Entre alegrias e lamentações, pilotos Shell destacam “corrida difícil” em Goiânia

A Stock Car disputou, neste sábado, a primeira corrida do fim de semana em Goiânia, mas os pilotos Shell tiveram sentimentos distintos. Gaetano di Mauro e Átila Abreu conseguiram pontuar, mas Ricardo Zonta e Galid Osman abandonaram

A primeira etapa do fim de semana da Stock Car em Goiânia trouxe sentimentos diferentes para os pilotos Shell. Enquanto Gaetano di Mauro e Átila Abreu chegaram nos pontos, Galid Osman e Ricardo Zonta se envolveram em um acidente na primeira volta e abandonaram.

Gaetano di Mauro foi o grande destaque. O piloto da KTF largou em quarto, mas caiu para nono após a parada nos boxes. Na última volta, em grande manobra, ultrapassou Rubens Barrichello na linha de chegada para terminar em oitavo.

“Foi bom, começamos bem o fim de semana. Amanhã ainda tem duas corridas, mas começar como hoje, com uma boa classificação e andando na frente, é muito positivo. Estamos trabalhando o máximo para ver os probleminhas que tivemos, um pouquinho de coisa no freio como na última corrida. Mas estamos cada vez mais próximos de estar ali na frente, em velocidade já estamos próximos. É buscar o máximo para tentar o pódio e a vitória”, afirmou.

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Átila Abreu fez corrida discreta, mas pontuou (Foto: José Mário Dias/Shell)

Átila Abreu não teve vida fácil na primeira corrida no circuito goiano. Largando em 19º, ficou no meio do pelotão e terminou na 16ª colocação, sem grande destaque.

“Foi uma corrida difícil. Larguei em 19º, consegui fazer uma largada muito boa e pular para 11º, escapei dos acidentes. Mas depois que relargou do safety car, já não tinha performance. Já comecei a ficar, tomava muito de reta em relação aos outros carros, e o equilíbrio não era tão bom. Então, tinha um ritmo pior, não conseguia atacar e comecei mais a me defender. Na janela, tentamos trocar o pneu interno, não precisava abastecer por causa do safety para tentar ganhar alguma posição, e a porca voou, perdi mais de seis segundos. Voltei lá para trás, troquei a roda interna para ganhar vantagem e acabei caindo. Como não tinha ritmo, não consegui me recuperar”, declarou Abreu.

Siga o GRANDE PRÊMIO nas redes sociais:
YouTube | Facebook | Twitter Instagram | Pinterest | Twitch | DailyMotion

Ricardo Zonta abandonou e ficou distante da disputa pelo título (Foto: José Mário Dias/Shell)

Entre os primeiros no campeonato, Ricardo Zonta teve um começo de fim de semana complicado, largando apenas em 17º. Um acidente na primeira volta, porém, complicou ainda mais a situação e o paranaense abandonou durante a corrida.

“Infelizmente ficamos no acidente da primeira volta. Não tive o que fazer, acabei acertado, e o carro ficou bastante danificado. Amanhã tem mais duas corridas e, com menos lastro de performance do que hoje, ainda poderemos somar bons pontos para o campeonato e chegar à última etapa ainda com chances de disputar o título. Nosso carro tem sido bom em corrida o ano inteiro, e sei que teremos performance para fazer bons pontos para a Shell”, disse o piloto do carro número #10.

Galid Osman abandonou após acidente na largada (Foto: José Mário Dias/Shell)

Galid Osman foi outro envolvido no acidente da largada e também abandonou a primeira etapa do fim de semana em Goiânia. “Tínhamos tudo para fazer uma boa corrida, estávamos num ritmo rápido em todos os treinos. Mas na primeira volta, o Denis Navarro tentou passar três ao mesmo tempo, deu no meio do meu carro na Curva Zero. Isso acabou com o meu carro, que ficou todo torto, e não conseguimos terminar a corrida”, pontuou.

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube