Quartararo supera Bagnaia no Japão e vence pela segunda vez na Moto2. Oliveira fica em quarto

Fabio Quartararo conseguiu resistir à pressão de Francesco Bagnaia em Motegi neste domingo (21) e venceu pela segunda vez na temporada 2018 da Moto2. Lorenzo Baldassarri completou o pódio nipônico, com Miguel Oliveira na quarta colocação

LEIA TAMBÉM

 Ana Carrasco: a campeã que mudou as regras de um esporte dominado por homens

 
Depois de uma eletrizante corrida da Moto3, o GP do Japão de Moto2 foi um bocado monótono. Fabio Quartararo conseguiu superar Francesco Bagnaia ainda nas primeiras voltas da corrida deste domingo (21) e, embora o #42 tenha se arriscado nos giros finais, o francês controlou os ataques e garantiu seu segundo triunfo no ano.
 
Dono da pole, Bagnaia saiu bem e manteve a ponta, mas não conseguiu escapar e acabou superado por Quartararo. O #20 manteve a liderança na maior parte da disputa, mas sem abrir uma grande margem para o rival da VR46.
Fabio Quartararo venceu em Motegi (Foto: Speed Up)
Com quatro voltas para o fim, Pecco fez uma primeira tentativa, mas não encontrou espaço e voltou a se afastar do rival da Speed Up. O #42, mesmo com os pneus desgastados, seguiu insistindo e voltou a colar em Fabio, mas não conseguiu um ataque efetivo.
 
Assim, Quartararo recebeu a bandeirada com 0s445 de vantagem para Bagnaia, com Lorenzo Baldassarri aparecendo para completar o pódio no circuito localizado no distrito de Kanto.
Vice-líder do Mundial, Miguel Oliveira conseguiu escalar algumas posições, mas ficou apenas em quarto, 11s998 atrás de Quartararo. Álex Márquez vem na sequência, seguido por Brad Binder.
 
Augusto Fernández recebeu a bandeirada em sétimo, com Xavi Vierge, Iker Lecuona e Luca Marini completando o rol dos dez melhores.
Mesmo batido neste domingo, Bagnaia chegou aos 279 pontos e agora lidera com 35 de frente para Oliveira. Binder é o terceiro, à frente de Baldassari, Márquez e Quartararo.
Saiba como foi o GP do Japão de Moto2:
 
Depois de dois dias de clima mais ou menos, o domingo amanheceu com o tempo mais aberto, o que elevou um pouco a temperatura. Antes da largada, os termômetros mediam 23°C, com o asfalto chegando a 35°C. 
 
Pela sexta vez no ano, a pole-position era de Francesco Bagnaia, que vinha seguido por Fabio Quartararo e Iker Lecuona. Marcel Schrotter abre a segunda fila, escoltado por Lorenzo Baldassarri e Álex Márquez, o piloto mais bem sucedido em Motegi no grid atual da Moto2.
 
Vice-líder do Mundial, Miguel Oliveira tinha apenas a nona colocação. É a 11ª vez no ano que o português não consegue vaga no top-8 do grid.
 
Para este fim de semana, a Dunlop levou ao Japão os pneus dianteiros macios ‘343’ e médios ‘2’ e os traseiros extramacios ‘OR1’ e macios ‘2R1’.
 
Com as luzes apagadas, a largada estava autorizada no Japão. Quartararo fez ótima saída para assumir a primeira colocação, mas logo viu Bagnaia superá-lo. Vierge vinha em terceiro, com Baldassarri e Schrotter em seguida.
 

Com 20 voltas para o final, Pecco seguia na primeira colocação, mas sem conseguir se desvincular do restante do pelotão. Quartararo vinha em segundo, até que deu uma investida em cima do #20, consumindo a ultrapassagem. Baldassarri completava o pódio.

 

O francês tinha vida relativamente fácil na primeira posição do pelotão, sustentando um respiro de mais de 0s5 para o segundo colocado, Bagnaia. Baldassarri, Vierge e Oliveira apareciam para completar o top-5.

Enquanto na ponta as coisas se mantinham, a briga para as posições mais para traz estava mais emocionante. Oliveira tentava se aproximar de Vierge, mas sem sucesso. Enquanto isso, também tinha que segurar as investidas de Brad Binder.
 
Com 15 voltas para o final, Quartararo seguia na ponta, enquanto Bagnaia seguia em segundo com uma vantagem de 0s676 para o terceiro colocado, Baldassarri. Vierge, Oliveira, Brad Binder, Lecuona, Mir, Márquez e Fernandez completavam o top-10.
 
A medida que os giros passavam, Bagnaia tentava se aproximar de Quartararo, que mantinha bom ritmo e não permitia que o italiano chegasse. A diferença entre a dupla era ligeiramente maior que 0s4.
 
Perto do final, enfim Oliveira conseguiu superar Vierge para aparecer na quarta colocação. Com isso, somava cinco ultrapassagens, já que iniciou o GP do Japão na nona posição. O português tentava agora se aproximar de Baldassarri, mas a diferença entre eles era de 4s5.
 
Com cinco giros para a bandeira quadriculada, a ordem na pista era Quartararo, Bagnaia, Baldassarri, Oliveira, Márquez, Brad Binder, Fernandez, Vierge, Lecuona e Marini.
 
E foi nesse momento que a dupla da ponta começou a protagonizar um quente embate pela primeira colocação. Bagnaia tentou dar o bote em cima de Quartararo, que fechou a porta para se manter na ponta. 
Dois giros mais tarde, Francesco tentava mais uma vez consumar a ultrapassagem em cima de Fabio. Mas o #20 não facilitou a vida do #42, e os dois entraram na última volta brigando pela liderança.
 
Bagnaia deu um bote final nas últimas curvas, mas teve que ver Quartararo cruzar a linha de chegada na primeira colocação. Baldassari completou o pódio, com Oliveira e Márquez fechando o top-5.
 

Moto2 2018, GP do Japão, Motegi, Final (Atualizada):
 

1 F BAGNAIA VR46 Kalex 41:04.294 23 voltas
2 L BALDASSARRI PONS Kalex +6.672  
3 M OLIVEIRA Red Bull KTM Ajo +11.998  
4 A MÁRQUEZ Marc VDS Kalex +12.528  
5 B BINDER Red Bull KTM Ajo +12.793  
6 A FERNANDEZ PONS Kalex +13.146  
7 X VIERGE Intact Kalex +14.097  
8 I LECUONA Interwetten KTM +14.256  
9 L MARINI VR46 Kalex +16.049  
10 M SCHROTTER Intact Kalex +18.001  
11 J MIR Marc VDS Kalex +19.666  
12 T NAGASHIMA Tady Kalex +20.256  
13 D AEGERTER Kiefer KTM +20.723  
14 M PASINI Italtrans Kalex +23.536  
15 R GARDNER Tech3 Mistral 610 +24.913  
16 A LOCATELLI Italtrans Kalex +25.067  
17 S LOWES Interwetten KTM +26.733  
18 J ROBERTS RW NTS +34.332  
19 S ODENDAAL RW NTS +34.519  
20 J RAFFIN SAG Kalex +34.748  
21 N TUULI SIC Kalex +37.903  
22 K IDHAM PAWI Tady Kalex +38.366  
23 E PONS Speed UP +43.015  
24 S MANZI Forward Suter +47.112  
25 J DANILO SAG Kalex +56.945  
26 I VIÑALES Forward Suter +1:00.104  
27 X CARDELUS Stylobike Kalex +1:07.510  
28 B BENDSNEYDER Tech3 Mistral 610 NC  
29 J NAVARRO Gresini Kalex NC  
30 F FULIGNI TASCA Kalex NC  
31 S CORSI TASCA Kalex NC  
32 F QUARTARARO Speed UP Desclassificado  
         
REC F MORBIDELLI Marc VDS Kalex 1:50.788 156.0 km/h
MV J ZARCO Ajo Kalex 1:49.961 157.1 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 23ºC | pista: 35ºC

#GALERIA(9571)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube