Rossi passa noite sem sustos no hospital. Novos exames podem determinar liberação médica ainda nesta sexta

Em nota, Yamaha contou que Valentino Rossi passou uma noite sem sustos e, apesar de ainda sentir dor por conta de lesões leves no fígado e nos rins, pode ter alta médica ainda nesta sexta-feira. Mãe do piloto, Stefania Palma contou aos jornalistas que ele passa bem e está descansando

 

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : ‘pt’
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : ‘inread’
,minSlot : 1
,components : { mute: {delay :3}, skip: {delay :3} }
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

O hospital Infermi di Rimini emitiu na manhã desta sexta-feira (26) um novo boletim médico sobre a condição de Valentino Rossi, que passou a noite internado depois de sofrer um acidente enquanto praticava motocross na pista do Cross Club Cavallara, em Modavio.

 
De acordo com o boletim, Rossi teve um progresso positivo durante a noite, mas vai continuar recebendo analgésicos nas próximas 12 horas. Se os resultados forem positivos, a alta médica pode acontecer ainda hoje.
Valentino Rossi passou uma noite sem sustos no hospital em Rimini (Foto: Michelin)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Tendo sido diagnosticado ontem à noite com traumas torácico e abdominal leves depois de um acidente de motocross, o piloto da equipe Movistar Yamaha MotoGP Valentino Rossi está fazendo um progresso positivo em sua recuperação”, diz a nota da escuderia nipônica. “Na noite passada, o italiano de 38 anos passou uma noite tranquila no Hospital Infermi, em Rimini, e foi visitado nesta manhã pelos médicos. Valentino disse a eles que está com menos dor tanto no peito quanto no abdômen, comparado com a noite passada. A dor é resultado de leves lesões hepáticas e renais que não evoluíram para novas complicações”, segue o texto.
 
“Valentino vai continuar a receber analgésicos pelas próximas 12 horas e, ao longo do dia, para passar por testes diagnósticos de rotina. Se os resultados forem positivos, ele pode ser liderado do hospital ao longo do dia”, anunciou a Yamaha. “Novas atualizações serão feitas no devido tempo”, completa.
 

Antes do posicionamento oficial dos médicos, o site ‘RiminiToday’, o primeiro a noticiar o acidente, trouxe uma declaração da mãe de Rossi, Stefania Palma. Acompanhando o piloto no hospital, Stefania disse a um gripo de jornalistas que “ele está bem e está descansando”.

 
A publicação italiana também trouxe uma ‘selfie’ de Rossi com a equipe médica do Infermi di Rimini. Valentino parece muito bem no retrato.
 
Por volta das 23h30 de sexta-feira (no horário da Itália), a Yamaha confirmou o acidente de Rossi e anunciou que o italiano de 38 anos “foi diagnosticado com traumas torácico e abdominal moderados”. Além disso, a casa de Iwata destacou que “nenhuma fratura foi detectada em parte alguma do corpo e nenhuma patologia traumática foi encontrada”.
 
Localizada na cidade de Mondavio, a pista de Cavallara fica a cerca de 35 km de Pesaro e a 45 km da cidade natal de Rossi, Tavullia. A região também é próxima a Riccione, local onde Nicky Hayden sofreu um acidente na semana passada que provocou sua morte na última segunda. O hospital onde Valentino segue em observação é o mesmo onde o #69 recebeu os primeiros cuidados após o atropelamento.
 
Esta, aliás, não é a primeira vez que Rossi se acidenta treinando motocross.  O multicampeão sofreu uma lesão nos ligamentos do ombro em um acidente em 2010 que acabou por afetar toda sua temporada. O italiano foi operado em novembro do mesmo ano, depois de estrear pela Ducati no tradicional teste de Valência.
 
Por reconhecer, inclusive, o perigo da modalidade, Valentino chegou a diminuir os treinos que realiza de motocross, especialmente durante a temporada. O #46 concentra suas práticas na pista de flat-track em seu rancho e também no autódromo de Misano, onde treina constantemente acompanhado dos pilotos que fazem parte da Academia de Pilotos VR46.
 
Qualquer lesão neste ponto da temporada pode ter um significativo impacto na luta pelo título, já que o Mundial entra agora em uma fase bastante agitada, com quatro provas em um intervalo de cinco semanas. O #46 tem o fim de semana de descanso, mas o GP da Itália está marcado para o próximo dia 4 de junho.
 
 
GENIAL, ALONSO FOI ESPETACULAR NA CLASSIFICAÇÃO EM INDIANÁPOLIS E ENTRA NO PÁREO PELA VITÓRIA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

google_ad_client = ‘ca-pub-6830925722933424’;
google_ad_slot = ‘8352893793’;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 250;

fechar

function crt(t){for(var e=document.getElementById(‘crt_ftr’).children,n=0;n80?c:void 0}function rs(t){t++,450>t&&setTimeout(function(){var e=crt(‘cto_ifr’);if(e){var n=e.width?e.width:e;n=n.toString().indexOf(‘px’)

var zoneid = (parent.window.top.innerWidth document.MAX_ct0 = '';
var m3_u = (location.protocol == 'https:' ? 'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?' : 'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random() * 99999999999);
document.write('’);

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube