Maurício vence final, leva tri da Stock Car e garante virada da Chevrolet sobre Toyota

Tricampeão: Ricardo Maurício virou o jogo sobre Thiago Camilo e, na decisão em Interlagos, liderou toda a prova para somar 2020 às taças de 2008 e 2013. Daniel Serra ficou com o vice, garantindo a dobradinha da RC Eurofarma

Domingo (13) de viradas: Ricardo Maurício venceu de ponta a ponta em Interlagos a decisão da Stock Car 2020 e, assim, garantiu o tri da principal categoria brasileira, tal como fez que o título ficasse com a Chevrolet, que passou toda a temporada atrás da Toyota.

Maurício soma mais uma taça às conquistadas em 2008 e 2013, chegando ao tri da Stock Car. É o quarto título seguido entre os pilotos para a RC Eurofarma, comandada por Rosinei Campos, o Meinha: entre 2017 e 2019, Daniel Serra foi o campeão. Agora, ele ficou com o terceiro posto, garantindo o título para o time do único chefe de equipe presente em todas as corridas da história da categoria (Serra seria vice, mas CBA e categoria puniram, duas horas depois da prova, Cesar Ramos).

Conheça o canal do Grande Prêmio no YouTube! Clique aqui.
Siga o Grande Prêmio no Twitter e no Instagram!

Ricardo Maurício (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Ricardo Zonta a prova em segundo, após a punição a Ramos por toque no próprio piloto da Shell. Nelsinho Piquet, assim, foi terceiro, enquanto Serra foi quarto. Ramos ficou em quinto na classificação final, atrás de Thiago Camilo, que abandonou.

Já entre as marcas, a virada foi de última hora: a Chevrolet nunca liderou a temporada, com seus Cruze sempre atrás dos Corolla da Toyota. Mas, na etapa derradeira, a marca garantiu o domínio após a transformação da categoria em multimarcas.

Ricardo Maurício é tricampeão (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Saiba como foi a decisão da Stock Car em Interlagos:

Uma largada tranquila no topo, com Ricardo Maurício segurando a liderança sem sofrer pressão e, também, sem trocas de posição. Mais para trás, Thiago Camilo tentou começar sua escalada pelo milagre: ganhou duas posições, terminando a primeira volta em 15°.

Mas o começo do segundo giro teve emoção: Ricardo Zonta forçou para cima de Cesar Ramos, tentando ganhar a terceira posição, mas foi parar na grama levantando terra e perdeu um posto para Nelsinho Piquet. Na volta seguinte, foi a vez de Daniel Serra passar o paranaense, sendo o primeiro na prova a baixar de 1min42s. Zonta, porém, usou o ‘push’ para tomar as duas posições perdidas.

Ricardo Zonta (Foto: Duda Bairros/Vicar)

A abertura da quinta volta trouxe o melhor momento dos 10 minutos iniciais: Gaetano Di Mauro usou o ‘push’ para tentar passar Maurício, mas o piloto da RC Eurofarma segurou. Houve toque, e Di Mauro escapou da pista, mas ainda voltou atrás do líder.

A primeira mudança na parte da frente do grid veio só na oitava volta: Ramos usou o ‘push’ no fim da reta principal para passar Di Mauro e assumir o segundo posto. Enquanto isso, Maurício abria 2s5 de vantagem na ponta.

O título de Maurício se aproximou no nono giro: Camilo abandonou a prova, tal como as chances de sua primeira conquista, consequentemente. O motivo foi uma quebra de motor.

Thiago Camilo não conseguiu terminar a final em Interlagos (Foto: Duda Bairros/Vicar)

Logo depois, a janela de boxes abriu, e Maurício mostrou sua estratégia: foi o primeiro a parar. Tal como Di Mauro e Ramos, trocou o pneu traseiro esquerdo e voltou rapidamente para a pista. Serra, seu companheiro de RC Eurofarma, seguiu na pista, tentando se aproximar dos líderes. Zonta também tentou tirar tempo forçando na pista paulistana.

Com a volta dos boxes com quase 2s de vantagem sobre Ramos, Maurício começou a controlar a prova na entrada dos 10 minutos finais, evitando sustos e, ainda, usando os ‘push’ que havia guardado no começo da prova.

Daí até o fim, ele simplesmente conduziu o #90 para a bandeira quadriculada: sem sustos, com o tri garantido. Ricardo Maurício, campeão da Stock Car 2020.

Stock Car 2020, Interlagos, corrida:

1R MAURÍCIORC CHEVROLET41:43.56224 voltas
2R ZONTARCM TOYOTA+3.309 
3N PIQUETFULL TIME TOYOTA+5.002 
4D SERRARC CHEVROLET+6.776 
5C RAMOSIPIRANGA TOYOTA+6.893 
6G OSMANCROWN SHELL CHEVROLET+14.770 
7B BAPTISTARCM TOYOTA+18.395 
8A KHODAIRBLAU CHEVROLET+18.719 
9G DI MAUROKTF CHEVROLET+19.254 
10G SALASKTF CHEVROLET+19.294 
11R SUZUKIFULL TIME TOYOTA+19.853 
12D NUNESBLAU CHEVROLET+20.040 
13A ABREUCROWN SHELL CHEVROLET+23.183 
14J CAMPOSCROWN CHEVROLET+25.261 
15C BUENOCROWN CHEVROLET+28.281 
16P CARDOSOR.MATTHEIS CHEVROLET+35.052 
17R BARRICHELLOFULL TIME TOYOTA+44.094 
18T ANTONIAZIHOT CAR CHEVROLET+1 volta 
19M GOMESCAVALEIRO CHEVROLET+4 voltas 
20M ROSSIFULL TIME TOYOTAAbandonou 
21D NAVARROCAVALEIRO CHEVROLETAbandonou 
22L FORESTIVOGEL CHEVROLETAbandonou 
23F LAPENNAVOGEL CHEVROLETAbandonou 
24T CAMILOIPIRANGA TOYOTAAbandonou 

Ouça os programas do GRANDE PRÊMIO no formato de podcast:
Anchor | Apple | Spotify | Google | Pocket Cast | Radio Public | Breaker

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube