Top Gun, Viñales supera experiência dos rivais em Austin e vence em sua segunda corrida na Moto2

Já completamente adaptado à nova categoria, Maverick Viñales brilhou neste domingo (13) e garantiu sua primeira vitória na Moto2

 A cobertura completa do GP das Américas no GRANDE PRÊMIO
icone_TV  Automobilismo na TV: a programação do fim de semana
 As imagens deste domingo de Mundial de Motovelocidade em Austin

Nem mesmo Tony Scott poderia escrever um roteiro tão brilhante. Depois de conquistar o título da Moto3 em 2013 de forma magistral, Maverick Viñales estreou na categoria intermediária mostrando o motivo de ter recebido o nome do famoso personagem de Tom Cruise no clássico ‘Top Gun’.

Maverick Viñales assumiu a ponta e não deu mais chances aos rivais (Foto: Pons)
A classificação da Moto2 após o GP das Américas

Fechando a segunda fila do grid, o espanhol fez uma boa largada e se manteve na briga pela ponta ao longo de cada uma das 19 voltas da corrida. Já na fase final da disputa, o piloto  da Pons superou Dominique Aegerter e passou a abrir uma largada vantagem, para conquistar seu primeiro triunfo na Moto2 com 4s009 de vantagem para Tito Rabat, o segundo colocado.

Nos metros finais, Rabat também conseguiu superar Aegerter, mas não conseguiu buscar Viñales, que saiu disparado na ponta. O suíço da Technomag fechou em terceiro, 7s323 atrás do piloto da Pons.
 
Superado por Rabat nas voltas finais, Mika Kallio ficou com o quarto posto, à frente de Simone Corsi e Tom Lüthi. Anthony West aparece em sétimo, seguido por Alex de Angelis e Marcel Schrotter. Substituto de Alex Mariñelarena na Tech3, Ricky Cardús fecha a lista dos dez melhores.
Saiba como foi o GP das Américas de Moto2:
 
Apesar das nuvens no céu, a direção de prova declarou que o GP das Américas de Moto2 seria realizado com pista seca. No momento da largada, a temperatura era de 24°C, com 26°C na pista.
 
Com os pilotos alinhados para partir para a volta de aquecimento, a direção de prova sinalizou que a largada tinha sido adiada por conta da mudança nas condições climáticas. Como não existe moto reserva das categorias menores, a prova tem que ser interrompida em caso de chuva para a troca dos pneus. Com o adiamento, os pilotos já poderiam iniciar a disputa com os pneus adequados para as condições. 
 
Tito Rabat tinha a pole, à frente de Johann Zarco e Dominique Aegerter. Xavier Siméon abria a segunda fila, à frente de Julián Simón e Maverick Viñales. Jonas Folger, Simone Corsi, Takaaki Nakagami e Marcel Schrotter completavam o top-10.
 
Apesar do adiamento, a direção de prova voltou a declarar corrida em pista seca, programando a largada para as 19 voltas para as 12h28 (14h28 de Brasília).
 
Pontualmente, os pilotos partiram para o aquecimento dos pneus. Quando as luzes se apagaram, Rabat manteve a ponta, as foi pressionado por Siméon e acabou perdendo a liderança. Ainda nas primeiras curvas, uma queda na parte de trás do pelotão provocou um efeito cascata, com quedas de Josh Herrin, Nico Terol, Sam Lowes, Luis Salom e Axel POns. Apesar do susto, ninguém se feriu. 
 
Além de fazer o coração do público disparar com uma queda no meio do pelotão, Salom também tratou de garantir a diversão. De pé ao lado da moto tentando fazê-la funcionar, o espanhol jogou a moto para cima do fiscal e começou a sapatear. Piti, clássico.
 
Na frente, Aegerter tinha a ponta. Ainda no início da disputa, Zarco errou a freada da curva 11 e acabou derrubando Julián Simón.
 
Alheio ao início tumultuado, Aegerter tinha a liderança, à frente de Siméon e Viñales. Xavier conseguiu deixar Aegerter para trás e assumir a ponta, seguidos de perto por Viñales e Kallio. Rabat tinha a quinta marca.
 
Na reta de Austin, Maverick passou Aegeter, levou o troco pouco depois, mas recuperou a frente. Dominique atacou o espanhol e conseguiu recuperar a posição. 
 
Rodando em 12º, Folger também se acidentou e precisou da ajuda dos fiscais para religar a moto. Franco Morbidelli também caiu, mas conseguiu voltar.
 
Em quinto, Rabat teve de se defender dos ataques de Corsi, mas conseguiu manter a frente. Passadas as cinco primeiras voltas, Jordi Torres foi punido com um ride-through por exceder a velocidade no pit-lane. Após o acidente dos metros iniciais, o espanhol correu para os boxes, aparentemente mais do que deveria. 
 
Em sua temporada de estreia na categoria intermediária, Maverick Viñales vinha exibindo um ritmo fortíssimo, cravando a melhor volta da disputa em 2min10s861. 
 
Envolvido no acidente dos metros iniciais, Josh Herrin conseguiu voltar para a posta, mas sua alegria durou pouco, já que um novo tombo o tirou da disputa com 12 voltas para o fim.
 
Siméon seguia na ponta, à frente de Aegerter e Viñales, que vinha preparando o ataque. Kallio tinha o quarto posto, com Rabat chegando para brigar e trazendo Corsi junto. 
 
Em perseguição, Rabat deu uma rápida errada e acabou perdendo contato com o primeiro pelotão. Kallio, por outro lado, chegou junto e passou a ameaçar a posição de Maverick. 
 
Com a disputa quente na pista, as primeiras gotas de chuva começaram a cair, mas ainda sem atrapalhar o desempenho dos pilotos.
 
Tentando recuperar o terreno perdido, Rabat veio com tudo para cima de Kallio, mas o finlandês conseguiu manter a frente. Com a disputa, Viñales abriu 0s8 de vantagem, mas a dupla da Marc VDS logo começou a se aproximar.
 
Faltando oito voltas para o fim, Siméon seguia na ponta, mas ainda acompanhado por Aegerter e Viñales. Kallio e Rabat também continuavam no bolo.
 
Pouco depois, Xavier errou a freada, escapou da trajetória e acabou caindo para o oitavo posto, entregando a liderança para Dominique Aegerter. Mais atrás, Kallio e Rabat brigavam pelo terceiro posto, com o espanhol levando a melhor. 
 
Defendendo o que seria sua primeira vitória, Aegerter se concentrou para segurar Viñales, mas Rabat vinha acelerando fundo para entrar na briga.
 
Em uma lindíssima manobra, Maverick assumiu a ponta, deixando Aegerter para se defender de Rabat. Uma vez na ponta, Viñales tentou aumentar o ritmo para impor uma diferença confortável para o segundo colocado. 
 
Tito passou Dominique, mas levou o troco pouco depois. Rabat deu o troco e conseguiu manter a frente, iniciando uma caçada ao piloto da Pons, que já exibia uma boa diferença. Com quatro giros para o fim, Maverick já tinha 1s998 de vantagem para o espanhol da Marc VDS. Na última volta, Siméon errou e caiu, abandonado a disputa.
 
Foto: Vá com a AMK VIAGENS para a Espanha e acompanhe de perto o GP DA CATALUNHA, sétima etapa da temporada 2014 da #MotoGP! Confira os pacotes e preços e faça sua reserva!É só clicar aqui:http://amkviagens.com.br/2011/index.php/terrestres_internacionais/ver/106

Moto2, GP das Américas, Austin, Final:
 
1
40
MAVERICK VIÑALES
ESP
PONS Kalex
41:31.520
19 voltas
2
53
ESTEVE RABAT
ESP
MARC VDS Kalex
+4.009
 
3
77
DOMINIQUE AEGERTER
SUI
TECHNOMAG Suter
+7.323
 
4
36
MIKA KALLIO
FIN
MARC VDS Kalex
+8.590
 
5
3
SIMONE CORSI
ITA
FORWARD Klx
+9.934
 
6
12
THOMAS LÜTHI
SUI
INTERWETTEN Suter
+16.987
 
7
95
ANTHONY WEST
AUS
QMMF Speed Up
+17.561
 
8
15
ALEX DE ANGELIS
SMR
TASCA Suter
+18.948
 
9
23
MARCEL SCHROTTER
ALE
TECH3 Mistral 610
+19.720
 
10
88
RICKY CARDÚS
ESP
TECH3 Mistral 610
+24.552
 
11
30
TAKAAKI NAKAGAMI
JAP
TEAM TADY Kalex
+28.463
 
12
54
MATTIA PASINI
ITA
FORWARD Klx
+43.955
 
13
4
RANDY KRUMMENACHER
SUI
IODA Suter
+44.344
 
14
11
SANDRO CORTESE
ALE
INTACT Kalex
+45.666
 
15
55
HAFIZH SYAHRIN
MAS
RACELINE Kalex
+49.291
 
16
22
SAM LOWES
ING
SPEED UP
+51.154
 
17
21
FRANCO MORBIDELLI
ITA
ITALTRANS Kalex
+51.331
 
18
25
AZLAN SHAH
MAS
TEAM TADY Kalex
+51.683
 
19
49
AXEL PONS
ESP
ARGIÑANO & GINÉS Kalex
+52.113
 
20
45
TETSUTA NAGASHIMA
JAP
JiR TSR
+1:02.103
 
21
97
ROMÁN RAMOS
ESP
QMMF Speed Up
+1:02.346
 
22
10
THITIPONG WAROKORN
TAI
SAG Kalex
+1:03.495
 
23
60
JULIÁN SIMÓN
ESP
ITALTRANS Kalex
+1:04.944
 
24
70
ROBIN MULHAUSER
SUI
TECHNOMAG Suter
+1:09.941
 
25
8
GINO REA
ING
AGT REA Suter
+1:20.330
 
26
81
JORDI TORRES
ESP
ASPAR Suter
+1:33.781
 
 
19
XAVIER SIMÉON
BEL
GRESINI Suter
NC
 
 
18
NICO TEROL
ESP
ASPAR Suter
NC
 
 
96
LOUIS ROSSI
FRA
SAG Kalex
NC
 
 
2
JOSH HERRIN
EUA
CATERHAM Suter
NC
 
 
94
JONAS FOLGER
ALE
ARGIÑANO & GINÉS Kalex
NC
 
 
7
LORENZO BALDASSARRI
ITA
GRESINI Suter
NC
 
 
5
JOHANN ZARCO
FRA
CATERHAM Suter
NC
 
 
39
LUIS SALOM
ESP
PONS Kalex
NL
 
 
 
 
 
 
 
 
POLE
ESTEVE RABAT
ESP
MARC VDS Kalex
2:10.135
152.5 km/h
VOLTA MAIS RÁPIDA
MAVERICK VIÑALES
ESP
PONS Kalex
2:10.103
152.5 km/h
RECORDE
NICO TEROL
ESP
ASPAR Suter
2:11.742
150.6 km/h
MELHOR VOLTA
MAVERICK VIÑALES
ESP
PONS Kalex
2:10.103
152.5 km/h
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Condições do tempo
 
PISTA SECA
 
ar: 25ºC | pista: 28ºC

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube