Rossi admite pesares com polêmica de 2015 e diz que Lorenzo é “mais transparente e menos falso” que Márquez

Valentino Rossi admitiu que tem arrependimentos em relação à reta final da temporada 2015, mas se disse aliviado por ter tirado do peito aquilo que o incomodava. Italiano colocou Jorge Lorenzo como mais transparente e menos falso do que Marc Márquez

 

Valentino Rossi não esquece a temporada 2015 da MotoGP. E a imprensa tampouco deixa o titular da Yamaha esquecer.

 
Às vésperas do início da temporada 2017, o italiano concedeu uma entrevista ao diário italiano ‘Corriere della Sera’ e não saiu pela tangente ao ser questionado sobre o desfecho da temporada 2015.
 
Há pouco mais de um ano, Rossi acusou Marc Márquez de atuar em favor de Jorge Lorenzo na disputa pelo título. Depois de muita polêmica, os companheiros de Yamaha chegaram à prova final, em Valência, separados por cinco pontos e com o italiano tendo de largar em último por conta de uma punição decorrente de um lance polêmico com o #93, mas o espanhol virou o jogo e conquistou o título.
Valentino Rossi avaliou que Jorge Lorenzo é menos falso que Marc Márquez (Foto: Yamaha)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

Ao diário italiano, Rossi traçou um paralelo entre Lorenzo e Márquez e classificou Maverick Viñales, seu novo companheiro de equipe, como “mais equilibrado” que o antecessor na Yamaha.
 
“Lorenzo, por bem ou mal, é mais transparente do que Márquez. Menos falso”, disse Rossi. “Viñales me parece ser mais equilibrado do que Lorenzo. Temos de ver se ele pode lidar com a tensão, se vai mudar sob estresse”, seguiu.
 
“Claro, talvez eu nem o veja na pista, levando em conta o quão rápido ele foi nos testes. Mas as pessoas se revelam sob estresse”, comentou. “Qualquer um pode ser um perfeito cavalheiro com as motos desligadas”, resumiu.
 
Além disso, Valentino voltou a classificar a decisão da temporada 2015 como “uma grande decepção”, mas reconheceu que tem arrependimentos, já que entende que poderia ter se portado de maneira diferente.
 
“Foi uma grande decepção”, recordou. “Algumas coisas aconteceram que não deveriam ter acontecido, uma desgraça para o esporte. Eu lutei com rivais duros, vários adversários, de [Max] Biaggi a [Casey] Stoner, mas nenhum deles se comportou como Márquez”, criticou.
 
“Nunca vi um piloto que não estivesse na briga pelo título correr contra alguém daquele jeito”, apontou. “Arrependimentos? Claro. Se eu não tivesse dito nada… Se não tivesse reagido… A verdade é que eles me enganaram de qualquer forma e, pelo mesmo, eu tirei aquilo do peito”, concluiu.
PADDOCK GP #66 RECEBE LUCAS DI GRASSI, DEBATE F-E E NOVOS CARROS DA F1

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube