Rossi elogia traçado de Austin e diz que é importante para MotoGP ter terceira prova nos EUA

Após completar o primeiro dia de testes no circuito de Austin, Valentino Rossi elogiou o novo traçado americano. Quinto colocado nos testes, italiano destacou importância da terceira corrida nos Estados Unidos

 

A Yamaha decidiu aceitar o convite da Honda e se juntou à eterna rival no circuito de Austin para uma bateria de testes privados nesta semana. O primeiro dia de atividades viu uma RC213V dominante, mas o destaque era mesmo o traçado. 
 
Quinto colocado na última terça-feira (12), Valentino Rossi anotou 2min06s507, 1s888 mais lento que Marc Márquez, que reinou absoluto no Texas. Apesar da posição na tabela, o italiano elogiou o traçado, mas, assim como Stefan Bradl, comentou que o circuito tem algumas características que beneficiam as corridas de carro.
Rossi virá ao Brasil logo após os testes em Austin (Foto: Yamaha)

“Eu realmente gostei da pista, a minha primeira impressão é de que é bonita. É muito fluida, com muitas curvas rápidas e muitas mudanças de direção. É divertido na moto!”, comentou. “Têm três grampos que são muito apertados. Isso é melhor para ultrapassagens na F1, mas para nós eles são um pouco lentos. No geral, é uma boa pista. Tem algumas subidas e descidas e a primeira zona de frenagem é muito boa”, opinou. 

 
Rossi lembrou que as poucas motos rodando em Austin não ajudam a limpar a pista, o que é um ponto a mais de dificuldade para este exercício. “Temos de entender que pneu usar, mas a superfície do asfalto não tem nenhuma borracha no momento, então agora não tem muita aderência”, explicou. 
 
“A subida na curva 1 ajuda a parar a moto, o que é lindo. Para mim, no entanto, a curva 2 é a melhor e depois que você entra na chicane, é muito parecida com Silverstone”, comparou. “A reta é longa, o que talvez seja bom para ultrapassar.”
 
Valentino também elogiou a cidade texana e frisou que este tempo extra na pista é importante para os pilotos, já que a pista conta com alguns pontos cegos. 
 
“A cidade é ótima, a atmosfera é muito boa, então eu acho que é um bom lugar para uma corrida”, opinou. “É muito importante ter esse tempo já que a pista é muito difícil, tem muitos pontos cegos, onde você tem de entender onde frear”, comentou.
 
“Vamos continuar a trabalhar na linha de entender a pista e também para aumentar a aderência na traseira da moto, já que sofremos na aceleração. A primeira sensação é positiva”, apontou. 
 
Por fim, Rossi afirmou que é importante para a MotoGP ter três corridas nos Estados Unidos. “É importante para a MotoGP ter uma terceira corrida na América, temos muitos bons pilotos dos EUA, então é certo estarmos aqui”, completou. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube