5º, Casagrande admite que “não queria passar” para Q3: “Plano era ser pole ou 7º”

Gabriel Casagrande não escondeu o jogo após o treino de classificação para a Corrida do Milhão da Stock Car: gostaria de ter sido eliminado no Q2. Somente, porém, se terminasse com a sétima colocação

Gabriel Casagrande mandou a real em entrevista para o GRANDE PRÊMIO um pouco depois do treino de classificação para a Corrida do Milhão, na tarde deste sábado (24), em Interlagos. Pudesse escolher, não teria passado para o Q3: preferia ser o sétimo colocado. Mas não está chateado com a quinta posição que conseguiu.
 
Segundo Casagrande, o plano sempre foi ser sétimo ou buscar a pole. Mas tirar o pé propositalmente para ficar com a sétima colocação não estava sob questão, ele garante. 
 
"Eu não queria passar, essa que é a verdade. O plano era ou fazer a pole ou largar em sétimo. Passar para o Q3 ia te fazer gastar bem mais combustível e vai fazer diferença na corrida, no tempo de parada nos boxes. Então o ideal seria a pole ou sétimo lugar, mas você não tem como escolher – não dá para chegar na pista e tirar o pé para ser sétimo, isso não existe. É tentar dar o máximo. Eu errei na minha primeira volta no Q3, o que comprometeu a média. Fiz o máximo que dava. Quando passei para o Q3, sabia que ia ter que tentar tudo", falou. 
Gabriel Casagrande (Foto: Gabriel Pedreschi/Grande Prêmio)

"O quinto lugar é muito bom. É ótimo largar em quinto numa Corrida do Milhão, acho que ficamos numa situação boa de combustível, mas não é o que eu queria tendo passado no Q3. É um misto de sentimento bom e sentimento ruim, mas estamos em boa condição. Amanhã tem tudo para ser um bom dia, faremos de tudo para levar isso para casa. É difícil, tem gente de peso ali na frente que sabe como lidar com uma corrida dessas, mas quem sabe a sorte não aparece para a gente", falou.

 
Não fosse ser sétimo, aí, sim, Casagrande gostaria de ficar o mais à frente possível. Foi a resposta que ele deu ao ser indagado sobre ficar com as posições que não era ideais no Q2, Q3 e Q4.
 
"Preferia largar mais na frente, com certeza. O Felipe [Fraga] saiu meio bravo [é 9º], mas eu falei para ele relaxar que está bem, não usou mais combustível que ninguém. Décimo, largando por fora, não seria tão bom. Preferia ser terceiro [na comparação com quinto ou décimo]", finalizou. 
 
O GRANDE PRÊMIO cobre tudo da Corrida do Milhão in loco em Interlagos com os repórteres Felipe Noronha, Pedro Henrique Marum e Gabriel Pedreschi. A prova começa às 11h30 do domingo. Acompanhe tudo aqui.
 
Paddockast #30
SHOW DO MILHÃO!

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar