Fora desde 2016, Spinelli anuncia retorno ao Dakar e reedita dupla com Haddad em 2021

Pentacampeão do Rali dos Sertões, Guilherme Spinelli vai voltar a disputar o maior rali do mundo. Ao lado de Youssef Haddad, o piloto vai guiar a Mitsubishi L200 Triton Sport Racing

A edição de 2021 do Rali Dakar vai marcar o retorno de um dos grandes nomes do Brasil na disputa da maior e mais importante competição do off-road mundial. Guilherme Spinelli vai voltar à prova depois de tê-la disputado pela última vez em 2016. Dono de dois top-10, em 2010 e 2011, o carioca de 47 anos vai reeditar uma dupla vitoriosa e vai acelerar ao lado do navegador Youssef Haddad na Arábia Saudita entre 3 e 15 de janeiro do próximo ano.

‘Guiga’, que também é dono de cinco títulos do Rali dos Sertões, a competição do gênero mais importante e tradicional do Brasil, vai competir no Dakar com uma Mitsubishi L200 Triton Sport Racing. Vai ser a primeira vez que Spinelli vai disputar o maior rali do mundo fora da América do Sul. Desde 2020 que a prova é sediada na Arábia Saudita.

MITSUBISHI L200 TRITON SPORT RACING; RALI DAKAR; GUILHERME SPINELLI; YOUSSEF HADDAD;
Youssef Haddad vai navegar novamente para Guiga Spinelli no Dakar em 2021 (Foto: Carsten Horst/RF1)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“É uma grande conquista poder voltar ao Dakar depois de quatro anos. Foi uma oportunidade que acabou surgindo através das dificuldades desse ano extremamente atípico. Tivemos o cancelamento do Sul-Americano por conta da pandemia e trocamos nossa programação de ralis que não aconteceram para participarmos do Dakar. Poder representar o Brasil nessa prova novamente nos carros será especial”, disse o piloto.

“A experiência dessas oito edições que participei do Dakar, além da experiência do Youssef na navegação, vai nos ajudar nessa nossa competição no deserto. Será a estreia do nosso Mitsubishi L200 Triton Sport Racing nesse tipo de rali. Ficamos satisfeitos com a performance do nosso carro no Sertões 2019, seguimos trabalhando no carro para o Sertões 2020 e, com certeza, teremos ainda mais evoluções até o Dakar”, acrescentou.

Youssef, parceiro de tantas conquistas ao lado de ‘Guiga’, ressaltou o fato de ser a primeira vez que vai disputar o maior rali do mundo fora da América do Sul.

“Brinco que tenho uma relação de amor e ódio com o Dakar desde minha primeira participação, em 2009. É um rali extremamente difícil e desafiador, mas não é impossível, temos toda a condição de fazer uma boa prova. A realidade é bem distinta do que temos no Brasil. Participei nas edições do Dakar na América do Sul e agora, na Arábia, será ainda mais diferente. Inclusive, haverá um formato novo de navegação que vai valorizar ainda mais a figura do navegador nesta prova, por isso estou contando já os dias para competir em mais um Dakar”, ressaltou.

MITSUBISHI L200 TRITON SPORT RACING; RALI DAKAR; GUILHERME SPINELLI; YOUSSEF HADDAD;
Detalhe do Mitsubishi L200 Triton Sport Racing de Spinelli e Haddad para o Dakar 2021 (Foto: Carsten Horst/RF1)

Antes de seguir para o Oriente Médio, a dupla vai buscar o sexto título do Rali dos Sertões. A prova, que foi adiada por conta da pandemia, vai ser disputada entre 31 de outubro e 7 de novembro. Mesmo diante de uma situação muito distinta do Dakar, ‘Guiga’ crê que a prova brasileira pode servir como uma preparação importante para o maior rali do mundo, em janeiro.

“O Sertões servirá de base para nós no Dakar. Vai ser uma volta depois de muitos anos sem participar de um rali no deserto. Não teremos oportunidade de treino nesse tipo de solo antes, mas confio muito no trabalho de todos da equipe. Vamos em busca do nosso objetivo, que é completar a prova e, de preferência, tentando nossa melhor participação na história”, finalizou o piloto.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube