“Mais preparado”, Abreu mira título em temporada de estreia pela Crown

Átila Abreu mudou de equipe, mas seu objetivo segue o mesmo: a conquista do primeiro título na Stock Car. O paulista aposta na preparação pesada e na boa sintonia com a Crown

Átila Abreu está pronto para mais uma temporada na Stock Car. Um dos mais experientes do grid, o piloto de 33 anos segue em busca de seu primeiro título, agora de equipe nova. Mantendo a parceria com a Shell Racing, o paulista vai correr pela Crown.

Vice-campeão em 2014 e presença constante nas disputas pelas primeiras colocações na categoria desde sua estreia, em 2008, Átila deixa claro que o foco para 2020, que inicia seu calendário meses depois do esperado por conta da pandemia de coronavírus, é o título inédito e, para isso, aposta na evolução da Crown, que vem ganhando espaço no grid nas últimas temporadas.

“Tenho certeza que vai ser uma temporada bem atípica para os padrões que estamos acostumados. Além das mudanças no carro, tem também o fator pandemia. Sobre o carro: tivemos pouco tempo de rodagem na pista, então ter uma equipe competente por trás vai me ajudar muito. Estou confiante em ter bons resultados e brigar pelo título no final da temporada. A Crown é uma equipe que mostrou muita competência ao longo dos últimos anos e quem conseguir entender melhor esse carro novo vai sair na frente”, disse.

Átila Abreu vai atrás do primeiro título em 2020 (Foto: José Mario Dias)

O piloto de Sorocaba admite que a indefinição para se ter uma data para abrir o campeonato foi algo complicado, mas se vê pronto para a Stock Car 2020, mais até do que o normal, impulsionado por uma rotina de treinos pesadas.

“Chego mais bem preparado do que nos últimos anos, a pandemia me fez treinar mais, por isso chego um pouco melhor. No começo todos nós ficamos um pouco perdidos sem saber o que fazer, mas logo conseguimos nos adaptar para se preparar para 2020. Aproveitei para treinar bicicleta ao ar livre e treinos físicos em casa. O que mais afetou foi a ansiedade para ter uma definição de data para voltarmos a correr”, seguiu.

Dono de 15 vitórias, dez poles e 41 pódios, o #51 acha que o caminho para os bons resultados em 2020 passa pelo entrosamento de equipe com piloto e espera uma maratona de provas com um calendário mais curto, mas bem mais apertado.

“O principal segredo vai ser adaptação: a equipe e o piloto que se adaptarem mais rápido ao cenário atual vão pular na frente. Quem conseguir entender o carro mais rápido vai ter mais sucesso no ano. A confiabilidade passa a ser um ponto importante na corrida pelo título. Para os pilotos, se tiver uma corrida por final de semana ano todo é o cenário ideal. O calendário mais curto é um desafio a mais para a equipe por conta de viagens e preparação do carro. Ter uma boa administração da equipe vai ser importante para ter um carro rápido e confiável”, explicou.

Átila Abreu é um dos principais nomes do grid (Foto: Duda Bairros)

Abreu comentou também do carro novo para 2020, a entrada da Toyota, mas também um peso maior que os bólidos ganharam, bem como uma mudança que deve alterar o ronco dos motores.

“A principal diferença é a entrada da Toyota, se juntando a Chevrolet. Tecnicamente mantivemos o chassi das temporadas anteriores, mas com a adição do monobloco, o que enrijece um pouco o carro. Ele quica um pouco mais, tornando diferente o estilo de pilotagem. Outra mudança foi no downforce, com a asa menor, o que deixou o carro mais solto nas curvas de alta. Por ter um entre-eixo menor, o carro fica mais ágil nas curvas de baixa, contorna mais fácil. Mas, nas curvas de alta, ele perde um pouco da estabilidade. O carro é cerca de 50 kg mais pesado que o anterior, isso afeta alguns outros componentes. A última mudança é no motor: antes tínhamos o V8 com escape para os dois lados, agora o escape é para um lado só, então vai ter mudança no barulho. O carro parece ser mais quente do que era o interior e isso vai ser mais um desafio”, completou.

A Stock Car volta neste final de semana, com um cronograma menos denso que o normal para a abertura na rodada dupla de Goiânia.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube