Al-Attiyah reage e vence 2ª especial. Peterhansel vira líder do Dakar nos carros

Tricampeão do maior rali do mundo, Nasser Al-Attiyah se meteu na disputa então protagonizada por Carlos Sainz e Stéphane Peterhansel. O catariano levou a Toyota ao topo na chegada a Wadi Ad-Dawasir, superando os pilotos da Mini. Entre os brasileiros, Guilherme Spinelli e Youssef Haddad terminaram a etapa em 23º, enquanto Marcelo Gastaldi e Lourival Roldan ficaram em 29º

2ª etapa – Bisha – Wadi Ad-Dawasir
Trecho de especial: 457 km
Deslocamentos: 228 km
Trecho total: 685 km

Depois de um começo discreto para um tricampeão, Nasser Al-Attiyah reagiu e venceu a segunda etapa do Dakar 2021 após disputa com outros dois gigantes do maior rali do mundo nos carros. O piloto da Toyota começou a especial entre Bisha e Wadi Ad-Dawasir, na Arábia Saudita, largando em décimo lugar, posição em que terminou a etapa de abertura da prova, e foi ganhando terreno batalhando principalmente contra Stéphane Peterhansel, o ‘Monsieur Dakar’, e Carlos Sainz, atual campeão da prova.

Ao fim de 457 km de trecho cronometrado, melhor para Nasser, que venceu com 4h03min14s de tempo total, 2min35s de frente para Peterhansel, enquanto Sainz, vencedor da primeira especial, foi o terceiro, ficando o espanhol 9min17s de desvantagem para Al-Attiyah. O resultado alçou o francês para a liderança geral do Dakar nos carros.

O buggy Mini #300 pilotado por Sainz e navegado pelo catalão Lucas Cruz estava na briga pela vitória da etapa com Peterhansel e seu navegador, Edouard Boulanger, e Al-Attiyah e o copiloto Mathieu Baumel. Contudo, dois problemas prejudicaram a trajetória da dupla espanhola: uma perda de potência do motor nos últimos 100 km da especial e um erro de navegação, o que fez com que a diferença para os vencedores fosse maior que o habitual.

NASSER AL-ATTIYAH
Nasser Al-Attiyah foi o grande vencedor do dia na Arábia Saudita (Foto: Dakar/Twitter)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

+++ Com figurões na Arábia Saudita, Dakar abre 2021 do automobilismo

A maior parte da prova nesta segunda-feira foi percorrida em terreno de areia, tendo as dunas como cenário predominante e onde Nasser sobressaiu.

“Foi um bom dia. Ontem perdemos muito tempo, mas hoje pisamos fundo, tudo saiu perfeito, não cometemos um só erro do início ao fim. Mathieu fez um grande trabalho, e os pneus funcionaram perfeitamente. Ainda falta um longo caminho, mas estamos felizes porque o começo não foi ruim”, disse o vencedor do dia nos carros.

Depois de um dia marcado por furos nos pneus para quase todos os competidores dos carros, a especial desta segunda-feira foi mais estável. Yazeed Al-Rajhi, que compete ao lado de Dirk Von Zitzewitz a bordo de uma Toyota Hilux, foi o quarto colocado do dia correndo em casa, enquanto Mathieu Serradori, que corre com Fabian Lurquin em um protótipo da equipe Century, foi o quinto.

Sébastien Loeb, eneacampeão mundial de rali, depois de ter sofrido com três furos nos pneus e muitos problemas na primeira especial, foi outro que conseguiu reagir. Ao lado do inseparável navegador monegasco Daniel Elena, o francês terminou a etapa em sexto com o protótipo desenvolvido pela Prodrive em conjunto com a equipe Bahrain Raid.

Os protótipos da Century seguem fazendo bonito com Brian Baragwanath e Taye Perry em sétimo na etapa, seguido pela Toyota Hilux de Kuba Przygonski e Timo Gottschalk, em oitavo. Vladimir Vasilyev e Dmitro Tsyro, com Mini, e Bernhard Ten Brinke, em parceria com Tom Colsoul, fecharam em décimo.

STÉPHANE PETERHANSEL; DAKAR 2021; ARÁBIA SAUDITA;
Stéphane Peterhansel lidera Dakar 2021 após dois dias de prova (Foto: X-Raid/Twitter)

Entre os brasileiros, depois de um excelente 11º lugar na primeira etapa do Dakar, Marcelo Gastaldi e Lourival Roldan fecharam a especial desta segunda em 29º lugar com o protótipo da Century. Foi um dia complicado para a dupla, que chegou a sofrer um acidente em um dos trechos de dunas da especial, com o carro caindo de bico em uma duna quebrada. Com o impacto, tanto piloto quanto navegador sofreram dores no peito e nas costas, mas estão bem e prontos para largar nesta terça-feira.

Já Guilherme Spinelli e Youssef Haddad, depois de terem enfrentado dois furos nos pneus no último domingo, conseguiram encaixar uma boa especial para completarem em 23º com o Mini All4 Racing da equipe alemã X-Raid.

MARCELO GASTALDI; LOURIVAL ROLDAN; ETAPA 2; DAKAR 2021;
Marcelo Gastaldi e Lourival Roldan tiveram um dia complicado no Dakar 2021 (Foto: A.S.O./Florent Gooden/DPPI)

Com duas etapas já percorridas, Peterhansel lidera a classificação geral com 6min37s de vantagem para Sainz, enquanto Al-Attiyah subiu para terceiro e está 9min14s atrás do líder. Serradori está numa muito boa quarta colocação, enquanto Przygonski é o quinto, seguido por um dos seus companheiros de equipe da Toyota, Al-Rajhi. Loeb aparece em sétimo, à frente de Baragwanath e Ten Brinke. Nani Roma, 16º na especial desta segunda, sustenta um lugar notop-10. Gastaldi e Roldan estão em 21º no geral, enquanto Spinelli e Haddad aparecem em 28º.

A terça-feira reserva a primeira etapa em laço no Dakar. Em torno de Wadi Ad-Dawasir vai ter um deslocamento de 227 km e trecho cronometrado de 403 km, totalizando 630 km.

Dakar 2021, Carros, classificação geral após 2ª especial:

1S PETERHANSEL
E BOULANGER
X-RAID MINI 7:17:18 
2C SAINZ
L CRUZ
X-RAID MINI 7:23:550:06:37
3N AL-ATTIYAH
M BAUMEL
TOYOTA 7:26:320:09:14
4M SERRADORI
F LURQUIN
CENTURY 7:31:390:14:21
5J PRZYGONSKI
T GOTTSCHALK
ORLEN / OVERDRIVE 7:41:450:24:27
6Y AL-RAJHI
D VON ZITZEWITZ
TOYOTA 7:44:500:27:32
7S LOEB
D ELENA
BAHRAIN RAID 7:53:580:36:40
8B BARAGWANATH
T PERRY
CENTURY 7:55:090:37:51
9B TEN BRINKE
T COLSOUL
TOYOTA 7:59:070:41:49
10N ROMA
A WINOCQ
BAHRAIN RAID 7:59:130:41:55
21M TIGLIA GASTALDI
L ROLDAN
CENTURY 8:19:111:01:53
28G SPINELLI
Y HADDAD
X-RAID 8:35:541:18:36

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube