Em grande fase, Maurício supera Fraga em 0s005 e crava pole no Velopark

Vencedor da Corrida do Milhão há três semanas, Ricardo Maurício cravou sua primeira pole no ano na Stock Car. Com uma volta no limite, o bicampeão e vice-líder em 2019 virou 54s517 e foi apenas 0s005 mais rápido que Felipe Fraga. Thiago Camilo vai largar em quinto, enquanto Daniel Serra parte da décima colocação

Ricardo Maurício vive um momento iluminado na carreira. Depois de voltar para a RC Eurofarma nesta temporada e se colocar como um dos postulantes ao título da temporada 2019 da Stock Car, o bicampeão consolidou sua condição de um dos melhores pilotos do grid e, há três semanas, venceu a cobiçada Corrida do Milhão. E neste sábado (14), no Velopark, o paulista confirmou a grande fase ao garantir sua primeira pole na temporada ao marcar 54s517 como melhor volta no Q3, largando assim na posição de honra da corrida 1 da oitava etapa do campeonato.

Felipe Fraga também fez grande classificação e, por muito pouco, não marcou a pole. O campeão mais jovem da Stock Car marcou tempo apenas 0s005 mais lento em relação a Maurício e vai fechar a primeira fila do grid. Gabriel Casagrande foi muito bem na sessão e vai partir em terceiro lugar, lado a lado com Max Wilson.

Ricardo Maurício acelera para a pole no Velopark (Foto: Duda Bairros/Stock Car)

Thiago Camilo não conseguiu se aproximar dos ponteiros na classificação e vai largar em quinto, seguido por Ricardo Zonta. E o líder do campeonato, Daniel Serra não passou para o Q3 e vai abrir a primeira corrida do domingo em décimo.

A largada da corrida 1 no Velopark está marcada para 11h (horário de Brasília) deste domingo, enquanto a segunda prova tem início previsto para 12h02. O GRANDE PRÊMIO cobre tudo 'in loco' com o repórter Felipe Noronha. Siga tudo aqui.

Saiba como foi o treino classificatório da etapa do Velopark da Stock Car

Os 15 primeiros colocados do campeonato fecharam o grupo 1 que foi à pista para abrir o Q1 em Nova Santa Rita. Felipe Fraga foi o mais rápido do G1 com 54s170. O mais jovem campeão da Stock Car fechou a primeira parte do treino com 0s173 de frente para Gabriel Casagrande, uma grande margem considerando as diferenças apertadas que são comuns ao Velopark.

Bruno Baptista também fez uma ótima volta e foi o terceiro, com 54s382, seguido por Max Wilson e Thiago Camilo. Ricardo Maurício foi o sexto, à frente de Cacá Bueno e Ricardo Zonta. Daniel Serra, líder do campeonato, foi apenas o nono, enquanto Rubens Barrichello fechava o top-10 provisório.

Os 13 pilotos restantes completaram o segundo grupo na tentativa de garantir um lugar entre os 15 primeiros classificados para o Q2. O desfecho do Q1 reservou um momento inusitado quando uma chave de fenda simplesmente voou do carro de Lucas Foresti. Já César Ramos teve uma volta deletada por ter passado por fora da chicane na curva 1, enquanto Valdeno Brito rodou e ficou atolado na brita. Bandeira vermelha no Velopark quando restavam 3 minutos para o fim da sessão.

Chave de fenda voa do carro de Luas Foresti na classificação no Velopark (Foto: Stock Car/Twitter)

Ainda houve um breve tempo de pista livre para as voltas derradeiras do Q1. Nesse período, Guga Lima e Bia Figueiredo escaparam da pista, mas em rodadas sem maiores complicações.

No fim das contas, Valdeno, mesmo com a rodada, foi bem na sua volta rápida e foi o único do G2 a se colocar entre os dez primeiros do Q1. Passaram Fraga, Casagrande, Baptista, Max Wilson, Camilo, Maurício, Valdeno, Cacá Bueno, Zonta, Serra, Barrichello, Átila Abreu, Allam Khodair, Denis Navarro e Diego Nunes. Júlio Campos ficou fora do Q2 por apenas 0s010. Ainda no fim do Q1, Felipe Lapenna tocou na lateral do carro de Átila. O sorocabano, minutos depois, não escondeu sua irritação com o oponente.

