Quartararo se impõe e crava pole na Tailândia. Márquez cai e larga em terceiro

Fabio Quartararo se impôs no treino classificatório deste sábado (5) e assegurou sua quarta pole-position na temporada 2019 da MotoGP. 0s106 mais lento, Maverick Viñales ficou com o segundo posto, com Marc Márquez em terceiro após uma queda

Fabio Quartararo levou a melhor em um final tumultuado da classificação da MotoGP para o GP da Tailândia. Mesmo tendo sofrido uma queda na última de suas oito voltas na tarde deste sábado (5), o #20 fez o bastante para garantir a posição de honra no grid pela quarta vez no ano. 
 
Apesar de dolorido por conta do forte tombo de sexta-feira, Marc Márquez foi protagonista da sessão e vinha desafiando Quartararo como único outro a ter entrado na casa de 1min29s. Nos instantes finais da sessão, porém, o #93, que pode conquistar o hexacampeonato da MotoGP já neste domingo, caiu e não teve como melhorar de 1min29s931.
 
Fabio, entretanto, foi a 1min29s719 e conseguiu a melhor marca, com direito, aliás, a um novo recorde para Buriram. O piloto da SIC, então, abriu um novo giro, mas caiu na curva 5 e não conseguiu baixar ainda mais o tempo de volta com a YZR-M1.
 
No instante final, Maverick Viñales, que retardou ao máximo sua troca de pneus, apareceu para ser 0s106 mais lento que Fabio para assegurar o segundo posto, exatamente com os mesmos 0s106 à frente de Márquez.
Fabio Quartararo (Foto: SIC)
Com 1min30s431, Franco Morbidelli ficou com o quarto posto, à frente de Danilo Petrucci, a melhor Ducati. Jack Miller surge na sequência, escoltado por Andrea Dovizioso, Joan Mir e Valentino Rossi, que também sofreu uma queda na primeira metade do Q2. Álex Rins fecha o top-10 à frente de Pol e Aleix Espargaró.

Barrado no Q1 por apenas 0s013, Cal Crutchlow vai ter de se contentar com o 13º posto no grid de Chang, à frente de Takaaki Nakagami. Francesco Bagnaia chegou a sonhar com um lugar na fase seguinte, mas, por conta de uma queda nos minutos finais da primeira parte da classificação, vai largar em 15º, seguido por Andrea Iannone, Miguel Oliveira e Tito Rabat.
 
Com 1min31s605, Jorge Lorenzo ficou com o 19º lugar, com Karel Abraham, Mika Kallio e Hafizh Syahrin fechando o grid.

O GP da Tailândia de MotoGP está marcado para o domingo, às 4h (de Brasília). Acompanhe aqui a cobertura do GRANDE PRÊMIO.

Paddockast #36
O MELHOR PILOTO SEM VITÓRIA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Quartararo surge no fim, bate Márquez e lidera quarto treino na Tailândia

A MotoGP voltou para a pista na Tailândia para o quarto treino livre antes da classificação. Com o tempo muito mais firme, o termômetro marcava o tempo de 28ºC, com o asfalto batendo os 43ºC.
 
Os tempos aos poucos começavam a surgir na tabela depois das voltas de instalação. Morbidelli foi quem se estabeleceu em primeiro com 1min32s986. O titular da SIC era seguido por Rossi e Viñales.
 
A maior parte dos pilotos escolheu pneu macio traseiro e duro dianteiro, com exceção de Quartararo, Bagnaia, Mir, Rabat e Iannone, que foram de médio traseiro, Lorenzo, Nakagami e Abraham, que foram de médio e macio.
 
Com mais de cinco minutos já rodados no cronômetro, Franco seguia na ponta. Mas agora era Márquez quem estava em segundo, com Rossi, Quartararo e Viñales completando os cinco primeiros.
 
Não demorou muito para que o titular da Honda superasse a todos para se colocar na ponta com 1min31s108. Valentino o seguia com uma marca 0s395 inferior. Dovizioso, Quartararo, Miller, Morbidelli, Rins, Bagnaia, Viñales e Pol Espargaró eram o top-10.
 
Faltavam 13 minutos para terminar o treino e a maior parte do pelotão estava nos boxes. O tempo da ponta baixou, sendo 1min30s782 a ser batido. Quartararo era o segundo, com Viñales, Miller e Rossi na sequência.
 
Na fase final, a maior parte dos pilotos optou por pneu duro dianteiro e macio traseiro, com Rossi indo de macio e macio, Iannone indo de médio traseiro, e Rabat optando por médio dianteiro e macio traseiro.
 
A ordem com três minutos para o encerramento era Márquez, Viñales, Quartararo, Miller, Rossi, Rins, Morbidelli, Pol Espargaró, Petrucci e Mir completando os dez primeiros.
 
Mas Quartararo esperaria os últimos instantes para superar Marc. O francês fez volta voadora de 1min30s755 para terminar o ensaio em primeiro, com Márquez, Viñales, Miller e Dovizioso no top-5.

Petrucci e Pol Espargaró voam para garantir vagas no Q2 em Buriram

O cronômetro começou a rodar na Tailândia, dando início ao Q1 da classificação da classe rainha. Os pilotos na pista eram Petrucci, Bagnaia, Crutchlow, Nakagami, Pol Espargaró, Iannone, Abraham, Rabat, Oliveira, Lorenzo, Kallio e Syahrin.

Anotando 1min31s230 e 1min31s376, Pol Espargaró e Crutchlow eram os pilotos que garantiam vaga no Q2 com pouco menos de nove minutos para a bandeira quadriculada.
 

Após a parada programada no meio do ensaio, os pilotos estavam todos de volta ao traçado para os últimos giros cronometrados. Com 1min30s685, Danilo saltou para a ponta, tirando Cal do top-2.

Com o cronômetro quase zerado, Bagnaia protagonizou uma queda na curva 7. Na mudança de direção, o piloto acabou perdendo a moto, encerrando suas chances de avançar ao Q2.


Sessão encerrada e quem avançou para a fase seguinte foi Petrucci e Pol Espargaró. Crutchlow, Nakagami, Bagnaia, Iannone, Oliveira, Rabat, Lorenzo, Abraham, Kallio e Syahrin já definiram seus postos.

Mesmo com queda, Quartararo conquista pole para GP da Tailândia

Bandeira verde tremulando e Q2 autorizado. A dupla se juntou a Márquez, Viñales, Morbidelli, Miller, Rossi, Márquez, Aleix Espargaró, Dovizioso e Rins para brigar pela pole-position tailandesa.
 
Miller e Rossi optaram por pneus macios dianteiro e traseiro, enquanto Mir e Petrucci foram de médio e macio. Todos os demais pilotos escolheram a mesma combinação, de duro na frente e macio atrás.
 
Marc foi o primeiro a aparecer na primeira colocação da tabela, seguido de perto por Morbidelli e Mir. Mas logo Viñales bateria o espanhol por 0s3 para assumir a primeira colocação.

As coisas estavam bastante animadas em Buriram. Valentino registrou uma queda na curva 5, quando vinha tentando melhorar sua marca. O italiano logo voltou de carona para os boxes para tentar retomar a sessão.
 

Enquanto isso, Quartararo estabelecia um novo recorde para o circuito de Chang. Com 1min29s920, o titular da SIC bateu o antigo tempo de Marc para estabelecer a nova volta mais rápida da pista.
Com seis minutos para o final, quase todos os pilotos estavam nos boxes com exceção de Viñales. A ordem era Quartararo, Márquez, Maverick, Morbidelli, Miller, Mir, Dovizioso, Petrucci, Rossi, Rins, Aleix e Pol Espargaró.
 
De forma inesperada, Márquez acabou caindo com menos de 1min para o encerramento da classificação. Enquanto isso, Quartararo baixou ainda mais sua marca, anotando 1min29s719. Viñales vinha depois da dupla.
Um festival de quedas no final da tomada de tempos da classe rainha. Com a bandeira quadriculada, ainda sobrou tempo para o francês da SIC ir ao chão. Mesmo assim, ficou com a pole-position.
 
Maverick conseguiu superar Marc para largar da segunda posição, enquanto o espanhol da Honda é o terceiro. Morbidelli, Petrucci e Miller completando a segunda fila na Tailândia.

MotoGP 2019, GP da Tailândia, Buriram, Grid de largada:
1 F QUARTARARO SIC Yamaha 1:29.719  
2 M VIÑALES Yamaha 1:29.825 +0.106
3 M MÁRQUEZ Honda 1:29.931 +0.212
4 F MORBIDELLI SIC Yamaha 1:30.431 +0.712
5 D PETRUCCI Ducati 1:30.522 +0.803
6 J MILLER Pramac Ducati 1:30.597 +0.878
7 A DOVIZIOSO Ducati 1:30.692 +0.973
8 J MIR Suzuki 1:30.735 +1.016
9 V ROSSI Yamaha 1:30.741 +1.022
10 A RINS Suzuki 1:30.778 +1.059
11 P ESPARGARÓ KTM 1:31.065 +1.346
12 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 1:31.258 +1.539
13 C CRUTCHLOW LCR Honda 1:30.969 +1.250
14 T NAKAGAMI LCR Honda 1:31.388 +1.669
15 F BAGNAIA Pramac Ducati 1:31.416 +1.697
16 A IANNONE Aprilia Gresini 1:31.428 +1.709
17 M OLIVEIRA Tech3 KTM 1:31.499 +1.780
18 T RABAT Avintia Ducati 1:31.554 +1.835
19 J LORENZO Honda 1:31.605 +1.886
20 K ABRAHAM Avintia Ducati 1:31.773 +2.054
21 M KALLIO KTM 1:31.849 +2.130
22 H SYAHRIN Tech3 KTM 1:31.979 +2.260
         
MV M MÁRQUEZ Honda 1:31.471 179.2  km/h
REC F QUARTARARO SIC Yamaha 1:29.719 182.7 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 29ºC | pista: 46ºC

Previsão do tempo para Buriram
GP da Tailândia Chang
!function(d,s,id){var js,fjs=d.getElementsByTagName(s)[0];if(!d.getElementById(id)){js=d.createElement(s);js.id=id;js.src=’https://weatherwidget.io/js/widget.min.js’;fjs.parentNode.insertBefore(js,fjs);}}(document,’script’,’weatherwidget-io-js’);

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube