MotoGP

Rins deixa Márquez para trás e encabeça segundo treino da MotoGP na Malásia. Lorenzo fica em último

Álex Rins bateu Marc Márquez por 0s093 na tarde desta sexta-feira (2) e assegurou a liderança do segundo treino da MotoGP em Sepang. Mais 0s070 atrás, Jack Miller completou o top-3 desta tarde
Warm Up / JULIANA TESSER, de São Paulo
 Álex Rins (Foto: Michelin)
Com o perdão do trocadilho, Álex Rins começou o fim de semana em chamas. Depois de o fogo danificar uma de suas GSX-RR ainda na quinta-feira, o #42 esquentou os minutos finais do segundo treino desta sexta-feira (2) em Sepang e deu o tom da MotoGP.
 
Tal qual aconteceu mais cedo, os tempos caíram para valer na parte final do treino, mas, desta vez, a Suzuki foi quem levou a melhor. Na mais rápida de suas 19 voltas na pista malaia, Rins anotou 1min59s608 para fechar a sexta com 0s093 de margem para Márquez.
 
Mais 0s070 atrás, Jack Miller ficou com o terceiro posto, seguido de perto por Maverick Viñales, que, por sua vez, foi só 0s009 mais veloz que Danilo Petrucci, o quinto.
Álex Rins foi o mais rápido nesta tarde (Foto: MotoGP)
Valentino Rossi abriu os minutos finais no topo da tabela de tempos, mas acabou caindo para sexto, 0s409 atrás de Rins. Andrea Dovizioso aparece 0s074 atrás, com Johann Zarco, Andrea Iannone e Dani Pedrosa completando o top-10.
 
De volta às pistas dias após uma operação, Jorge Lorenzo completou apenas nove voltas e, assim como aconteceu mais cedo, ficou com o último tempo, 5s028 atrás do líder. O #99 agora vai definir se continua o fim de semana na Malásia. Piloto de testes da Ducati, Michele Pirro está em Sepang para assumir a Desmosedici caso necessário.
 
Saiba como foi o segundo treino livre da MotoGP em Sepang:
 
O tempo fechou em Sepang na tarde desta sexta-feira, mas a presença maciça de nuvens não foi o suficiente para baixar a temperatura. Quando a MotoGP voltou para a pista para o segundo treino, os termômetros marcavam 32°C, com o asfalto chegando aos 37°C.
 
Usando um pneu macio na traseira da RCV, Marc Márquez começou a sessão na ponta com 2min00s897, 0s115 melhor que Maverick Viñales. Andrea Dovizioso era o terceiro.
 
Na passagem seguinte, o #93 se manteve no topo da tabela, agora com 0s079 de margem para Viñales. Dovi também melhorou para seguir em terceiro, com Rossi fechando o top-4. Rins, então, baixou para 2min01s216 e assumiu o quarto posto. 
 
Com a chuva que caiu no fim do treino da Moto3 nesta tarde, a pista tinha piorado um pouco, daí os tempos mais altos neste início de sessão.
 
Com pouco mais de dez minutos de treino, Maverick baixou mais um pouco sua marca, reduzindo para 0s054 a vantagem de Márquez no topo da tabela. Dovizioso também tinha sido mais rápido e agora estava a 0s187 do líder.
 
O #4, então, abriu uma boa volta, mas abortou o giro para entrar nos boxes, seguindo em terceiro, à frente de Rins, Rossi, Bautista e Miller.
 
Os boxes ganharam em movimentação pouco depois, num momento em que o top-10 tinha Márquez, Viñales, Dovizioso, Bautista, Iannone, Rins, Rossi, Zarco, Miller e Petrucci.
 
De volta à pista, Rins baixou para 2min01s137, mas permaneceu em quinto, agora 0s610 atrás de Márquez.
 
Com cerca de 20 minutos para o fim, Scott Redding sofreu uma queda na curva dois de Sepang, mas escapou livre de lesões.
 
Com um par de pneus médios ― apenas o traseiro novo ―, Rossi cravou 2min00s035 e assumiu a ponta, 0s363 melhor que Dovizioso, que avançou para a segunda colocação. 
 
Na sequência, Andrea vinha em ritmo para tomar a ponta, mas perdeu na parcial final e apenas reduziu para 0s056 a margem de Rossi na liderança.
 
Terceiro na tabela, Márquez ia tentando melhorar, mas tomou um belo de um susto na curva 15. Como faz com frequência, o #93 conseguiu salvar a queda e seguiu na pista. Antes, aliás, o espanhol tinha conseguido evitar outras duas quedas.

Com menos de dez minutos para o fim, Morbidelli, com um pneu macio na traseira, cravou 2min00s990 e subiu para a sexta colocação, 0s955 mais lento que Rossi.
 
Na sequência, Miller, também com um macio novo na traseira, saltou para o terceiro posto, mas caiu uma posição na sequência, com Rins virando 0s135 melhor.
 
O australiano, porém, seguiu insistindo e, com 1min59s771, assumiu a ponta, superando Rossi por 0s264. Em seguida, Rins pulou para segundo.
 
Depois de muito escorregar, Márquez cravou 1min59s701 e saltou para a liderança, destronando Miller por 0s070. Maverick também melhorou e agora era terceiro.
 
Com 1min59s608, Rins assumiu a ponta, abrindo 0s093 de margem para Márquez.  Miller, Viñales e Rossi vinham na sequência. Petrucci, então, avançou para a quinta colocação.


MotoGP, GP da Malásia, Sepang, treino livre 2:

1 A RINS Suzuki 1:59.608  
2 M MÁRQUEZ Honda 1:59.701 +0.093
3 J MILLER Pramac Ducati 1:59.771 +0.163
4 M VIÑALES Yamaha 1:59.802 +0.194
5 D PETRUCCI Pramac Ducati 1:59.811 +0.203
6 V ROSSI Yamaha 2:00.017 +0.409
7 A DOVIZIOSO Ducati 2:00.091 +0.483
8 J ZARCO Tech3 Yamaha 2:00.159 +0.551
9 A IANNONE Suzuki 2:00.502 +0.894
10 D PEDROSA Honda 2:00.579 +0.971
11 T NAKAGAMI LCR Honda 2:00.829 +1.221
12 A BAUTISTA Ángel Nieto Ducati 2:00.980 +1.372
13 F MORBIDELLI Marc VDS Honda 2:00.981 +1.373
14 P ESPARGARÓ KTM 2:01.020 +1.412
15 B SMITH KTM 2:01.302 +1.694
16 S BRADL LCR Honda 2:01.561 +1.953
17 K ABRAHAM Ángel Nieto Ducati 2:01.684 +2.076
18 T LÜTHI Marc VDS Honda 2:01.743 +2.135
19 A ESPARGARÓ Aprilia Gresini 2:01.766 +2.158
20 H SYAHRIN Tech3 Yamaha 2:01.894 +2.286
21 X SIMEÓN Avintia Ducati 2:01.900 +2.292
22 J TORRES Avintia Ducati 2:01.940 +2.332
23 S REDDING Aprilia Gresini 2:02.338 +2.730
24 J LORENZO Ducati 2:04.636 +5.028
         
REC J LORENZO Yamaha 2:00;606 165.4 km/h
MV D PEDROSA Honda 1:59.053 167.6 km/h
         
  Condições do tempo PISTA SECA   ar: 32ºC | pista: 37ºC