Elliott vence corrida caótica da Nascar debaixo de temporal no Circuito das Américas

Chase Elliott é o 11º piloto diferente a triunfar na Nascar em 2021. Mas a etapa do último domingo (23) não foi uma corrida qualquer. Em cenário completamente atípico para a categoria mais popular dos Estados Unidos, o atual campeão venceu corrida marcada por forte acidente e com fim antecipado em razão da forte chuva em Austin

Cole Custer bateu na traseira de Martin Truex Jr (Vídeo: Nascar)

Há muito tempo que a Nascar não se deparava com um cenário de caos como no último domingo (23). Em sua estreia no Circuito das Américas, a categoria mais popular do automobilismo norte-americano lidou com vários cenários aos quais não está habituada: acelerar num circuito misto e, mais ainda, andar debaixo de chuva. E não foi uma chuva qualquer. O temporal apertou muito na metade final da disputa e levou a direção de prova a acionar a bandeira vermelha. Chase Elliott, da Hendrick, atual campeão da Nascar, que assumiu a liderança pouco antes e seguiu na pista antes de fazer seu pit-stop, levou sorte no momento da interrupção da corrida. O piloto do carro #9 confirmou uma vitória inesperada debaixo de muita chuva no Texas.

O triunfo de Elliott foi histórico para a Chevrolet, que alcançou a marca de 800 vitórias na divisão principal da Nascar, e para a própria Hendrick, que venceu pela 268ª vez e igualou o recorde da equipe de Richard Petty.

CHASE ELLIOTT; NASCAR; AUSTIN; CIRCUITO DAS AMÉRICAS;
Chase Elliott alcançou um triunfo histórico para a Chevrolet e para a Hendrick no Texas (Foto: Nascar)

A corrida teve Joey Logano como vencedor do primeiro segmento, após 15 voltas, enquanto Kyle Busch triunfou na segunda parte da disputa, depois de 32 giros de corrida. Mas a prova reservou outros protagonistas. Austin Cindric, Ross Chastain e até Ryan Preece chegaram a liderar a corrida. Elliott virou líder na volta 50. Quatro giros depois, a direção de prova acionou a bandeira vermelha que, na prática, determinou o fim do embate no Circuito das Américas.

Foi justamente no momento em que Preece liderava, no segundo estágio, que aconteceu o acidente mais forte e impactante da corrida. Com baixíssima visibilidade no Circuito das Américas por conta da chuva, Cole Custer acertou traseira de Martin Truex Jr., que estava mais lento à sua frente em razão de ter batido no carro de Michael McDowell, que também estava lento. A batida de Custer em Truex Jr. foi em cheio.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

A Stewart-Haas de Custer pegou fogo após o impacto forte, mas o competidor conseguiu sair do carro rapidamente e escapou ileso. A bandeira vermelha durou pouco mais de 20 minutos.

A corrida só não foi mais acidentada em razão das enormes áreas de escape do Circuito das Américas, desenhado para receber a Fórmula 1 e que é também um habitual palco da MotoGP.

Para Elliott, o triunfo em Austin, do jeito que foi, aconteceu de forma inédita. “Não poderia estar mais empolgado. Nunca antes ganhei uma corrida na chuva, então isso é muito legal”, comemorou o piloto, ciente de que teria de fazer outro pit-stop para reabastecer se a corrida continuasse por mais algumas voltas.

NASCAR; AUSTIN; TEXAS; CIRCUITO DAS AMÉRICAS;
A Nascar teve de lidar com um cenário bem diferente neste domingo em Austin (Foto: LAT/Forix)

Depois do 1-2-3-4 de Dover, a Hendrick agora conquistou uma dobradinha com Elliott em primeiro e Kyle Larson em segundo. Desta forma, a equipe liderada por Rick Hendrick conseguiu colocar seus quatro pilotos no Victory Lane — além de Elliott e Larson, também Alex Bowman e William Byron — pelo menos uma vez nesta temporada, após 14 corridas disputadas.

Joey Logano, da Penske, terminou em terceiro, à frente de Ross Chastain, da Ganassi, enquanto AJ Allmendinger, da Kaulig Racing, completou o top-5. Chase Briscoe, Michael McDowell, Alex Bowman, Tyler Reddick e Kyle Busch, que no sábado venceu a corrida da Xfinity, concluíram a lista dos dez primeiros colocados no Circuito das Américas.

Com os resultados deste domingo, Denny Hamlin, apenas o 14º colocado na corrida em Austin, segue na liderança da tabela de pontos e soma 597 tentos, contra 499 de Byron. Daí para trás, a diferença é muito mais apertada: Larson soma 487, contra 486 de Logano e 481 de Elliott, o quinto colocado.

O próximo fim de semana traz uma das etapas mais tradicionais de toda a temporada: a Coca Cola 600, que acontece no coração da Nascar, Charlotte, no domingo que vem.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar