Rins supera queda no piso molhado de Misano e volta a ditar ritmo no segundo treino livre da Moto3. Granado é 20º

Queda não foi o suficiente para segurar Álex Rins na tarde desta sexta-feira (12) em Misano. Espanhol ficou com o primeiro tempo, 0s250 à frente de Álex Márquez

A cobertura completa do GP de San Marino no GRANDE PRÊMIO
icone_TV Automobilismo na TV: a programação do fim de semana

Nem mesmo uma queda conseguiu afetar o bom ritmo de Álex Rins em Misano. Depois de ditar o ritmo na primeira sessão de treinos do dia, o espanhol voltou a exibir uma boa forma a bordo da NSF250RW e, mesmo com o piso molhado, conseguiu se impor ante seus rivais. 
 
O piloto da Estrella Galicia 0,0 foi a primeira vítima do traiçoeiro asfalto de Misano, mas o time trabalhou rápido para garantir que o piloto pudesse aproveitar ao menos em parte o segundo exercício do dia.
Álex Rins foi o mais rápido em Misano nesta tarde (Foto: Repsol)
Álex Márquez ainda chegou a aparecer como um forte adversário, mas um tombo na parte final da sessão o impediu de seguir desafiando o companheiro de equipe, que ficou 0s650 à frente.
 
Também vítima de uma queda nos segundos finais, Jack Miller não conseguiu evitar a dobradinha da Honda e colocou a KTM no terceiro posto, à frente do também tombado Niccolò Antonelli.
 
Com 1min59s899, Isaac Viñales aparece em quinto, à frente de Brad Binder e Danny Kent. Enea Bastianini garantiu a oitava posição, com Éfren Vázquez e Matteo Ferrari fechando o rol dos dez melhores. 
 
Com 2min03s275, Eric Granado ficou com o 20º posto, 4s578 atrás do líder da sessão.

#GALERIA(5064)

Saiba como foi o segundo treino livre da Moto3 em Misano:
 
Depois de um treino com a pista bastante molhada, a situação não mudou muito na tarde desta sexta-feira (12). Na segunda sessão de treinos do dia, os pilotos voltaram a encarar o asfalto encharcado e sem nenhuma mudança na temperatura, que permanecia em 16°C.
 
Sem nenhum sinal de melhora no céu, boa parte dos pilotos partiu para a pista e foi Álex Rins quem abriu a sessão de tombos do exercício. O espanhol deixou a pista visivelmente dolorido, amparado por um fiscal de pista.
 
Enquanto isso, Matteo Ferrari foi o primeiro a se instalar no topo da tabela de tempos, 0s296 à frente de John McPhee. Karel Hanika vinha em terceiro, à frente de Álex Márquez, Niccolò Antonelli, Hafiq Azmi, Éfren Vázquez, Andrea Locatelli, Romano Fenati e Bryan Schouten.
 
Com 2min03s624, Márquez assumiu o comando da sessão, batendo Ferrari por 1s369. Azmi também foi mais rápido e assumiu o terceiro lugar, à frente de McPhee e Brad Binder.
 
McPhee, aliás, se juntou a Rins na lista de tombados com um high-side na curva seis. O britânico, no entanto, saiu ileso. ZulFahmi Khairuddin não teve muito mais sorte e também foi ao chão.
 
Pouco depois, Márquez baixou para 2min01s806, melhorando seu registro. Mais atrás, Eric Granado se instalou em 16º, 6s481 atrás do líder da sessão. 
 
Na sequência, Karel Hanika baixou seu tempo de volta para 2min03s785 e se instalou em segundo, 2s147 atrás de Márquez. Com 2min02s964, foi Ferrari quem voltou a ocupar o segundo posto, com Locatelli subindo para terceiro na sequência.
 
Com a primeira parte da sessão completa, os pilotos partiram para os boxes. Márquez liderava, à frente de Ferrari e Locatelli. Oettl vinha em quarto, seguido por Hanika, Antonelli, Rodrigo, Azmi, Vázquez e Fenati. Granado era o 20º.
 
Depois de passar um tempo nos boxes da Estrella Galicia 0,0 para recuperar a NSF250RW, Rins voltou para a pista para marcar tempo na sessão. O espanhol logo se instalou no quarto posto, 0s657 mais lento que Márquez. 
 
Tentando melhorar suas marcas, Matteo Ferrari foi mais uma vítima da traiçoeira curva seis, mas escapou de maiores lesões.
 
Com 15 minutos de treino, Márquez liderava com 0s184 de vantagem para Niccolò Antonelli. Rins vinha em terceiro, à frente de Rins, Ferrari, Locatelli, Fenati, Oettl, Rodrigo, Masbou e Hanika. Granado era o 20º.
 
Líder do Mundial, Jack Miller seguia nos boxes, esperando a melhora nas condições do asfalto.
 
Completamente recuperado da queda, Rins passou em 1min59s909 e assumiu o comando da sessão, superando Márquez por 0s827. 
 
Antonelli também conseguiu ser mais rápido e assumiu a ponta ao cravar 1min59s686, 0s223 à frente de Rins. Márquez aparecia em terceiro, à frente de Ferrari, Locatelli, Masbou e Fenati.
 
Com menos de dez minutos para o fim, foi Oettl sofreu uma queda na entrada da curva cinco, mas não se lesionou e logo voltou para os boxes.
 
Depois de um longo tempo parado, Jack Miller foi para a pista e, de cara, se instalou no quinto posto, 2s358 atrás de Antonelli, que seguia na ponta da tabela.
 
Márquez, no entanto, tentava ameaçar a posição do italiano e saltou para o segundo posto, 0s024 atrás. O irmão de Marc insistiu, baixou para 1min58s947 e assumiu o comando da sessão.
 
Enquanto isso, Antonelli tratava de sacudir a poeira e voltar para a moto depois de um tombo.
 
Com 1min59s597, Rins assumiu o segundo posto, 0s650 atrás de Márquez. Antonelli era o terceiro, à frente de Miller, Vázquez, Ferrari, Viñales, Bastianini, Locatelli e Masbou. 
 
Antes do fim da sessão, a curva seis ainda fez mais uma vítima: Alexis Masbou. O piloto não se feriu e logo conseguiu voltar ao trabalho.
 
Confirmando o bom ritmo apresentado mais cedo, Rins baixou para 1min58s697 e assumiu a ponta. Márquez, por outro lado, sofreu uma nova queda, desta vez na curva 15, mas também escapou de maiores lesões. 
 
Na sequência, Miller abriu uma boa volta, mas escorregou na última curva e não conseguiu melhorar sua marca.
 
Já com a bandeira quadriculada tremulando em Misano, Francesco Bagnaia sofreu uma queda sem grandes consequências.
 

Moto3, GP de San Marino, Misano, 2º Treino Livre:

1
42
ALEX RINS
ESP
ESTRELLA GALICIA Honda
1:58.697
 
2
12
ÁLEX MARQUEZ
ESP
ESTRELLA GALICIA Honda
1:58.947
+0.250
3
8
JACK MILLER
AUS
AJO KTM
1:59.292
+0.595
4
23
NICCOLÒ ANTONELLI
ITA
GRESINI KTM
1:59.686
+0.989
5
25
ISAAC VIÑALES
ESP
LAGLISSE KTM
1:59.899
+1.202
6
41
BRAD BINDER
SAF
AMBROGIO Mahindra
2:00.622
+1.925
7
52
DANNY KENT
ING
AJO Husqvarna
2:00.645
+1.948
8
33
ENEA BASTIANINI
ITA
GRESINI KTM
2:00.948
+2.251
9
7
ÉFREN VÁZQUEZ
ESP
RTG Honda
2:01.044
+2.347
10
3
MATTEO FERRARI
ITA
TEAM ITALIA Mahindra
2:01.248
+2.551
11
55
ANDREA LOCATELLI
ITA
TEAM ITALIA Mahindra
2:01.437
+2.740
12
91
GABRIEL RODRIGO
ESP
RBA KTM
2:01.529
+2.832
13
5
ROMANO FENATI
ITA
VR46 KTM
2:02.102
+3.405
14
95
JULES DANILO
FRA
AMBROGIO Mahindra
2:02.392
+3.695
15
10
ALEXIS MASBOU
FRA
ONGETTA Honda
2:02.447
+3.750
16
38
HAFIQ AZMI
MAL
SIC-AJO KTM
2:02.641
+3.944
17
65
PHILIPP OETTL
ALE
INTERWETTEN Kalex KTM
2:02.907
+4.210
18
19
ALESSANDRO TONUCCI
ITA
CIP  Mahindra
2:03.158
+4.461
19
51
BRYAN SCHOUTEN
ALE
CIP Mahindra
2:03.263
+4.566
20
57
ERIC GRANADO
BRA
LAGLISSE KTM
2:03.275
+4.578
21
99
JORGE NAVARRO
ESP
MARC VDS KTM
2:03.284
+4.587
22
9
SCOTT DEROUE
ALE
RW Kalex KTM
2:03.664
+4.967
23
84
JAKUB KORNFEIL
TCH
LAGLISSE KTM
2:03.707
+5.010
24
98
KAREL HANIKA
TCH
AJO KTM
2:03.785
+5.088
25
4
GABRIEL RAMOS
VEN
KIEFER Kalex KTM
2:04.716
+6.019
26
63
ZULFAHMI KHAIRUDDIN
MAL
ONGETTA Honda
2:04.886
+6.189
27
14
FRANCESCO BAGNAIA
ITA
VR46 KTM
2:05.031
+6.334
28
17
JOHN McPHEE
ING
RTG Honda
2:05.289
+6.592
29
77
LORENZO PETRARCA
ITA
TEAM CIATTI KTM
2:05.873
+7.176
30
58
JUANFRAN GUEVARA
ESP
ASPAR Kalex KTM
2:06.407
+7.710
 
34
REMY GARDNER
AUS
KIEFER Kalex KTM
 
 
 
16
ANDREA MIGNO
ITA
MAHINDRA
 
 
 
20
ANA CARRASCO
ESP
RW Kalex KTM
 
 
 
31
NIKLAS AJO
FIN
AJO Husqvarna
 
 
 
44
MIGUEL OLIVEIRA
POR
MAHINDRA
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RECORDE
ÁLEX MÁRQUEZ
ESP
ESTRELLA GALICIA KTM
1:43.293
147.2 km/h
MELHOR VOLTA
JONAS FOLGER
ALE
ASPAR Kalex KTM
1:42.707
148.1 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA MOLHADA
 
ar: 16ºC | pista: 17°C

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube