Terceiro na classificação, Viñales resume alternativas na briga pelo título: “Ficar à frente de Márquez é a única opção”

Terceiro colocado na classificação do Mundial de Pilotos, Maverick Viñales afirmou que superar Marc Márquez nas corridas é sua única opção para seguir na luta pelo título. Com quatro corridas para o fim da temporada, espanhol tem 28 pontos de atraso para o piloto da Honda

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Maverick Viñales tem clara a receita para voltar a protagonizar a briga pelo título da temporada 2017 da MotoGP: superar Marc Márquez. Depois de um início de ano arrebatador, o #25 perdeu terreno e hoje ocupa o terceiro posto na tabela, 28 pontos atrás do #93.
 
Falando à imprensa nesta quinta-feira (12) em Motegi, Viñales seguiu a linha de Andrea Dovizioso e avaliou que é hora de partir para o ataque.
Maverick Viñales avaliou que sua única alternativa é bater Marc Márquez (Foto: Michelin)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“Você sempre arrisca o necessário. No final, temos de pensar que ainda restam quatro corridas, que sempre acabam sendo longas, ainda mais nesta fase, em que você tem de pontuar bem em todas e tirar proveito máximo”, disse Viñales. “Acho que podemos fazer um bom trabalho nessas três corridas, daremos o máximo e vamos tratar de recortar pontos”, seguiu.
 
Fora do pódio em Aragão, Viñales viu o sonho do título se complicar um pouco mais e sabe que sua única alternativa é voltar ao caminho das vitórias.
 
“Um Mundial sempre é complicado e se cada vez tem mais distância e restam menos corridas, fica mais difícil. Acho que se queremos ter opções, temos de tentar estar na frente e lutar pela vitória”, ponderou.
 
A previsão do tempo, porém, não parece das mais favoráveis ao #25, já que a chance de chuva é alta ao longo de todo o fim de semana.
 
“Sempre nos custou muito, então vamos tentar resolver neste fim de semana se chover, especialmente na corrida. Se for no molhado, temos de tentar estar na frente e, como disse, ficar à frente de Márquez, que é a única opção”, resumiu. “Na água, é muito mais complicado do que no seco”, concluiu.
 
’EXTRAORDINÁRIO’

DI GRASSI VÊ HAMILTON COMO UM DOS TRÊS MAIORES DA HISTÓRIA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height:
0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute;
top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube