Rossi admite decepção com pontos perdidos na Austrália, mas se diz “feliz por Viñales e Yamaha”

Valentino Rossi se disse “muito desapontado” com os pontos perdidos em Phillip Island, mas celebrou o fim do jejum da Yamaha com Maverick Viñales. Italiano destacou a importância de seguir trabalhando duro e afirmou que quer ver a YZR-M1 competitiva em todas as pistas

Valentino Rossi não digeriu muito bem o sexto posto no GP da Austrália. O italiano chegou a Phillip Island podendo brigar com Andrea Dovizioso pelo vice-campeonato, mas acabou se afastando do italiano e ainda viu Maverick Viñales encostar na briga pelo terceiro posto na classificação.
 
Mesmo feliz por ver o fim do jejum de vitórias da Yamaha, Rossi lamentou seu desempenho na etapa australiana, mas avaliou que é hora de manter o foco para tentar ser competitivo na Malásia.
Valentino Rossi (Foto: Michelin)
“Infelizmente, na Austrália eu perdi pontos importantes no campeonato e estou muito desapontado com isso, mas estou feliz por Maverick e pela Yamaha”, começou Rossi. “Agora nós temos de nos concentrar na terceira e última das provas asiáticas, em Sepang, e vai ser importante ter um bom fim de semana”, seguiu.
 
“Nós devemos seguir trabalhando duro, porque temos de ser competitivos em todas as corridas”, frisou. “Sepang não é uma das nossas pistas favoritas, mas vamos sempre dar nosso máximo para conseguir o melhor resultado possível”, concluiu.

#GALERIA(9581)
 

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube