Uruguaio Balbi ganha corrida em Mercedes e se transforma no primeiro vencedor da história da F4 Sudam

Frederick Balbi, de 18 anos, venceu a primeira corrida da história da F4 Sudam. O uruguaio conquistou a prova 'em casa', na cidade de Mercedes

Frederick Balbi venceu a primeira corrida da história da F4 Sudam. O uruguaio de 18 anos completou a prova em Mercedes, no país platino, em 30m57s828, seguido pelo brasileiro Bruno Baptista – que havia largado em primeiro – e pelo, também brasileiro, Felipe Ortiz.
 
Federico Esslin, do Uruguai; Enzo Bortoleto, do Brasil; os argentinos Alessandro Salerno e Mauro Marino; e o uruguaio Francisco Cammarota, fecharam a classificação final da primeira prova.
 
Balbi, que foi vice-campeão da F4 Uruguaia em 2012, considerou a vitória deste sábado (5) indescritível. 
 
“Não tenho palavras para descrever minha alegria neste momento. É um sonho vencer a primeira corrida da F4 Sudam”, disse.
O pódio da primeira corrida da F4 Sudam, vencida por Balbi (Foto: Damian Barischpolski/F4 Sudam)
Baptista elogiou o carro e explicou que perdeu a prova devido a uma escapada. 
 
“Larguei muito bem e assumi a ponta da prova, mas na sétima volta dei uma escapada que me jogou para a quinta posição. Porém, nosso carro estava rendendo muito bem e fiz uma prova de recuperação, ultrapassando um a um até chegar na segunda posição. Só faltou a vitória, mas vamos com tudo amanhã”, falou.
 
A segunda corrida do fim de semana tem largada prevista para domingo, às 11h20 (horário de Brasília). O argentino Salerno, sexto colocado na corrida de hoje, larga na posição de honra.
 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube