Rossi admite que é difícil reduzir diferença para Márquez, joga a toalha e mira luta pelo vice contra Lorenzo

53 pontos atrás de Marc Márquez na classificação da MotoGP, Valentino Rossi admitiu que é difícil superar uma diferença tão grande. Italiano colocou foco na disputa com Jorge Lorenzo pelo vice-campeonato

Valentino Rossi reconheceu que vai ser muito difícil recuperar os 53 pontos de atraso para Marc Márquez na classificação da MotoGP. Depois de conquistar o segundo lugar no GP da República Tcheca, o italiano admitiu que seu foco agora é mais superar Jorge Lorenzo na briga pelo vice-campeonato.
 
Com o resultado em Brno, Rossi passou Lorenzo na tabela e agora tem seis pontos de vantagem para o #99. Jorge teve problemas com os pneus na etapa tcheca e acabou completando a disputa em 17º.
 
Questionado se ainda se via com chances de título, Rossi admitiu que está fora da briga, mas afirmou que agora tem uma nova meta para 2016.
Valentino Rossi admitiu que seu foco agora é bater Lorenzo na briga pelo vice (Foto: Yamaha)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

“Não, pois cometi muito erros, um pouco de azar. Estou muito longe”, disse Rossi. “Além disso, Márquez, neste ano, não é só muito rápido em todas as condições, mas sempre faz as escolhas certas. Então é muito difícil recuperar 53 pontos”, reconheceu.
 

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Eu fico muito feliz quando chego ao pódio e quando tenho muitos pontos no fim da temporada. Sempre corro assim, não gosto de arriscar tudo por uma corrida”, declarou. “A luta com Lorenzo pela segunda colocação está muito aberta, e foi muito importante ganhar esses pontos e ficar na frente”, ponderou.
 
“Mas, ao mesmo tempo, Lorenzo é muito forte, então acho que é importante lutar com ele até o fim, mesmo que seja só pelo segundo lugar”, completou.
 
Lorenzo, por sua vez, deu pouca importância a disputa com Rossi e afirmou que foca corrida a corrida.
 
“Eu não penso no campeonato, eu estou apenas pensando em pilotar no meu melhor e conquistar o melhor resultado que posso”, disse Jorge. “Aí, depois da corrida, nós olhamos para a classificação e vemos onde estamos. Só penso em vencer o máximo possível”, continuou.
 
“Nós tivemos um pouco de azar, um pouco de feeling ruim e performance na chuva. Valentino também teve azar com a quebra de motor em Mugello”, lembrou. “Isso deixa Marc muito mais na frente nos pontos. Ele está fazendo um campeonato muito constante e regular com a moto que tem”, encerrou.

#GALERIA(5756)
PADDOCK GP #42 RECEBE LUCAS DI GRASSI

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “8352893793”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(“crt_ftr”).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(“cto_ifr”);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(“px”)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write("”);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube