Recuperado de lesões, Rabat é presença garantida na última sessão de testes coletivos da pré-temporada da MotoGP

A Marc VDS oficializou a volta de Tito Rabat na bateria final de testes coletivos da pré-temporada 2017 da MotoGP. Espanhol sofreu uma série de lesões em um forte acidente no teste da Malásia

 

Tito Rabat está de volta. Depois de perder a segunda bateria de testes coletivos da pré-temporada 2017, realizada na Austrália em meados do mês passado, o espanhol volta a se reencontrar com a Marc VDS para o exercício final, que acontece entre os dias 10 e 12, no Catar.

 
Tito Rabat e Jack Miller estarão juntos mais uma vez (Foto: Estrella Galicia)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

Entretanto, é uma laceração severa no joelho esquerdo que mantém o piloto fora da pista. Em uma cirurgia, os médicos conseguiram fechar a ferida sem recorrer à um enxerto de pelo, mas nem mesmo um programa intenso de fisioterapia permitiu que Rabat recuperasse mobilidade o bastante para entrar na pista na Austrália.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Depois de quatro semanas de reabilitação, Rabat se disse ansioso para retornar às pistas e dar sequência ao trabalho com a RC213V do time belga.
 
“As últimas quatro semanas foram dedicadas à reabilitação, trabalhando com fisioterapeutas para me recuperar das lesões e também da cirurgia”, disse Rabat. “Ainda não estou de volta à plena forma, mas estou em forma para pilotar e, embora tenhamos de levar as lesões em conta no Catar, isso não vai nos impedir de curtir um teste produtivo”, continuou.
 
“Este teste não é para ficar buscando tempo de volta, mas para trabalhar com a minha equipe, reconstruir minha confiança com a moto e garantir que estamos o mais bem preparados possível para quando voltarmos ao Circuito Internacional de Losail para a primeira corrida da temporada”, completou.
 
Chefe da Marc VDS, Michael Bartholemy celebrou a volta do espanhol, ainda que Rabat não esteja no auge da forma física.
 
“Ficaremos felizes em ver Tito de volta à moto no Catar depois do que foi um difícil período de reabilitação para ele”, comentou Bartholemy. “Não estamos esperando que ele esteja completamente em forma, já que o treinamento dele foi limitado pelas lesões e também pelos antibióticos que foram necessários para afastar infecções do joelho”, contou.
 
“Entretanto, ele está confiante de que as lesões estão suficientemente recuperadas para que ele possa testar e nós, claro, vamos monitorar a condição física dele de perto durante os três dias”, concluiu.

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)<0?n+="px":n,cc.style.display="",s2.width=n,window.frameElement&&(s1.height=c2.offsetHeight+5+"px"),t=500,s1.width="100%"}rs(t)},200)}var c1=window.frameElement?window.frameElement:document.getElementById("crt_ftr"),c2=document.getElementById("crt_ftr"),s1=c1.style;s1.position="fixed",s1.bottom="-4px",s1.left="0px",window.frameElement&&(s1.height="0"),c2.style.textAlign="center",s1.zIndex="60000";var cc=document.getElementById("crt_cls"),s2=cc.parentNode.style;cc.onclick=function(){s1.display="none"};var t=0;rs(0);

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth < 970) ? 302357 : 302359;
document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube