Com vantagens avassaladoras, Medeiros conquista título do Sertões nos quadris e Sperancini nos UTVs

Marcelo Medeiros e Bruno Sperancini não deram chances aos adversários na disputa do Rali dos Sertões nos quadriciclos e nos UTVs, respectivamente. O primeiro venceu com quase 11h de vantagem. O segundo, com quase 12h

Etapa 10

Iguatu (CE) – Fortaleza (CE)
Deslocamento inicial: 184 km
Trecho especial: 103 km
Deslocamento final: 107 km
Total: 457 km

Com vitórias em seis das dez etapas da edição de 2012 do Rali dos Sertões dentre os quadriciclos, Marcelo Medeiros assegurou, nesta terça-feira (28), seu primeiro título na mais importante prova off-road do Brasil. A vantagem para o segundo colocado, o estreante Paulo Roberto Kitagawa, foi impressionante: 10h50min19s.

O maranhense começou e terminou vencendo no Sertões. Em casa, em São Luís, ele faturou sua primeira vitória no prólogo. Hoje, apesar de já estar praticamente com o título na mão, não quis saber de se poupar nos 103 km de especial que levaram de Iguatu a Fortaleza e venceu mais uma etapa.

Marcelo Medeiros venceu seu primeiro Rali dos Sertões (Foto: Theo Ribeiro/Fotoarena)

Nesta terça, ele levou 1h32min28s para percorrer todo o percurso da prova. O segundo colocado foi o terceiro no resultado acumulado do Rali, Ernesto Jun Watashi. Com Medeiros e Kitagawa, a Yamaha formou uma dobradinha na categoria. Watashi utiliza um quadriciclo Can Am.

O atual campeão dos Sertões, Tom Rosa, acabou abandonando a disputa na quinta etapa, após uma queda. Naquele ponto, o caminho ficou aberto de vez para que Medeiros pudesse consolidar seu domínio.

Nos UTVs, o título ficou nas mãos da dupla Bruno Sperancini/Thiago Vargas. Na segunda posição nesta 10ª e última etapa do rali, os dois acumularam um total de 40h53min21s ao longo dos 4840 km de Sertões. A vantagem para os vice-campeões, Carlo Collet e Eduardo Shiga é impressionante: 11h23min09s. Não dá nem para dizer que os adversários comeram poeira, de tão distantes que ficaram. Em terceiro lugar, com mais de 87h, ficaram Edgley Sobrinho e Rodolfo Brito.

Estreante na edição de 2012 dos Sertões, a categoria dos UTVs foi marcada por incêndios, no começo da prova, devido a um problema nos tanques de combustível. Para os próximos anos, o objetivo da organização é consolidá-la e deixá-la cada vez mais forte.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube