Rossi afasta rótulo, mas se vê como “um dos melhores” da história da MotoGP

Valentino Rossi revelou que está considerando a ideia de montar um museu em sua cidade natal. O italiano também segue firme no propósito de esperar algumas corridas antes de definir seu futuro na MotoGP

Valentino Rossi não quis tomar para si o rótulo de melhor da história da MotoGP. Ainda assim, o #46 mostrou que tem consciência de seu papel na história do esporte.
 
Enquanto cumpre quarentena na Itália por conta da pandemia do novo coronavírus, Rossi participou de uma live da emissora italiana Sky Sport junto com o ex-jogfador Christian Vieri e contou como tem passado seus dias. 
 
“Todos os dias parecem iguais, embora pareça que agora estamos melhorando. Esperamos voltar a fazer alguma coisa: dar uma volta de carro ou moto ou ir encontrar alguns amigos”, disse Rossi. “Estamos vivendo uma situação muito difícil, que jamais esperamos. Eu tenho uma pequena academia e trato de treinar todos os dias para me manter em forma. Vejo filmes, séries, jogo com o simulador… E estou deixando a barba, algo que vou manter até o fim da quarentena”, contou.
Valentino Rossi tem aproveitado o tempo com o Ulisse (Foto: Reprodução)
Paddockast #57
MARIANA BECKER e os bastidores da F1

Ouça:

Spotify | iTunes | Android | playerFM

Na chamada, Vieri colocou Rossi no mesmo patamar de Lionel Messi e Roger Federer. 
 
“Você foi o maior da história de um esporte, como Messi ou Federer. Você foi o rei dos reis das motos durante mais de 20 anos”, declarou Christian. 
 
Rossi, porém, evitou rótulos. “Não sei se sou o maior da história. Digamos que um dos melhores”.
 
Apesar dos muitos atrasos resultantes da pandemia do novo coronavírus, Rossi se mantém firme no propósito de disputar algumas corridas antes de definir o futuro na MotoGP.
 
“Eu gostaria de ter algumas poucas corridas para entender o quão competitivo posso seguir sendo e decidir se eu quero seguir em 2021”, declarou. 
 
Por fim, Rossi contou que está trabalhando na ideia de abrir um museu em Tavullia com sua história no esporte.
 
“Estamos trabalhando nessa ideia para recordar o melhor da minha carreira. Tavullia é um verdadeiro lugar de peregrinação, muitos fãs vêm para cá e seria bom ter um museu. Queremos fazer algo com nível e, portanto, precisamos de tempo, mas eu gosto da ideia”, completou.
 
COMO SE PREVENIR DO CORONAVÍRUS:
 

☞ Lave as mãos com água e sabão ou use álcool em gel.
☞ Cubra o nariz e boca ao espirrar ou tossir.
☞ Evite aglomerações se estiver doente.
☞ Mantenha os ambientes bem ventilados.
☞ Não compartilhe objetos pessoais.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube