre nuvens, a temperatura foi subindo em Northamptonshire com o passar das horas. Quando a MotoGP entrou na posta, os termômetros marcavam 20°C, com o asfalto chegando a 24°C. A velocidade do vento era de 6 km/h.
 
Com um par de médios, Álex Rins abriu a sessão com 2min01s621 direto no topo da folha de tempos, 0s245 melhor que Andrea Dovizioso. Maverick Viñales, Valentino Rossi e Fabio Quartararo vinham em seguida.
 
No giro seguinte, Crutchlow foi a 2min00s236 para liderar, 0s362 melhor que Marc Márquez. Jack Miller subiu para terceiro, escoltado por Jack Miller, Danilo Petrucci e Rins.
 
Sem muita demora, Márquez cravou 2min00s152 e assumiu a liderança, só 0s084 melhor que Crutchlow. Rins subiu para terceiro, seguido por Miller, Dovizioso, Quartararo, Petrucci e Rossi. 
 
Antes do início da primeira rodada de pit-stops, Márquez baixou para 1min59s972, ampliando pata 0s264 a vantagem em relação a Crutchlow. Rins tinha o terceiro posto, acompanhado por Miller, Dovizioso, Quartararo, Petrucci, Rossi, Nakagami e Morbidelli.
 
De volta à pista alçando um par de pneus médios, Rossi cravou 2min00s118 e avançou para a segunda colocação, 0s146 atrás de Márquez. 
 
Com pouco menos de 20 minutos para o fim da sessão, Jack Miller teve problemas com a Desmosedici na Stowe, a sétima curva de Silverstone, e acabou tendo de voltar a pé para os boxes da Pramac.
 
Enquanto isso, Márquez, com um médio na frente e um duro atrás, foi a 1min59s743 para ampliar para 0s375 sua margem no topo da tabela. Nakagami avançou para terceiro, 0s020 atrás de Rossi.
 
De volta após passar pelos boxes da LCR, Crutchlow, com um pneu duro na frente e um macio atrás, anotou 1min59s184 e tomou a ponta com 0s559 de margem para Márquez. Já era a melhor volta do fim de semana.
 
Logo depois, Quartararo, que tinha um médio na frente e um macio atrás, foi a 1min58s901, 0s324 melhor que o recorde estabelecido por ele mesmo na sexta-feira.
 
O #20 não se deu por satisfeito e foi ainda mais rápido, chegando a 1min58s727 para abrir 0s457 de margem para Crutchlow. Rins agora era o terceiro, seguido por Márquez e Nakagami.
 
Miller, então, também entrou em 1min59s e assumiu a quarta colocação, 0s174 melhor que Rossi, que foi mais um a furar a barreira de 2min para se colocar em quinto, seguido por Petrucci.
Com um par de pneus macios, Viñales foi a 1min59s298 e assumiu o terceiro lugar, 0s571 mais lento que Quartararo. Franco Morbidelli fez o mesmo na sequência e assumiu a sexta colocação, 0s002 mais rápido que Rossi, o sétimo.
 
Com pouco menos de 4 minutos para o fim, Dovizioso foi a 1min59s779 e assumiu o décimo posto, 1s052 mais lento que Quartararo. Logo em seguida, Pol Espargaró passou Rossi por 0s001 para ficar com o sétimo tempo.
Bem desde sexta-feira, Oliveira foi a 1min59s626 e assumiu a sétima colocação, garantindo, inclusive, um posto provisório direto no Q2.
 
Danilo Petrucci, então, deu um belo salto e se colocou em terceiro, 0s031 atrás de Miller, que tinha avançado para a segunda colocação pouco antes.
 
Com apenas poucos segundos restando no cronômetro, Rossi cravou 1min58s693 e assumiu o comando da atividade, 0s034 melhor que Quartararo.
 
Com o cronômetro zerado, Quartararo deu o troco e bateu Rossi por 0s146 para ficar com a liderança do TL3. Márquez também baixou de 1min59s para ficar com o terceiro posto.
 

Previsão do tempo para Silverstone
GP da Grã-Bretanha Silverstone

!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

#GALERIA(9874)

MotoGP 2019, GP da Grã-Bretanha, Silverstone, treino livre 3:

1 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:58.547  
2 V ROSSI Yamaha 1:58.693 +0.146
3 M MÁRQUEZ Honda 1:58.913 +0.366
4 J MILLER Pramac Ducati 1:59.003 +0.456
5 D PETRUCCI Ducati 1:59.034 +0.487
6 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:59.184 +0.637
7 M VIÑALES Yamaha 1:59.298 +0.751
8 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:59.421 +0.874
9 T NAKAGAMI LCR Honda 1:59.480 +0.933
10 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:59.529 +0.982
11 A RINS Suzuki 1:59.540 +0.993
12 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:59.626 +1.079
13 P ESPARGARÓ KTM 1:59.725 +1.178
14 A DOVIZIOSO Ducati 1:59.740 +1.193
15 J ZARCO KTM 1:59.847 +1.300
16 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:59.904 +1.357
17 T RABAT Avintia Ducati 2:00.530 +1.983
18 A IANNONE Aprilia Gresini 2:00.907 +2.360
19 S GUINTOLI Suzuki 2:00.911 +2.364
20 H SYAHRIN Tech3 KTM 2:01.168 +2.621
21 K ABRAHAM Avintia Ducati 2:02.192 +3.645
22 J LORENZO Honda 2:02.478 +3.931
         
REC F QUARTARARO SIC Yamaha 1:58.547  
MV F QUARTARARO SIC Yamaha 1:59.225 187.2 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 23ºC | pista: 30ºC
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube