33 pontos atrás de Martins, Collet encara reta final da F-Renault “sem nada a perder”

Caio Collet sabe que precisa ir para o tudo ou nada caso queira seguir com chances de título na temporada 2020 da F-Renault Europeia

Caio Collet parte para as duas etapas que vão definir a temporada 2020 da F-Renault Europeia. Neste final de semana, a primeira decisão, com a rodada dupla de Hockenheim. Vice-líder do campeonato, o brasileiro tem 33 pontos de desvantagem para Victor Martins, francês que pode ser campeão já no domingo. Para evitar isso, o piloto de 18 anos vai para uma abordagem bastante agressiva.

Caio lembra que ainda restam quatro corridas em duas pistas, mas sabe que tirar a distância construída por Martins vai ser algo complicado. Assim, já tranquilo em relação a Franco Colapinto e os demais do pelotão, vai para cima no arrojo.

“Vamos continuar lutando. Temos 100 pontos em jogo e estou mais de 90 na frente do terceiro colocado. Com o vice-campeonato praticamente garantido, não tenho nada a perder. O foco é ganhar o máximo de corridas possíveis e ver como ficamos no final do campeonato”, resumiu.

Caio Collet busca reação em Hockenheim (Foto: Dutch Photo Agency)

O bom retrospecto na pista alemã é um trunfo que Collet tem em busca da reação. Em Ímola, no último final de semana, cada um dos líderes venceu uma prova, mas Martins foi quinto na corrida 1, enquanto Caio se envolveu em um acidente na 2.

“No ano passado, em Hockenheim, fui ao pódio nas duas corridas e ganhei o campeonato de novatos por antecipação. Acredito que temos boas chances de estarmos competitivos mais uma vez e vou me preparar muito ao lado de toda a equipe para essas últimas corridas”, completou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube