Sertões volta ao calendário do Mundial da FIM e tem percurso todo no Nordeste em 2021

A Dunas Race, empresa que promove e organiza o Sertões, anunciou muitas novidades na noite da última terça-feira (3). A principal prova off-road das Américas vai voltar a ser realizada no meio do ano, evitando as chuvas nos meses finais, como foi em 2020, largará do Rio Grande do Norte e vai voltar a ser etapa do Mundial da Federação Internacional de Motociclismo

A 29ª edição do Sertões já tem data para começar. A principal competição off-road das Américas, depois de ter sido realizada entre o fim de outubro e o começo de novembro no ano passado, em evento que foi postergado para os meses finais de 2020 por conta da pandemia, volta ao período habitual e vai ter dez dias de duração, sendo realizada entre 13 e 22 de agosto. A competição vai ser toda disputada na região Nordeste e terá largada no Rio Grande do Norte, com a cidade que vai ser palco do início do rali ainda a ser anunciada. A grande novidade é a volta do Sertões como etapa do Mundial da Federação Internacional de Motociclismo para as competições de motos, quadriciclos e UTVs, trazendo assim a perspectiva de contar nas trilhas do Nordeste com os principais nomes das respectivas modalidades no planeta.

A Dunas Race, empresa que promove e organiza o Sertões, divulgou as novidades durante evento virtual transmitido pelo YouTube na noite da última terça-feira (2). Joaquim Monteiro, CEO do Sertões, e Edgar Fabre, diretor-técnico da prova, apresentaram o planejamento para 2021, que compreende não apenas a realização do chamado ‘Sertões 100% Sertão’, mas também as competições que vão fazer parte do amplo calendário desenvolvido pela Dunas para 2021.

Monteiro destacou a chance de colocar o Sertões de volta ao calendário do Mundial da FIM. “Estamos orgulhosos do Sertões esse ano ser etapa do Mundial de Rali. É uma conquista para o calendário esportivo brasileiro. Voltamos à data tradicional do Sertões em agosto, período de secas no Hemisfério Sul, para levantar muita poeira nesta que será a 29ª edição da prova”, comemorou.

SERTÕES; SERTÕES 2021; DUNAS RACE;
A Dunas Race divulgou o calendário das suas competições para 2021 (Arte: Divulgação)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

“Também estamos muito felizes com a confirmação da largada inédita do Rio Grande do Norte e a expansão do portfólio dos eventos com a marca Sertões através do primeiro Rali dos Mares de kitesurf. Vamos a todo vapor colocar esse calendário de pé”, destacou o CEO da Dunas.

Além do Sertões Series, competições de rali cross-country de curta duração que integram o calendário oficial do Sertões ao longo de 2021, com três etapas neste ano, a Dunas vai organizar pela primeira vez o Baja Jalapão 500 Milhas, prova que é inspirada nas competições realizadas nos desertos dos Estados Unidos e México. Outra novidade é a expansão da marca Sertões além do off-road com a realização do Rali dos Mares, na primeira edição do Sertões Kitesurf, com o primeiro rali aquático do mundo, a ser disputado no litoral do Nordeste entre 8 e 14 de outubro.

O maior rali das Américas terá em 2021 um roteiro de cerca de 5.000 km percorridos, com 60% da quilometragem em especiais, os trechos cronometrados. As cidades que vão abraçar o Sertões neste ano vão ser anunciadas em 15 de maio.

Ao todo, serão dez dias de competição, sendo o prólogo e mais nove especiais. A ideia da organização é fazer com que a prova deste ano seja no formato semi-bolha, aproveitando o aprendizado alcançado no ano passado, quando a caravana teve de ficar isolada para evitar a disseminação e o contágio pelo novo coronavírus. Para 2021, a proposta é garantir o acesso controlado do público local às chamadas Vilas Sertões, resgatando um pouco da tradição do maior rali do Brasil.

SERTÕES; RICARDO MARTINS; YAMAHA;
O Sertões vai voltar a integrar o calendário do Mundial de Rali Cross-Country da FIM (Foto: Marcelo Maragni)

Edgar Fabre destacou as novidades preparadas pela Dunas para o calendário 2021. “Nossa missão, mais do que nunca, é encantar os competidores, tanto na parte técnica quanto nos cenários dos nossos eventos. Assim que terminou o Sertões 2020, eu e o Du Sachs já começamos a trabalhar incansavelmente nos roteiros das provas deste ano. Temos uma responsabilidade ainda maior, pois sim, seremos Mundial de motos, quadris e UTVs. Muitos amigos estrangeiros estão nos procurando, ansiosos para vir ao Brasil conhecer o Sertões”, disse o diretor-técnico.

O evento virtual também contou com a presença de Jorge Viegas, presidente da FIM, que anunciou a presença do Sertões como integrante do calendário do Mundial de rali cross-country da Federação em 2021.

Focada também no aspecto ambiental e de sustentabilidade, o Sertões vai, em 2021, dar o primeiro passo para neutralizar o impacto de emissão de carbono direto dos veículos de competição, veículos das equipes de apoio, caminhões, motorhomes e carros da organização do evento. A Dunas Race vai atuar em parceria com a Moss, plataforma 100% nacional de emissão de créditos de carbono, que vão ser revertidos em projetos na Amazônia.

Já o calendário do Sertões Series vai contar com três etapas. A primeira delas, o Rali de São Paulo, vai acontecer entre os dias 13 e 15 de maio em Ilha Comprida, no litoral sul paulista. Entre 16 e 19 de junho está previsto o Series Baja Jalapão, evento coorganizado pela Arena Produções. Nesta prova, vai ser disputada também uma etapa da Copa do Mundo de Baja, o Baja FIM, entre 16 e 17 do sexto mês.

A terceira e última etapa do Sertões Series, chamada Series Caminhos da Neve, terá largada em Florianópolis e chegada em Gramado e vai acontecer entre 3 e 6 de novembro.

“O Sertões Series volta com tudo, e com mais etapas. E ainda faremos duas novas provas: o Baja 500 Milhas, uma modalidade de rali inédita no Brasil, e a etapa da Copa do Mundo de Baja da FIM, ambas no Jalapão”, complementou Fabre.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube