Rossi elogia chassi e ganho de velocidade da Yamaha: “Me sinto um piloto de verdade”

Agora na equipe satélite, o italiano foi um dos que mais trabalhou na avaliação do nosso chassi da Yamaha. O piloto da SRT saiu animado do terceiro dia de testes da pré-temporada, apesar do 13º tempo

Tech3, agora toda laranja, divulga vídeo com detalhes da preparação para pré-temporada no Catar (Vídeo: Tech3)

Valentino Rossi encerrou o terceiro dia de testes da MotoGP cheio de elogios à Yamaha. O italiano gostou do novo chassi e ainda celebrou o ganho de velocidade da YZR-M1.

Agora fora da equipe de fábrica, Rossi completou 56 voltas na quarta-feira e, com a melhor delas em 1min54s681, ficou com o 13º melhor tempo, 1s435 atrás de Jack Miller, o líder dos trabalhos.

Apesar da posição, Valentino disse que encerrou o teste se sentindo “como um piloto de verdade”.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Valentino Rossi tem contrato de apenas um ano (Foto: SRT)

LEIA TAMBÉM
Bastianini, Martín e Marini: os novatos da MotoGP em 2021

“Hoje foi um dia muito melhor para mim. No fim, estou em 13º, então certamente não é nada ótimo, mas eu melhorei meu tempo de volta em mais de 1s. Também melhorei meu ritmo e a minha sensação com a moto”, relatou Rossi. “Trabalhamos muito com toda a equipe, então estou feliz com o trabalho, pois o meu ritmo é… Não estou no nível do topo, mas muito mais próximo”, seguiu.

“Temos de dizer que especialmente os dois primeiros, mas também Viñales, fizeram um tempo de ataque impressionante. Acho que talvez seja o recorde do circuito”, comentou. “Mas hoje me sinto como um piloto de verdade, pilotei bem e melhoramos muito. Testamos coisas novas e continuamos a comparar o novo chassi, mas hoje foi mais positivo. Tudo mundo está muito forte e sinto falta de alguma coisa, mas foi só o primeiro dia. Então é um bom começo”, avaliou.

Mesmo no time satélite, Rossi, que conta com apoio total da Yamaha, foi quem mais testou o novo chassi desenvolvido para a YZR-M1. A peça é mais próxima do chassi usado em 2019, o preferido dos quatro pilotos da marca.

Além do chassi, o multicampeão da MotoGP também avaliou componentes aerodinâmicos no terceiro dia em Losail.

“O novo chassi é melhor, pois temos uma performance melhor em curva. Infelizmente, com o chassi de 2020 perdemos um pouco disso. E este é melhor neste ponto de vista”, observou. “Não é como o chassi de 2019, mas talvez mais próximo e também tem outros pontos positivos. Hoje eu testei algumas coisas diferentes de aerodinâmica, como a nova carenagem, e é bonita”, comentou.

“Nós melhoramos muito em velocidade máxima. Isso é positivo, mesmo que a Ducati ainda seja 10 km/h, mas melhoramos muito”, frisou.

Assim como aconteceu no ano passado, aderência foi um problema para Valentino no início da pré-temporada, mas o italiano acredita ter dado um passo à frente.

“Para mim, o segundo dia de testes teve muitos problemas com o pneu, pois não tinha uma aderência muito boa. Sofri muito, muito mesmo. Hoje parece que os pneus estão melhores”, falou. “O chassi é bom e me ajudou a melhorar o ritmo. E eu também melhorei no estilo de pilotagem, pois também têm algumas curvas em que não sou forte o bastante, especialmente na entrada”, pontuou.

“Então, no geral, foi um ponto positivo. Quando você testa coisa boa, coisa melhor, é bom também para a motivação. Encontrar a motivação certa e a concentração certa em um longo dia de testes não é fácil. Mas também me sinto melhor fisicamente do que no primeiro teste”, concluiu.

GALERIA
As imagens do terceiro dia de testes da MotoGP no Catar

https://open.spotify.com/episode/56EWZtjjXZerTSc5mEGdpr?si=dXJwGloaQQ6ZEGdY1gUInQ&nd=1

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube