Estrangeiros da Stock Car apostam em título de Serra, que valoriza “visibilidade por bom trabalho lá fora”

Kelvin Van der Linde e Esteban Guerrieri participaram da etapa de Londrina da Stock Car e foram questionados pelo GRANDE PRÊMIO sobre quem eles acham que garantirá o título da categoria nesta temporada. E Daniel Serra, o atual líder, foi o escolhido

O argentino Esteban Guerrieri substitui a Lucas Di Grassi na Hero na etapa de Londrina da Stock Car, tal como o sul-africano Kelvin Van der Linde correu no lugar de Allam Khodair na Blau. E, da pista paranaense, eles puderam acompanhar a briga pelo título, cada vez mais focada em Daniel Serra e Felipe Fraga, com Rubens Barrichello correndo por fora.

Desta forma, os dois estrangeiros do grid foram questionados pelo GRANDE PRÊMIO, que cobriu in loco a etapa, sobre quem eles consideram o favorito ao título da temporada 2018 da principal categoria brasileira.

Guerrieri foi mais discreto, afirmando que "Serra é muito constante" e que, por esta razão, deve garantir o título. Mas o atual líder foi bastante elogiado por Van der Linde, que reconheceu a força do piloto da Eurofarma.

"Eu acho que o nível de pilotos no Brasil é muito alto, especialmente aqui na Stock Car. Acho que há muitos pilotos brasileiro no nível mais alto, e também pela Europa e em todo o mundo. Acho que será apertado até o final, mas creio que Daniel vai conseguir conquistar o bicampeonato", disse o sul-africano.

"Ele está mais rodado agora, é um grande piloto. E digo isso sobre qualquer tipo de carro, ele pode pilotar qualquer carro. Então acho que ele vai ser campeão", completou.

Daniel Serra (Foto: Renato Mafra)

O GP também conversou com Serra sobre o reconhecimento por parte dos estrangeiros, e ele valorizou o trabalho que tem feito fora do país. Neste mês de outubro, por exemplo, ele venceu a categoria GTD em Petit Le Mans, com a Ferrari. Em 2017, triunfou nas 24 Horas de Le Mans com a Aston Martin.

"Primeiro eu acho legal ter essa visibilidade, talvez exista por eu ser um dos pilotos que mais esteja correndo lá (fora do país). A gente tem ótimos pilotos correndo aqui também, que teriam condições de fazer um bom trabalho se estivessem fazendo outras corridas lá fora", opinou Serra.

"Eu já venho há bastante tempo trabalhando para abrir algumas portas lá fora. Acho que a vitória em Le Mans, e principalmente o começo desse ano, com pole em Daytona e Sebring, me ajudaram muito a abrir outras portas, para correr com mais frequência esse ano lá fora", completou o brasileiro.

Serra tem 270 pontos, vantagem de 34 sobre Fraga, o atual vice. Barrichello vem em seguida, com 194 e Julio Campos completa o top-4 com 183.

Eles voltam à pista da Stock Car no próximo final de semana, na etapa de Goiânia, com cobertura in loco do GP com o repórter Fernando Silva.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube