Terceiro no Catar, Crutchlow se diz ansioso por nova classificação: “Não vai ter ninguém à toa”

Terceiro colocado nos treinos desta sexta-feira (5), Cal Crutchlow destacou pista suja, mas se disse satisfeito com ritmo demonstrado até aqui. Britânico se disse ansioso para ver o novo formato do treino classificatório

As imagens do segundo dia de treinos para o GP do Catar
Veja os pilotos que garantiram vaga na fase decisiva da classificação

Cal Crutchlow voltou a exibir um bom ritmo nos treinos desta sexta-feira (5) no Catar. O britânico anotou 1min56s326 em seu melhor giro no circuito de Losail e ficou a 0s242 de Marc Márquez, que bateu Jorge Lorenzo por 0s001 e fechou o dia na ponta.
 
Depois do treino, o piloto da Tech3 destacou que as condições da pista não eram as ideais, por conta do excesso de areia no traçado, mas se disse satisfeito por ter assegurado sua vaga no Q2, a fase decisiva do treino classificatório
Crutchlow garantiu terceiro melhor tempo nesta sexta (Foto: Tech3)
“De novo, a pista não estava em uma condição boa esta noite, estava muito suja, mas ainda estou feliz com a minha performance e por continuar dentro do top-3”, destacou. “Eu estava confiante de que estaria no top-10 para passar direto para o Q2 e estou ansioso para a sessão de 15 minutos para decidir os lugares no grid amanhã à noite”, continuou. 
 
“Acho que será divertido para os fãs e para nós, porque não vai ter ninguém à toa”, opinou. “Me senti confortável novamente na moto na segunda sessão, pois fizemos algumas mudanças mais cedo que realmente não funcionaram. Eu ainda preciso melhorar na zona de frenagem e eu gostaria de melhorar a aderência na traseira também, mas fui rápido em todas as sessões até agora e isso é um bom presságio para a corrida de domingo a noite”, completou o piloto britânico. 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube