Outras

Em “ano que promete”, Petecof traça objetivos para F4 Alemã e Italiana em 2019: “Buscar os dois títulos”

A temporada 2019 da F4 para Gianluca Petecof começa neste fim de semana com a rodada tripla de Oschersleben, valendo pelo campeonato na Alemanha. O membro da Academia Shell Racing e da Academia de Pilotos da Ferrari vai para seu segundo ano na categoria com mais experiência, com boa quilometragem e grande performance na pré-temporada e com a meta de ser campeão no fim do ano

Grande Prêmio / FERNANDO SILVA, de Sumaré
Gianluca Petecof começa neste fim de semana sua segunda temporada correndo na F4, representando a forte equipe Prema nos campeonatos alemão e italiano, os mais fortes da categoria em todo o mundo. Membro da Academia Shell Racing e da Academia de Pilotos da Ferrari, o paulista de 16 anos faz seu segundo ano nos monopostos com a expectativa de, com mais experiência em importantes circuitos da Europa e com maior quilometragem com o carro da categoria, poder lutar pelo título nos dois campeonatos, a começar pelo alemão, que se inicia entre sábado e domingo com a rodada tripla de Oschersleben. Dias depois, Petecof segue para a Itália para acelerar na etapa de Vallelunga, no primeiro fim de semana de maio. O piloto é o único brasileiro a disputar as duas competições de forma simultânea em 2019.
 
2018 foi importante para Gianluca por ter marcado o desfecho da transição do kartismo para os carros de corrida propriamente ditos. Foi um ano de muita adaptação, sobretudo no primeiro semestre, com uma notável evolução na segunda metade do campeonato. O piloto conquistou uma vitória — no fim de semana derradeiro do calendário, em Mugello —, além de outros quatro pódios e finalizou a F4 Italiana em 2018 na quarta posição, sendo o melhor dentre os novatos. Já na F4 Alemã, mais desafiadora para a Prema por conta da força das equipes locais, Petecof terminou na décima colocação, com direito a um pódio, conquistado em Nürburgring.
 
Com um ano de experiência na categoria, Petecof abre a temporada 2019 com uma confiança muito maior em poder brigar desde o começo por bons resultados, estabelecendo assim a regularidade que caracteriza as campanhas que resultam em títulos.
Gianluca Petecof é membro da Academia Shell Racing desde 2015 e da Academia da Ferrari desde o ano passado (Foto: Prema Powerteam)
Em entrevista ao GRANDE PRÊMIO pouco depois da sua chegada de Ímola, onde fez seu último treino de pré-temporada, Petecof ressaltou exatamente a experiência obtida no ano passado e nos trabalhos nos primeiros meses de 2019 para cumprir com seu principal objetivo: ser campeão nos dois campeonatos que vai disputar nos próximos meses.
 
“Essa temporada vai ser muito importante para a gente. Toda a experiência com o carro, com a equipe, com as pistas, tudo isso vai acumular e vou procurar usar isso ao meu favor, principalmente no começo da temporada, começar o mais forte possível”, declarou Gianluca.
 
O brasileiro ressaltou o bom trabalho feito no inverno e neste início de primavera na Europa, mostrando sólida performance tanto na Itália como também na Alemanha. Contudo, o piloto mostra maturidade, mesmo aos 16 anos, e deixa claro que o que vale mesmo é quando as luzes se apagam.
 
“A pré-temporada acabou nesta semana. Os testes foram extremamente positivos. Fiz testes tanto na Itália como na Alemanha, e na maioria deles estive fechando em primeiro. Tudo bem, é treino, não há como competir, mas dá uma segurança maior, com bons treinos, você chegar a um fim de semana de corrida sabendo que você fez um bom trabalho naquela pista antes. Então foi muito positivo”, explicou.
 
“Na Alemanha, onde a equipe tem um pouco menos de experiência na comparação com as equipes alemãs, a gente conseguiu mostrar um ritmo muito forte. De qualquer forma, a gente está muito bem preparado para o começo da temporada”, salientou Gianluca.
Gianluca Petecof foi o melhor novato e, com uma vitória, terminou em quarto na F4 Italiana em 2018 (Foto: Prema Powerteam)
Depois dos preparativos e da importante quilometragem obtida nas últimas semanas, é chegada a hora de colocar em prática todo o conhecimento a partir de agora. São dois campeonatos longos, de nove etapas, 20 corridas no campeonato alemão e 21 no italiano. 
 
Com nada menos que 37 carros inscritos para a etapa de abertura da temporada, a F4 Italiana não fica restrita ao país-sede e além de corridas em Vallelunga, Misano, Ímola, Monza e Mugello também vai à Hungria para uma rodada tripla em Budapeste, em julho, e na semana seguinte viaja à Áustria para a etapa no Red Bull Ring.
 
Já a F4 Alemã, com previsão de 17 carros inscritos para a estreia neste fim de semana, vai realizar suas etapas em três países: além da Alemanha, com Oschersleben, Hockenheim, Zandvoort, Nürburgring, novamente em Hockenheim e Sachsenring, a categoria viaja à Holanda para a etapa de Zandvoort e também corre no Red Bull Ring.
 
Prestes a acelerar novamente o carro #5 da Prema, agora pra valer, Petecof se mostra confiante e empolgado para a primeira rodada tripla da temporada.

 
“A primeira corrida é neste fim de semana, em Oschersleben, então é procurar abrir com o pé direito. E logo em seguida, buscar igualmente abrir bem o campeonato italiano, em Vallelunga. Por agora, estou muito ansioso para o começo das corridas. A gente treina, treina, treina, mas o que a gente quer mesmo é correr. O começo de temporada vai ser muito importante, e buscar principalmente regularidade para buscar os dois títulos neste ano”, comentou.
 
“A gente está numa condição muito favorável, estou trabalhando muito bem com a equipe, juntamente com a Ferrari e com a Shell. Vai ser um ano que promete muito pra gente”, complementou Gianluca Petecof.

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.