Porsche

Pedro Aguiar fala em etapa complicada em Interlagos, mas vê evolução na Porsche Cup

Pedro Aguiar deixou a rodada tripla de Interlagos na Porsche Cup com um gosto agridoce na boca. Apesar de ter conseguido uma vitória na corrida trazida de Portugal, o piloto não teve resultados tão positivos na rodada dupla. Mas apesar disso, se mostrou satisfeito com a evolução que tem apresentado

Grande Prêmio / NATHALIA DE VIVO, de São Paulo
Pedro Aguiar teve uma passagem de altos e baixos em Interlagos. Em uma rodada tripla da Porsche Cup, o saldo final do piloto foi uma vitória, um abandono e uma 11ª colocação, com a etapa sendo vista como complicada pelo competidor.
 
O início do final de semana no autódromo paulistano começou com a corrida 2 trazida de Estoril – na época, a prova não pôde ser disputada por conta do forte acidente sofrido por Dennis Dirani. Mas sem problemas para o #20, que venceu de ponta a ponta.
 
Mas nas corridas de sábado a sorte não esteve ao lado de Pedrinho. Enquanto na primeira foi acertado ainda na largada, sendo obrigado a abandonar, na segunda conseguiu escalar o pelotão apenas para terminar em 11º, somando ainda cinco pontos.
 
Ao GRANDE PRÊMIO, Aguiar avaliou a difícil passagem por Interlagos. “Foi etapa bem complicada para mim. A gente teve uma corrida da etapa passada ontem, que liderei do começo ao fim e ganhei, fiquei muito feliz. Mas nessa primeira corrida larguei de sétimo e estava com um tempo muito próximo de todo mundo, mas na primeira volta bateram em mim, rodei, fui para fora, bati nos pneus e tive que abandonar a corrida”, disse.
Pedro Aguiar (Foto: Porsche Cup)
“Na segunda não deu para consertar meu carro, tive que pegar um carro reserva, e não estava muito legal. Muda um pouquinho de um carro para o outro, não que é pior, mas é diferente”, continuou.
 
“Então até me acostumar um pouquinho levou um tempo e a parte que eu estava tinham alguns pilotos que disputam muito, então você pega uma confusão ali que é complicado para ultrapassar, fica com um pé atrás para ultrapassar. Mas foi uma boa corrida, consegui ultrapassar alguns, sim, mas esperava um resultado melhor”, completou.
 
Mas é clara a evolução que o #20 tem apresentado em 2019, e sobre o assunto, afirmou que “realmente evoluí bastante, estou muito feliz com isso, sei que minha dedicação que estou colocando nisso está dando certo”. 
Pedro Aguiar (Foto: Porsche Cup)
“Agora, com certeza vou me dedicar ainda mais, estou treinando direto de kart, várias vezes na semana, só para treino mesmo, simulador também, pego o [Guilherme] Salas, que anda comigo no Endurance, abrimos o servidor e andamos bastante. É bem legal e está vindo resultado”, seguiu.
 
E as expectativas para a última etapa, que acontece em novembro, junto com a Fórmula 1? “A expectativa é muito boa porque é em Interlagos, Interlagos andamos bem, sabemos que vai ser uma corrida muito emocionante, divertida. Como eu disse, galera, se prepara que vai ser emocionante, e realmente foi”, encerrou.
 

Paddockast #35
NARRAÇÕES INESQUECÍVEIS E UM CURIOSO CASO DE AMOR


Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.