Barrichello domina e vence corrida 1 marcada por ‘big one’ na largada em Goiânia

Rubens Barrichello dominou e venceu sem sustos a corrida 1 da Stock Car no misto de Goiânia. 'Big One' na largada marcou a prova

Imagens do forte acidente que marcou a largada da Stock Car em Goiânia (Vídeo: Stock Car)

Rubens Barrichello e Goiânia possuem uma relação mais do que especial. Pela sexta vez na história, o piloto da Full Time venceu no Autódromo Internacional de Goiânia em uma prova que anotou a pole-position e utilizou a posição de honra no grid para vencer sem sustos na quente tarde deste sábado (18). Cesar Ramos foi o segundo colocado, seguido de Gabriel Casagrande, que luta com força pelo título na temporada.

Porém, a grande imagem da prova foi o ‘big one’ causado logo na largada, que envolveu dez carros na corrida.

Com pensamento na segunda prova do dia, Ricardo Maurício fechou a corrida 1 em décimo, garantindo a ponta para a corrida derradeira do sábado.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Rubens Barrichello venceu sem sustos a corrida 1 no misto de Goiânia (Foto: Reprodução)

Saiba como foi a corrida 1 no misto de Goiânia:

Sem o push extra concedido aos vencedores do Fan Push Claro 5G, os carros logo foram para o grid da primeira corrida do sábado da Stock Car no misto de Goiânia. Com Rubens Barrichello na posição de honra do grid, a corrida 1 começou com um enorme susto.

Foi exatamente às 13h40 que o caos se fez presente na Stock Car. Christian Hahn acabou queimando a largada e, quando freou, foi tarde demais. Beto Monteiro, que vinha atrás, bateu forte.

Logo, outros nove carros se envolveram na batida: Matías Rossi, Felipe Massa, Ricardo Zonta, Raphael Teixeira, Pedro Cardoso, Rafael Suzuki, Tony Kanaan, Beto Monteiro e Lucas Foresti. Ou seja, quase um terço do grid abandonou antes mesmo da primeira volta da caótica corrida 1 em Goiânia.

A largada da corrida 1 da Stock Car no misto de Goiânia teve um ‘big-one’ logo na largada (Foto: Reprodução)

Raphael Teixeira, que faz sua estreia na Stock Car no lugar de Gustavo Frigotto por problemas financeiros, foi quem levou a pior no incidente. O novato não conseguiu enxergar o carro de Christian Hahn, que estava virado logo à sua frente, e bateu forte na lateral Chevrolet Cruze da Blau. Embora visivelmente zonzo pelo acidente, o piloto da RKL conseguiu sair e se colocar de pé, ainda que tenha mancado para chegar ao carro da equipe médica. 

A 20 minutos do fim, com pista limpa, bandeira verde em Goiânia, Barrichello manteve a ponta e deixou Gabriel Casagrande em segundo. Baptista, que havia largado em segundo, caiu para terceiro. Cesar Ramos era o quarto e Diego Nunes fechava o top-5.

Na sétima volta, Barrichello abriu vantagem de 0s610 para Casagrande. Mais atrás, Diego Nunes despencou no grid, com problemas. O piloto da Blau, líder do treino livre de sexta-feira, acabou recolhendo o carro.

Como ficou a pista após o ‘big one’ da largada na corrida 1 no misto de Goiânia (Foto: Reprodução)

Com 13 minutos restantes na regressiva, o box foi aberto em Goiânia. Enquanto isso, Ricardo Maurício protagonizou bela ultrapassagem em Allam Khodair pela sétima posição. Na sequência, Barrichello foi ao box e retornou à pista na 10ª posição. Casagrande, por sua vez, seguiu na pista, sem parar. Indo ao box com 8 minutos para o fim.

Casagrande fez uma rápida parada, sem reabastecer, e voltou na terceira posição, atrás de Barrichello e Cesar Ramos. Enquanto isso, a direção de prova advertiu Allam Khodair por conta dos movimentos que fez ao ser ultrapassado por Maurício.

César Ramos venceu disputa com Casagrande e terminou a quente corrida 1 em segundo (Foto: Reprodução)

Na 14ª volta, Casagrande reassumiu a segunda posição. Barrichello seguia líder, com uma vantagem de 4s493. Duas voltas depois, Ramos reassumiu o segundo lugar, em mais um capítulo na disputa protagonizada com o piloto da Vogel. A duas voltas do fim, a briga pela nona posição era interessante: Gaetano Di Mauro e Maurício se digladiavam na pista. No fim das contas, o jovem da KTF levou a melhor na disputa, mas Ricardinho, em décimo, garantiu o primeiro lugar com o grid invertido para a corrida 2 do sábado.

Na última volta, Barrichello liderava sem sustos ou ameaças e rumou tranquilamente para a sexta vitória em Goiânia da carreira. Em uma disputa que foi travada até a linha de chegada, Cesar Ramos cruzou em segundo, seguido de Casagrande, terceiro colocado.

Stock Car, oitava etapa, corrida 1, Goiânia:

1R BARRICHELLOFULL TIME TOYOTA32:40.16219 voltas
2C RAMOSIPIRANGA TOYOTA+2.230 
3G CASAGRANDEVOGEL CHEVROLET+2.384 
4M GOMESCAVALEIRO CHEVROLET+6.107 
5B BAPTISTARCM TOYOTA+7.032 
6A KHODAIRBLAU CHEVROLET+7.355 
7J CAMPOSLUBRAX PODIUM CHEVROLET+8.542 
8A ABREUPOLE/SHELL CHEVROLET+10.812 
9G DI MAUROKTF RACING CHEVROLET+12.466 
10R MAURÍCIO RC EUROFARMA CHEVROLET+14.828 
11F LAPENNAHOT CAR CHEVROLET+15.161 
12D SERRARC EUROFARMA CHEVROLET+15.162 
13G OSMANPOLE/SHELL CHEVROLET+20.687 
14S JIMENEZMX PIQUET TOYOTA+1 volta 
15D NAVARROCAVALEIRO CHEVROLET+1 volta 
16R. SUZUKIFULL TIME BASSANI TOYOTA+1 volta 
17T ANTONIAZIHOT CAR CHEVROLET+1 volta 
18T CAMILOIPIRANGA TOYOTA+1 volta 
19C BUENOCROWN CHEVROLET+1 volta 
20D NUNESBLAU CHEVROLET+12 voltas 
21G LIMAVOGEL CHEVROLET+12 voltas 
22F MASSALUBRAX PODIUM CHEVROLET+16 voltas 
23P CARDOSOKTF RACING CHEVROLET+18 voltas 
24C HAHNBLAU II CHEVROLET 
25B MONTEIROCROWN CHEVROLET 
26R ZONTARCM TOYOTA 
27L FORESTIKTF CHEVROLET 
28M ROSSIFULL TIME TOYOTA 
29G SALASKTF CHEVROLET 
30T KANAANFULL TIME BASSANI TOYOTA 
31R TEIXEIRARKL CHEVROLET 

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube

Saiba como ajudar