Sem tempo a perder, Valdeno foi o primeiro a deixar os boxes para fazer o Q2. Casagrande chegou a tomar a ponta pouco depois com 54s602, tempo bem acima do feito por Fraga no Q1. O piloto da Crown acabou sendo superado por Maurício, com 54s498, e Zonta. Só que Fraga estava com tudo e passou com a melhor parcial nos setores 1 e 3 para cravar 54s362 e virar líder.

Átila Abreu é tocado por Felipe Lapenna no fim do Q1 no Velopark (Foto: Stock Car/Twitter)

Super parelho, o treino mostrava o equilíbrio da Stock Car em cores vivas. Camilo virou apenas 0s003 atrás de Fraga. Max Wilson foi além e registrou tempo idêntico ao do #88 da Cimed. Contudo, Felipe permanecia na ponta por ter feito o tempo primeiro. Mas não por muito tempo, já que Camilo respondia com 54s246 para liderar o Q2. Já Daniel Serra vinha em 10º e estava muito perto de ser eliminado.

No fim das contas, o líder do campeonato não conseguiu passar para o Q3. A disputa pela pole ficou entre Camilo, Fraga, Max Wilson, Maurício, Zonta e Casagrande. 

Sexto colocado no Q2, Casagrande foi o primeiro piloto a fazer sua tentativa de volta rápida na fase final da classificação e virou 54s573. Em seguida, foi a vez de Zonta abrir sua volta. O piloto da Shell V-Power, no entanto, não conseguiu superar o jovem paranaense ao registrar 54s708.

Ricardo Maurício abraça o chefe Rosinei Campos, o 'Meinha' (Foto: Duda Bairros/Stock Car)

Vencedor da Corrida do Milhão e em grande fase, Maurício assumiu a pole provisória com 54s517, restando três pilotos para o desfecho do Q3. Na sequência, era a vez de Max Wilson, companheiro de equipe de Ricardo na RC Eurofarma, fazer sua volta. O veterano foi ligeiramente mais lento ao registrar 54s624.

Um dos favoritos à pole por conta da sua performance nos treinos, Fraga foi o penúltimo piloto a marcar tempo no Q3. Por muito pouco, contudo, o jovem da Cimed não superou Maurício e virou tão somente 0s005 mais lento. Então, apenas Thiago Camilo, rei das poles em 2019, tinha a possibilidade de tirar a posição de honra do dono do carro #90. Só que a volta foi mais lenta que o esperado, de modo que o #21 ficou apenas em quinto, com 54s689. Pole-position para Ricardo Maurício, em grande fase na Stock Car e na luta pelo tricampeonato.

Stock Car 2019, Velopark, corrida 1, grid de largada:

1 R MAURÍCIO RC Eurofarma   0:54.517  
2 F FRAGA Cimed   0:54.522 +0.005
3 G CASAGRANDE Crown   0:54.573 +0.056
4 M WILSON RCM   0:54.624 +0.107
5 T CAMILO A. Mattheis   0:54.698 +0.172
6 R ZONTA Shell V-Power   0:54.708 +0.191
7 R BARRICHELLO Full Time   0:54.614  
8 C BUENO Cimed   0:54.624  
9 B BAPTISTA RCM   0:54.678  
10 D SERRA RC Eurofarma   0:54.686  
11 A ABREU Shell V-Power   0:54.713  
12 D NAVARRO Cavaleiro   0:54.798  
13 A KHODAIR Blau   0:54.816  
14 V BRITO Prati Donaduzzi   0:54.833  
15 D NUNES KTF   0:54.987  
16 J CAMPOS Prati Donaduzzi   0:54.718  
17 M COLETTA Crown   0:54.727  
18 N PIQUET Full Time   0:54.747  
19 G DI MAURO Shell Helix Ultra   0:54.761  
20 C RAMOS Blau   0:54.763  
21 F LAPENNA Cavaleiro   0:54.792  
22 L FORESTI Vogel   0:54.816  
23 G LIMA Vogel   0:54.935  
24 G OSMAN Shell Helix Ultra   0:54.936  
25 R SUZUKI Hot Car   0:55.043  
26 M GOMES KTF   0:55.054  
27 B FIGUEIREDO A. Mattheis   0:55.136  
28 P CARDOSO Hot Car   0:55.181  

Paddockast #33
10 ANOS DE SECA BRASILEIRA NA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube