Porsche

Marcel Coletta supera Müller na largada e vence de ponta a ponta corrida 1 da Porsche Cup no Velo Città

Marcel Coletta brilhou na primeira corrida do final de semana no Velo Città. Neste sábado (1), o piloto pulou para a ponta ainda na largada, controlou o ritmo durante os 25 minutos e cruzou a linha de chegada na primeira colocação. Na GT3 Cup 4.0, foi Sylvio de Barros quem alcançou o triunfo

Warm Up, de Mogi Guaçu / NATHALIA DE VIVO, do Velo Città
Marcel Coletta começou com o pé direito o sábado (1) de corridas no Velo Città. Nesta manhã, o piloto pulou para a ponta ainda na largada, controlou bem o ritmo e cruzou a linha de chegada na primeira colocação.
 
Quem saiu da pole-position foi Marçal Müller. Mas assim que a saída foi autorizada, o #177 deu o bote em cima do #544 nos metros iniciais, assumindo a ponta do pelotão e dali não saindo mais. Controlando o ritmo durante a disputa, viu a bandeira quadriculada com 2s2 de vantagem.
 
Quem ficou atrás da dupla foi Vitor Baptista, que terminou a corrida em terceiro. Aproveitando um erro cometido por Werner Neugebauer, Miguel Paludo cruzou a linha de chegada na quarta colocação, com o #8 fechando o top-5 da classe Carrera Cup 4.0.
 
Na categoria GT3 Cup 4.0, quem ficou com a vitória em Mogi Guaçu na primeira corrida do dia foi Sylvio de Barros. Marco Billi, Adalberto Baptista, Rodrigo Mello e Dominique Teysseyre fechando o top-5.
Marcel Coletta (Foto: Victor Eleutério)
Saiba como foi a corrida 1 da classe 4.0 no Velo Città:
 
A largada para a primeira corrida do dia aconteceu às 11h10 do horário de Brasília. No momento que os pilotos foram para a pista, o sol brilhava forte no Velo Città, com a temperatura atingindo os 26ºC.
 
Quem largou da pole-position para a prova foi Marçal Müller, com Marcel Coletta completando a primeira fila do grid. Vitor Baptista, Werner Neugebauer e Miguel Paludo completavam o top-5 da disputa.
 
Assim que as luzes se acabaram, Coletta conseguiu dar o bote em cima do #544 para conseguir assumir a primeira colocação. Na primeira curva, Werner tentou avançar no pelotão, mas acabou tocando em Marçal e caiu para a quinta posição.
 
Quem também fez boa largada foi o #120. O representante da Academia Shell Racing pulou para a terceira colocação. Paludo era quem vinha logo atrás.
 
Após a primeira volta, Marcel tinha 0s540 de liderança, com Müller, Baptista, Paludo, Neugebauer, Eloi Khouri, Ricardo Baptista, Sylvio de Barros, Alceu Feldmann e Adalberto Baptista completando o top-10 do momento.
 
Cinco minutos de corrida completados e o #177 só aumentava ainda mais seu respiro na ponta do pelotão. Marcel já estava mais de 1s à frente de Marçal. Vitor, Neugebauer e Paludo vinham logo atrás.
 
Na classe GT3 Cup 4.0, Sylvio de Barros sustentava a primeira colocação do pelotão. Quem aparecia no segundo posto era Adalberto Baptista, com Rodrigo Mello, Marco Billi e Dominique Teysseyre fechando o top-5.
 
Com pouco mais de dez minutos para a bandeira quadriculada, as posições se mantinham no Velo Città. Mas enquanto Marcel Coletta já sustentava 3s142 na ponta e Vitor Baptista vinha em terceiro, Paludo começava a pressionar Werner para tentar assumir a quarta colocação.
 
Até que, de forma surpreendente, Neugebauer acabou cometendo um erro na nona volta da disputa ao tentar se defender de Miguel, escapando da pista. Com isso, o #7 assumiu a colocação, com o #8 caindo para quinto.
 
Bandeira quadriculada no Velo Città, Marcel Coletta controlou bem o ritmo durante a disputa e cruzou a linha de chegada em primeiro. Müller foi o segundo, com Vitor Baptista, Paludo e Neugebauer completando o pódio.
 
Na classe GT3 Cup 4.0, quem venceu foi Sylvio de Barros de ponta a ponta. Marco Billi ficou em segundo, com Adalberto Baptista, Rodrigo Mello e Teysseyre fechando os cinco primeiros da categoria.