Rossi volta a atacar Márquez por GP da Austrália e diz que Lorenzo mereceu título, mas avalia: “Não é um campeonato real”

Valentino Rossi não demorou a encerrar o armistício que reinou na MotoGP durante os quatro dias em Valência. Logo após a corrida deste domingo (8), o italiano voltou a atacar o comportamento de Marc Márquez na Austrália e, embora tenha considerado que Jorge Lorenzo mereceu o título, afirmou que não se trata de um campeonato real

Valentino Rossi cumpriu a risca o pedido da Dorna, promotora do Mundial de Motovelocidade, e da FIM (Federação Internacional de Motociclismo) de deixar as brigas para depois do GP da Comunidade Valenciana. Pouco após conquistar o quarto lugar na corrida deste domingo (8) e perder o título de 2015 para Jorge Lorenzo, o italiano voltou a criticar a atuação de Marc Márquez no GP da Austrália.
 
Assim como tinha feito na coletiva de imprensa da Malásia, Rossi afirmou que Márquez atuou como escudeiro de Lorenzo, ajudando o espanhol na luta contra o companheiro de Yamaha.
 
“Mas deste a Austrália aconteceu algo estranho. Márquez se converteu no guarda-costas de Lorenzo e ninguém esperava”, disse Rossi. “Isso nunca tinha acontecido no esporte e foi algo embaraçoso para a nossa modalidade”, seguiu.
Rossi chegou muito perto do título em 2015 (Foto: Reprodução/Twitter)
A classificação do Mundial de MotoGP após o GP da Comunidade Valenciana

“Pelo menos as pessoas viram qual era o plano de Marc e não quero comentar o comportamento dele. Espero que nos próximos ele entenda o que fez, um final feio de Mundial, uma desilusão na pista”, resumiu.

 

 Questionado sobre a corrida deste domingo, Rossi respondeu que ainda não conseguiu assistir a prova com calma e, por isso, não pode julgar a postura dos pilotos da Honda.

 
“Não vi com tranquilidade, então não saberei comentar o comportamento que tiveram”, afirmou. “Foi bonito disputar com Lorenzo. Me desagrada perder na pista, mas de tudo”, ressaltou.
 
Indagado pelo canal espanhol Movistar + se Lorenzo mereceu o título, Valentino parabenizou o companheiro de Yamaha, mas disse que não foi um campeonato real.
 
“Jorge, claro, merece o campeonato, mas não é um campeonato verdadeiro, pois aconteceu uma coisa neste esporte que nunca tinha acontecido e Lorenzo não pode estar contente”, concluiu.
A cobertura completa do GP da Comunidade Valenciana no GRANDE PRÊMIO


document.MAX_ct0 ='';
var m3_u = (location.protocol=='https:'?'https://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?':'http://cas.criteo.com/delivery/ajs.php?');
var m3_r = Math.floor(Math.random()*99999999999);
document.write ("”);
//]]>–>

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube