Outras

CBA pede desculpas a Pedro Piquet por carteira cassada às vésperas de corrida na Nova Zelândia

A CBA emitiu um comunicado em que pede desculpas ao piloto Pedro Piquet por um “ato equivocado”. O filho de Nelson Piquet teve sua carteira cassada pouco antes de uma corrida na Nova Zelândia

Warm Up / Redação GP, de São Paulo

A CBA emitiu um comunicado pedindo desculpas a Pedro Piquet. Nesta quarta-feira (5), a entidade assumiu que cometeu um “ato equivocado” ao cassar a carteira do piloto de 15 anos pouco antes da terceira etapa do Toyota Racing Series, na Nova Zelândia.
 
Como o filho do tricampeão mundial Nelson Piquet disputa uma categoria em que a idade mínima é 16 anos, o jovem corre com uma licença especial, conquistada pela própria CBA no início do ano. Porém, após solicitação da FIA, a confederação resolveu cassar a carteira de Pedro.
 
Depois de alguns dias de impasse, a CBA emitiu uma nota oficial, onde pede desculpas ao piloto e afirma que tudo não passou de um “ato equivocado”.
Na Nova Zelândia, Nelson Piquet e seu filho Pedro foram pegos de surpresa com a notícia da cassação da licença do piloto (Foto: Mastermídia)

Pedro perdeu o direito de pilotar durante o fim de semana de corrida em Cromwell. Os treinos para a próxima prova da categoria já se iniciam na próxima madrugada aqui no Brasil, nesta quinta-feira (6) na Nova Zelândia.