Após ano de estreia na F4, Lima se prepara para disputa do Toyota Racing Series, na Nova Zelândia

Brasileiro seguirá caminho de Lucas Foresti, Bruno Bonifácio e Pipo Derani e correrá na equipe M2 ao lado do compatriota Pedro Piquet, filho caçula do ex-piloto Nelson Piquet

 
Depois de completar seu primeiro ano na F4, Gustavo Lima se prepara agora para um novo desafio: a disputa do Toyota Racing Series, campeonato realizado na Nova Zelândia.
 
A competição na Oceania consiste em cinco rodadas triplas consecutivas, com início em 9 de janeiro, em Teretonga Park, e fim exatamente um mês depois, em Manfeild.
Gustavo Lima (Foto: Jakob Ebrey)
Lima seguirá os passos de outros brasileiros que já passaram pela competição, como Lucas Foresti, Bruno Bonifácio e Pipo Derani, e será piloto da equipe M2, onde terá como companheiro de time Pedro Piquet, filho caçula do ex-piloto Nelson Piquet.
 
"Vai ser a minha primeira vez no Toyota Racing Series, então estou muito animado com esta nova experiência na carreira", comentou Gustavo, ansioso. "Terei alguns desafios pela frente, já que vou guiar um carro completamente novo e não conheço nenhuma das pistas."
 
"Mas enxergo nisso tudo uma grande forma de aprendizado para começar a temporada 2014 com o pé direito", prosseguiu, confiante. "Vamos ver o que teremos pela frente. De qualquer forma, meu foco está em andar nas primeiras colocações neste campeonato."
 
A preparação de Lima para a disputa do TRS começa em Valência, na Espanha, onde o piloto, que deve fazer mais um ano de F4 em 2014, fará testes com um chassi de F3.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube