Um ano após selar paz, Márquez fala em “incrível” Rossi e se rende: “É preciso admirá-lo pelo que faz e como faz”

Um ano após aperto de mãos no GP da Catalunha selar a paz com Valentino Rossi, Marc Márquez rotulou o piloto da Yamaha como incrível. Titular da Honda disse rival deve ser admirado pelo que faz

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Um ano após selar a paz com um aperto de mãos ao fim do GP da Catalunha, Marc Márquez classificou Valentino Rossi como “incrível”. O piloto da Honda avaliou que o rival de 38 anos merece ser admirado pelo que faz.

 
Depois de um início de relação bastante amistoso, Márquez e Rossi romperam na reta final da temporada 2015, com o italiano acusando o #93 de atuar em favor de Jorge Lorenzo na disputa pelo título. O confronto entre os dois chegou ao auge na Malásia, com um toque polêmico que terminou com Marc no chão e Valentino sancionado.
 
O relacionamento dos dois, então, passou a uma frase mais fria, mas a paz foi feita em Montmeló, um fim de semana marcado pelo acidente fatal de Luis Salom. Desde então, a dupla mantém uma relação cordial.
Marc Márquez participou dos eventos de divulgação do GP da Catalunha (Foto: Divulgação/MotoGP)

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “5708856992”;
google_ad_width = 336;
google_ad_height = 280;

Participando da apresentação oficial do GP da Catalunha, Márquez falou sobre o piloto da Yamaha e destacou que o italiano tem de ser admirado pelo que faz.
 
“Rossi é incrível, porque não se cansa”, disse Márquez na quarta-feira. “É preciso admirá-lo pelo que ele faz e por como faz”, defendeu.
 
O piloto de Cervera também falou da expectativa para a corrida deste fim de semana e, mesmo após a atuação discreta de Mugello, se mostrou otimista.
 
“Não estamos tão longe”, avaliou Márquez. “É destes anos em que chegamos a Montmeló com vontade de vencer e é um bom circuito para tentarmos”, ponderou.
 
“Nós testamos em Montmeló há duas semanas e fomos bem”, concluiu.
A NOVA F1 SE APROXIMA MAIS DA INDY. E ÁUDIO EM MÔNACO É PROVA

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube