Viñales vê Phillip Island mais difícil com Yamaha e foca em ritmo: “Ainda não estou de todo contente”

Quarto colocado no primeiro dia de testes da MotoGP na Austrália, Maverick Viñales afirmou que a Yamaha exigiu um estilo de pilotagem diferente daquele que ele usava na Suzuki. Espanhol falou em melhorar ritmo, especialmente para fazer frente a Marc Márquez

 

Líder dos testes coletivos de Valência e Malásia, Maverick Viñales começou a bateria da Austrália com o quarto tempo. Nesta quarta-feira (15), o #25 cravou 1min29s989 na melhor de suas 64 voltas e ficou com o quarto tempo, 0s492 atrás de Marc Márquez, o líder.

 
Ao fim do dia de testes, Maverick afirmou que o traçado de Victoria foi o que mais deixou clara as diferenças entre Yamaha e Suzuki.
Maverick Viñales destacou que Phillip Island é mais difícil com a Yamaha do que com a Suzuki (Foto: Yamaha)

window._ttf = window._ttf || [];
_ttf.push({
pid : 53280
,lang : “pt”
,slot : ‘.mhv-noticia .mhv-texto > div’
,format : “inread”
,minSlot : 3
});

(function (d) {
var js, s = d.getElementsByTagName(‘script’)[0];
js = d.createElement(‘script’);
js.async = true;
js.src = ‘//cdn.teads.tv/media/format.js’;
s.parentNode.insertBefore(js, s);
})(window.document);

google_ad_client = “ca-pub-6830925722933424”;
google_ad_slot = “2258117790”;
google_ad_width = 300;
google_ad_height = 600;

“É o circuito em que mais notei a diferença entre Yamaha e Suzuki”, disse Viñales. “Mas têm outros pontos positivos. Você pode fazer a primeira curva super-rápido, porque a moto é muito estável. A curva nove também, então existem aspectos positivos e negativos”, seguiu.
 
“Vi que no segundo setor Marc é sempre rápido, então teremos de nos concentrar em fazer bem esta curva lenta e, depois de provar muitas coisas nesta quarta-feira, na quinta-feira poderemos nos concentrar no ritmo”, ponderou.
 
Em sua primeira visita ao traçado australiano a bordo da YZR-M1, Viñales comparou a Yamaha com a Suzuki e avaliou que ainda tem muito para trabalhar em seu estilo de guiar.
 
“Com esta moto, tive de mudar um pouco a linha. A Suzuki me permitia fazer uma linha agressiva, entrar diretamente na curva, e com esta eu tenho de ir polindo mais todo o circuito”, explicou. “De pilotagem, tenho muita margem de melhora”, admitiu. 
 
Ainda, o #25 explicou que tentou adiantar o trabalho nesta quarta para poder fazer simulações de corrida nos próximos dois dias.
 
“Adiantamos o trabalho para tentar fazer long-run na quinta e na sexta-feira, e realmente quero muito trabalhar nisso”, frisou. “Na Malásia, Marc fez um long-run espetacular, então temos de melhorar se queremos competir com ele”, seguiu.
 
Por fim, Maverick ressaltou a importância de trabalhar no ritmo de corrida, especialmente para brigar com Márquez.
 
“Com pneus novos, poucos litros, você faz um voltão, mas o importante é o ritmo”, indicou. “Marc está muito forte de ritmo, como na Malásia, e temos que melhorar”, avaliou.
 
“Não estou muito longe, mas ainda não estou de tudo contente”, concluiu.

#GALERIA(6925)
PADDOCK GP #65 RECEBE PIPO DERANI E FAZ PRÉVIA DO eP DA ARGENTINA DE F-E

.embed-container { position: relative; padding-bottom: 56.25%; height: 0; overflow: hidden; max-width: 100%; } .embed-container iframe, .embed-container object, .embed-container embed { position: absolute; top: 0; left: 0; width: 100%; height: 100%; }

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube