Da Costa leva corrida 2 da Stock Car de grave acidente com Di Mauro em Interlagos

António Félix da Costa triunfou na corrida 2 em Interlagos e se tornou o primeiro estrangeiro a vencer de forma individual na categoria. Nas voltas finais, Gaetano di Mauro foi protagonista de um pavoroso acidente

Di Mauro sofreu um forte acidente no final da corrida 2 em Interlagos (Vídeo: SporTV)

Um enorme susto marcou a corrida 2 da etapa de Interlagos da Stock Car, no começo da tarde deste domingo (16). António Félix da Costa fez história na principal categoria do automobilismo brasileiro ao se tornar o primeiro piloto estrangeiro a triunfar, de forma individual, depois de cruzar a linha de chegada na frente. O luso, atual campeão da Fórmula E, foi convidado para correr pela RC Eurofarma neste fim de semana como substituto de Ricardo Maurício, campeão da Stock Car, que testou positivo para Covid-19. Detalhe: Félix da Costa jamais havia vencido em Interlagos.

Mas o que marcou a disputa foi o grave acidente sofrido por Gaetano di Mauro nos instantes finais da corrida. O piloto da KTF, que vinha como um dos grandes nomes da corrida, tentou uma ultrapassagem dupla em cima de Daniel Serra e Guilherme Salas na entrada da reta e colocou seu carro no meio dos seus oponentes. Na tentativa, Gaetano decolou e bateu forte no muro, que não tinha barreira de proteção ou pneus, e teve o carro destruído. Por sorte, o piloto foi resgatado bem pelos fiscais de pista, ainda que depois de ter perdido a consciência após a batida. A corrida terminou com safety-car.

A vitória de Félix da Costa foi histórica. Uma semana depois de triunfar em Mônaco na Fórmula E, o luso alcançou um feito inédito ao ser o primeiro estrangeiro a vencer de forma individual na Stock Car. Em 2015, o argentino Néstor ‘Bebu’ Girolami triunfou na corrida de duplas da categoria em Goiânia ao lado de Ricardo Maurício. Que, coincidentemente, teve o seu carro novamente vencedor, desta vez pelas mãos de Félix da Costa.

António Félix da Costa é o primeiro estrangeiro a vencer de forma individual uma corrida da Stock Car (Foto: Bruno Terena)

Daniel Serra, que foi desclassificado da classificação no sábado, largou em último na corrida 1 e em 24º na segunda prova, cruzou a linha de chegada em segundo e salvou bons pontos para o campeonato. Salas foi confirmado em terceiro lugar.

Ricardo Zonta foi o quarto colocado, enquanto Cacá Bueno fechou o top-5 neste domingo. Átila Abreu foi o sexto, enquanto Felipe Massa garantiu seu melhor resultado na Stock Car e concluiu a disputa em sétimo lugar. Denis Navarro foi o oitavo, Galid Osman — que perdeu uma grande chance de vencer após problema no reabastecimento durante seu pit-stop, fechou a corrida em nono, enquanto Bruno Baptista foi o décimo.

A próxima rodada dupla da Stock Car está marcada para 19 de junho no circuito do Velocitta, localizado em Mogi Guaçu, interior de São Paulo.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Saiba como foi a corrida 2 da Stock Car em Interlagos

Com a regra do grid invertido dos dez primeiros colocados em relação à corrida 1, Galid Osman teve a chance de largar na frente na segunda prova do fim de semana de Stock Car em Interlagos e dividiu a primeira fila com o luso António Félix da Costa. Logo atrás, vieram Pedro Cardoso e Denis Navarro na segunda fila. Em contrapartida, Gabriel Casagrande, vencedor da corrida 1, partiu em décimo.

Largada da corrida 2 da Stock Car em Interlagos (Foto: Reprodução)

Mas quem surpreendeu no começo da disputa foi Navarro, que ganhou as posições de Cardoso e Félix da Costa e subiu para a segunda colocação, só atrás de um imbatível Galid, que seguia em primeiro com o carro da nova equipe Pole Motorsport.

Navarro, com o desenrolar da corrida, foi o primeiro piloto a fazer seu pit-stop e naturalmente perdeu algumas posições. Mas logo depois os demais pilotos fizeram suas respectivas paradas na sequência da corrida em Interlagos, inclusive Félix da Costa, que chegou a estar em segundo depois do pit-stop do competidor da Cavaleiro.

Quem deixou seu pit-stop para o fim da janela foi Galid, que entrou para os boxes quando restavam 12min40s para o fim da disputa em São Paulo. AFC, que vinha mais atrás, tentava se desvencilhar do tráfego para buscar retornar à frente.

Gustavo Frigotto abandonou com uma roda solta na saída do pit-lane em Interlagos (Foto: Reprodução)

Osman se deu mal no pit-stop em razão de um problema no reabastecimento e perdeu muitas posições, caindo para décimo lugar. Quem assumiu a liderança, depois de ter largado em 26º, foi Guilherme Salas, que apostou tudo na corrida 2 e passou Félix da Costa na reta dos boxes. Mas o jovem piloto da KTF era pressionado pelo campeão mundial da Fórmula E, que estava em segundo, enquanto Daniel Serra, companheiro de equipe do português neste fim de semana, vinha em terceiro, seguido de perto por Matías Rossi.

Ainda durante a janela para pit-stop obrigatório, Gustavo Frigotto abandonou na saída do pit-lane, já na Reta Oposta, depois de ver uma roda do seu carro se soltar.

Com melhor ritmo de prova, Félix da Costa acionou o botão de ultrapassagem na volta 12 conseguiu fazer a ultrapassagem em cima de Salas para assumir a liderança da corrida.

Gaetano Di Mauro decolou e bateu no muro após tentar uma ultrapassagem dupla na reta principal de Interlagos (Foto: Reprodução)

Já Matías Rossi, que está de volta à Stock Car depois de ter ficado fora da etapa de Goiânia, caminhava para ter uma grande corrida, mas viu suas pretensões naufragarem em razão de um pneu furado. Em contrapartida, Gaetano di Mauro, um dos grandes nomes da rodada dupla de abertura do campeonato, voltava a brilhar em Interlagos e lutava com Daniel Serra por um lugar no pódio paulistano.

Pouco antes da abertura da última volta, Serra e Salas lutavam pelo segundo lugar. Di Mauro, que estava logo atrás, tentou se colocar entre os dois carros, decolou e bateu muito forte no muro da entrada da reta dos boxes. Por sorte, o jovem de 23 anos foi retirado bem, embora zonzo em razão da batida.

A direção de prova acionou o safety-car que, na prática, determinou o fim da corrida com a vitória de Félix da Costa.

Stock Car 2021, Interlagos, corrida 2, final:

1A DA COSTA RC EUROFARMA CHEVROLET33:26.63019 voltas
2D SERRARC EUROFARMA CHEVROLET+2.942 
3G SALASKTF CHEVROLET+4.815 
4R ZONTARCM TOYOTA+1:54.983 
5C BUENOCROWN CHEVROLET+1.57.795 
6A ABREUPOLE/SHELL CHEVROLET+1:59.256 
7F MASSALUBRAX PODIUM CHEVROLET+2:00.574 
8D NAVARROCAVALEIRO CHEVROLET+2:01.713 
9G OSMANPOLE/SHELL CHEVROLET+2:03.850 
10B BAPTISTARCM TOYOTA+2:04.948 
11C RAMOSIPIRANGA TOYOTA+2:06.572 
12T KANAANFULL TIME BASSANI TOYOTA+2:07.931 
13N PIQUETMX PIQUET TOYOTA+2:10.734 
14D NUNESBLAU CHEVROLET+2:12.376 
15R. SUZUKIFULL TIME BASSANI TOYOTA+2:13.270 
16T CAMILOIPIRANGA TOYOTA+2:17.282 
17J CAMPOSLUBRAX PODIUM CHEVROLET+2:18.864 
18A KHODAIRBLAU CHEVROLET+2:20.947 
19B MONTEIROCROWN CHEVROLET+2:21.990 
20T ANTONIAZIHOT CAR CHEVROLET+2:23.330 
21M ROSSIFULL TIME TOYOTA+2:25.470 
22G DI MAUROKTF RACING CHEVROLET+2 voltas 
23G CASAGRANDEVOGEL CHEVROLET+8 voltas 
24G FRIGOTTORKL CHEVROLET+11 voltas 
25P CARDOSOKTF RACING CHEVROLET+12 voltas 
26L FORESTIKTF CHEVROLET+16 voltas 
27F LAPENNAHOT CAR CHEVROLET+18 voltas 
28C HAHNBLAU II CHEVROLET+18 voltas 
29S JIMENEZMX PIQUET TOYOTA+18 voltas 
30G LIMAVOGEL CHEVROLET 
31M GOMESCAVALEIRO CHEVROLET 
32R BARRICHELLOFULL TIME TOYOTA 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar