Relação com Rossi e visita a Schumacher: como Maradona se envolveu com esporte a motor

Morto nesta quarta-feira (25), Maradona tinha uma relação próxima com o mundo do esporte a motor e chegou até mesmo a comemorar vitória de Valentino Rossi nos boxes da Yamaha

Ídolo do futebol, Diego Maradona também foi cultuado no mundo do esporte a motor. O argentino, que morreu nesta quarta-feira (25), já chegou até mesmo a provar um carro de rali com o astro Sébastien Loeb e a comemorar uma vitória de Valentino Rossi nos boxes da Yamaha.

Em 2005, a convite de Michael Schumacher, ‘el D10S’ assistiu ao GP de Mônaco de Fórmula 1 na companhia da filha mais velha, Dalma. Em 2008, uma aventura um tanto mais radical: Diego deu uma volta em um Citroën C4 WRC de carona com ninguém menos que Sébastien Loeb, o grande astro do Mundial de Rali. E saiu feliz do percurso de cerca de 4 km entre Villa García e Cabalando, na Argentina, ainda que não tenha podido conversar com o francês por conta das barreiras do idioma.

LEIA TAMBÉM
+ Don Diego Armando Maradona vive, pois jamais teve medo da morte

No Rali da Argentina de 2008, subiu no carro da Citrôen junto de Sébastien Loeb (Foto: Automundo.ar)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

“Fui uma coisa incrível! Além de ser uma delícia vê-lo guiar. Tinham muitos pontos cegos e ele não parava”, contou Maradona após a experiência. “Me senti muito confortável, como se estivesse ao volante”, comentou;

Há 12 anos, foi a vez de Diego visitar o paddock da MotoGP no GP de San Marino e, além de conversar com Carmelo Ezpeleta, diretor-executivo da Dorna, promotora do Mundial, foi até Valentino Rossi no grid e, além de ganhar um abraço do piloto da Yamaha, aproveitou para beijar a mão do italiano famoso pelo #46.

Depois de assistir à corrida animadamente, Maradona se juntou à comemoração pela vitória do italiano de Tavullia nos boxes da equipe dos três diapasões, onde foi ovacionado e pulou ao lado de Rossi ao festejar.

Em 2015, foi a vez de o piloto homenagear o ídolo. Aproveitando a vitória no GP da Argentina, o italiano vestiu a camisa da seleção nacional, estampando o #10 e o sobrenome do astro.

Em 2019, na ocasião dos 40 anos de Valentino Rossi, Maradona gravou um vídeo em homenagem ao sete vezes campeão da MotoGP, a quem se referiu como “para sempre o anjo que voa ao redor do mundo”.

Pelas redes sociais, a MotoGP manifestou pesar pela morte do argentino: “Estamos tristes em saber da morte de Diego Maradona. Um verdadeiro gigante do esporte e um dos maiores jogadores de futebol de qualquer geração. A família da MotoGP manda a mais sincera condolência aos familiares e amigos dele”.

Ainda em recuperação de uma fratura no braço direito, Marc Márquez também usou as redes para lamentar a perda de Diego.

Carl Fogarty, ex-piloto do Mundial de Superbike, foi mais um que se manifestou após a confirmação da morte de Maradona.

“Triste em saber da morte de Maradona. Na minha opinião, morreu o maior jogador de futebol de todos os tempos”, escreveu Fogarty.

Bastante mais breve, a FIM (Federação Internacional de Motociclismo) postou no Twitter: “Descanse em paz, Maradona. Lenda do esporte”.

“Descanse em paz, Diego Maradona. Um dos maiores heróis do esporte”, escreveu a equipe SRT Yamaha.

VEJA TAMBÉM
📷 As imagens das visitas de Maradona ao mundo do esporte a motor

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube