Metge e Malta sofrem punições e Caselani assume liderança do Sertões nas motos

Já no fim da noite de sábado, a organização do Sertões anunciou mudanças no resultado extraoficial. Adrien Metge, que venceu a primeira especial com a Yamaha, sofreu punições, assim como Túlio Malta. Gregório Caselani, da Honda, sobe então para a liderança da prova

Takamoto Katsuta, da Toyota, sofreu forte acidente neste sábado no Rali da Bélgica (Vídeo: WRC)

Quase no apagar das luzes do último sábado (14), o Sertões anunciou mudanças na classificação geral da competição das motos depois da realização da primeira especial da prova na edição 2021, entre Tibau do Sul, no Rio Grande do Norte, e Patos, na Paraíba. Mudanças importantes porque fazem emergir um novo líder na prova: Gregório Caselani.

Horas antes, Adrien Metge havia sido declarado vencedor da primeira etapa quanto aos resultados extraoficiais. O francês da Yamaha foi seguido por Caselani, da Honda. Túlio Malta, também da Yamaha, foi o terceiro, seguido pela Honda de Jean Azevedo, heptacampeão do Sertões, e pelo atual campeão, Ricardo Martins, da Yamaha.

GREGÓRIO CASELANI; SERTÕES; SERTÕES 2021;
Gregório Caselani é o novo líder do Sertões depois das punições a Adrien Metge e Túlio Malta (Foto: Magnus Torquato/Mundopress)

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram.

Só que tudo mudou horas depois. Metge e Malta sofreram punições consideráveis e perderam muitas posições na tabela. O francês foi punido em 16 minutos por excesso de velocidade em zona de radar e por trafegar no sentido contrário da prova para validar um waypoint.

Malta, por sua vez, teve 8 minutos acrescidos ao seu tempo total de prova por também exceder a velocidade em zona controlada por radar.

Desta forma, Caselani foi declarado vencedor da primeira etapa e assim lidera a competição das motos na classificação geral. Jean Azevedo, também da Honda, está em segundo, com Ricardo Martins em terceiro. Túlio Malta caiu para sétimo, enquanto Metge está na décima colocação.

Neste domingo, os pilotos vão encarar a segunda especial da prova, chamada ‘Padim Ciço’, com um longo percurso total, de 510 km, divididos em 20 km de deslocamento inicial, 249 km de trecho cronometrado e 241 km de deslocamento final entre Patos, na Paraíba, e Araripina, Pernambuco.

POR QUE VETTEL SE TORNOU O PILOTO MAIS NECESSÁRIO À F1 | GP às 10

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar