SIC confirma parceria com Petronas e oficializa Morbidelli e Quartararo como titulares em 2019

Em uma coletiva de imprensa realizada em Silverstone nesta sexta-feira (24), a SIC oficializou a parceria com a Petronas para dar vida à nova equipe satélite da Yamaha. Time, que terá Franco Morbidelli e Fabio Quartararo como titulares, contará com o apoio do governo malaio

Depois de muita especulação, chegou a hora de a SIC apresentar oficialmente seu time para a temporada 2019 da MotoGP. Já presente em Moto3 e Moto2, a nova escuderia satélite da Yamaha é fruto de uma colaboração entre o circuito de Sepang, o governo da Malásia, a gigante Petronas e a Ángel Nieto de Jorge Martínez ‘Aspar’. 

 
Em uma coletiva de imprensa realizada em Silverstone nesta sexta-feira (24), os responsáveis pelo time falaram em um “passo gigante” com a entrada na classe rainha do Mundial de Motovelocidade, mas se mostraram confiantes em um futuro promissor.
SIC foi apresentada em Silverstone nesta sexta (Foto: SIC)
A SIC será dirigida por Johann Stigefelt e terá Jorge Martínez no posto de consultor esportivo.
 
Presente na coletiva, Lin Jarvis, diretor da Yamaha, explicou que a ‘Petronas Yamaha Sepang Racing’ contará com duas especificações de moto, batizadas como A e B, com Franco Morbidelli assumindo a YZR-M1 ‘A’ e Fabio Quartararo com a ‘B’. 
 
Diretor-executivo da Dorna, promotora do Mundial de Motovelocidade, Carmelo Ezpeleta mostrou muita animação com a chegada do time. "Hoje é um dia histórico, em minha opinião. Nós começamos o trabalho com o Circuito Internacional de Sepang em 1999, e desde então ele tem sido muito importante para a MotoGP. Hoje é um dia especial, pois, em Sepang, temos uma corrida incrível, e agora ele tem sua participação na Moto3, Moto2, MotoGP e MotoE, o que é muito importante", apontou.

"Quando o Circuito Internacional de Sepang nos deu a possibilidade da parceria com a Petronas, começamos a pensar em como isso poderia ser possível. Se puder dizer, também agradeço Jorge Martínez ‘Aspar’ por entender exatamente a importância disso. Eles começaram a conversar e tudo ficou fácil, logo se entenderam. A equipe vai começar com uma ótima e animadora situação. Eles então vão ser uma equipe satélite da Yamaha no campeonato, e acredito que isso fecha o círculo de uma situação muito importante. Nós, em nome de toda a família da MotoGP, recebemos o Circuito Internacional de Sepang, o governo da Malásia e Petronas. Isso é importante para nós e estamos muito orgulhosos de anunciar isso hoje", seguiu.

YBhg Tan Sri Mohamed Azman Yahya, presidente do circuito de Sepang, foi outro que fez um discurso bastante empolgado, ressaltando o grande passo dado com a equipe agora presente nas três classes. “Esse time vai se chamar Petronas Yamaha Sepang Racing. Nós começamos quatro anos atrás na Moto3, entramos na Moto2 esse ano, e agora marcamos presença nas três classes. É uma posição sem precedentes para uma equipe em qualquer lugar do mundo”, falou.
 
“Esse sonho não seria possível sem o apoio de nossos parceiros. Acredito que esse sonho, ter uma equipe na MotoGP, é compartilhado por milhares de malaios e fãs ao redor do mundo. Nós vimos como o apoio da Malásia cresceu nos últimos anos já que temos pilotos nas categorias menores. Acredito que isso é muito importante. Isso é um passo gigante para nós em colocar a Malásia em um pedestal, então um grande obrigado por nos permitir ter isso”, completou.
Por fim, Johan Stigefelt, chefe do time, se mostrou bastante animado com o projeto e com a dupla de pilotos. “Nós trilhamos um longo caminho desde que começamos essa equipe, em 2015. A cada ano nós crescemos, mas desde que a Petronas se juntou, sempre foi o objetivo ir ainda mais longe. Neste ano começamos nossa equipe na Moto2, e para 2019 demos outros passo para a MotoGP. Esse é um grande sonho para mim e para todos envolvidos, pois não esperávamos isso acontecer tão rápido. Estou muito feliz em ter dois grandes pilotos se juntando a nós na MotoGP“.
 
“Com Franco e Fabio, teremos um campeão do Mundial e um jovem piloto que já venceu corridas e provou ser bom na Moto2. Acredito que Franco e Fabio será uma boa dupla em nossa equipe. Claro, como um novo time temos que ter cuidado com nosso objetivo no início, ver onde estamos primeiro, mas acredito que a experiência da equipe, combinado com o talento e motivação de nossos pilotos, será um começo competitivo. Juntos, com a colaboração da Yamaha, teremos um pacote forte”, encerrou.
 

#GALERIA(9513)

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar