Antonella Bassani vê aprendizado em seletiva da FIA: “Tenho conquistas para comemorar”

Antonella Bassani foi uma das finalistas da seletiva 'Girls on Track', promovida por FIA e Ferrari, mas não venceu. Apesar disso, a brasileira de apenas 14 anos comemorou a oportunidade que teve na Europa nos últimos meses

A seletiva ‘Girls on Track’, promovida pela FIA [Federação Internacional de Automobilismo] em parceria com a Ferrari, terminou na última sexta-feira (22). A holandesa/belga Maya Weug, de 16 anos, foi a escolhida para integrar a academia da escuderia e ganhou uma vaga na F4 Italiana 2021. Antonella Bassani, brasileira de 14 anos, foi uma das quatro finalistas, mas não levou o prêmio. Apesar disso, valorizou a experiência de estar entre as melhores no grupo de 70 inscritas para o projeto.

“Fiquei muito feliz primeiro só por ter essa oportunidade, por chegar na final e aprender tanto com essa experiência. Todo o processo foi incrível, competindo em um nível de exigência tão alto, com uma estrutura tão profissional, e interagindo com pilotas de todo o mundo”, disse a jovem catarinense.

A fase decisiva do processo seletivo que visa escolher a primeira representante feminina para a Academia da Ferrari foi interrompida em dezembro depois de um teste positivo para Covid-19 de uma das pilotas, que não teve seu nome revelado.

As jovens pilotas voltaram a Maranello, onde foram avaliadas durante alguns dias. O programa envolve testes de aptidão física e mental, sessões de simulador, atividades de mídia e uma série de aulas relacionadas a regulamentos esportivos e comportamento na pista.

ANTONELLA BASSANI; FERRARI; RISING STARS; FIA;
Antonella Bassani foi finalista da seletiva ‘Girls on Track’ (Foto: Ferrari)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Acho que tenho algumas conquistas a comemorar. Era a mais jovem entre as finalistas, nunca tinha andando num F4 antes e, mesmo assim, fui avançando. Foi uma experiência única estar em um lugar com tanta história como a casa da Ferrari”, destacou Bassani.

“Vejo que isso me preparou de forma muito intensa para os próximos passos da minha carreira, e me deu uma visão ainda mais clara de tudo que posso alcançar! Vou continuar trabalhando com muita motivação”, completou.

Por ter alcançado a final da seletiva, Antonella ganhou o direito de um teste com uma Ferrari 488, modelo utilizado no Ferrari Challenge, ainda sem data ou local definidos. A brasileira, porém, já retornou ao país. Neste sábado (23), disputa o Campeonato Catarinense de Kart e depois segue para competir na Copa São Paulo Light.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube