Quartararo festeja liderança na Malásia, mas admite ansiedade para testar M1 nova

Fabio Quartararo liderou o primeiro dia de testes da MotoGP na Malásia ainda utilizando a Yamaha do ano passado. Apesar do bom resultado, o #20 se disse ansioso para testar a nova moto

Fabio Quartararo saiu satisfeito do primeiro dia de testes da MotoGP na Malásia. O piloto da SIC cravou 1min58s945 na melhor de suas 52 voltas e fechou a sexta-feira (7) com o melhor tempo do dia, 0s051 melhor que Franco Morbidelli, o segundo colocado.
 
Apesar das novidades preparadas pela Yamaha para o teste de Sepang, Fabio passou esse primeiro dia ainda com a moto do ano passado, já que o objetivo era se reacostumar com o protótipo 1000cc.
Fabio Quartararo (Foto: SIC)
Paddockast #47
FORD vs FERRARI

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

“É bom voltar para a pista depois de quase três meses. Hoje foi só para se acostumar a estar de volta à MotoGP”, disse Quartararo. “Nós usamos a versão do ano passado para dar algumas voltas e fizemos um tempo de volta muito bom com os pneus médios no início do dia”, seguiu.
 
No primeiro dia de atividades em Sepang, a chuva apareceu para limitar o tempo de pista. Assim, Fabio espera clima mais estável para poder provar a moto de 2020.
 
“Nós esperamos clima melhor amanhã para que possamos trabalhar ainda mais”, comentou. “Estou ansioso para ver qual será a minha primeira impressão da moto nova. Estou realmente feliz com hoje, é sempre bom começar sendo o mais rápido, mas é só o primeiro dia do teste ― todo mundo começa com novas motos, não é fácil para ninguém”, ponderou. 
 
“A moto de 2019 é uma moto que realmente conheço do ano passado, mas, claro, é sempre melhor estar na primeira posição do que na décima”, reconheceu. “Mal posso esperar por amanhã para começar com a moto nova”, encerrou.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar