Paraná decreta suspensão de atividades e afeta Stock Car. Cascavel promete recurso

O Governo do Paraná seguiu o pedido do Ministério Público e decretou a suspensão dos serviços não essenciais em sete regiões do estado, entre elas, Cascavel, que era o palco escolhido pela Stock Car para a abertura neste domingo

A Stock Car vai precisar de uma mudança de planos caso queira realmente realizar sua primeira etapa da temporada 2020 neste final de semana. Nesta terça-feira (30), o Governo do Paraná acatou o pedido do Ministério Público do estado e suspendeu as atividades não essenciais em sete regiões, entre elas a de Cascavel.

No decreto assinado pelo governador Ratinho Junior (PSD-PR) apenas os serviços essenciais podem seguir funcionando pelos próximos 14 dias e o descumprimento pode acarretar em multa. O comércio de rua, shoppings, bares, casas noturnas, academias e clubes estão entre os estabelecimentos que vão precisar fechar. Ainda, o decreto aponta que as cidades paranaenses podem adotar medidas ainda mais restritivas, mas não menos.

A Stock Car planeja iniciar a temporada no Autódromo de Cascavel (Foto: Stock Car)

O GRANDE PRÊMIO apurou que os pilotos da Stock Car receberam o protocolo para realização de testes de Covid-19 para correr no próximo final de semana. E que o palco, conforme antecipado pelo GP na última semana, não vai ser mesmo o Velo Città, anteriormente programado para ser visitado – mas, sim, o autódromo Zilmar Beux, em Cascavel.

A ideia da categoria era de ter um protocolo com os padrões da Copa Truck, que foi realizada também na cidade paranaense no último final de semana: sem público, por exemplo, pois um decreto publicado pela prefeitura da cidade permitia competições esportivas em tal condição.

O GP apurou que, nesta segunda-feira, o chefão da categoria Carlos Col se reuniu com a prefeitura de Cascavel e que a Vicar apenas aguardava a documentação para a realização da prova. A Stock Car já tem funcionários em Cascavel e indicou ao GRANDE PRÊMIO que a organização para a corrida deste fim de semana será mantida.

Em preocupante crescimento nos números do Coronavírus, o Paraná, que era tido como um dos exemplos no combate à pandemia, tem registrados oficialmente 22.623 casos, além de 636 mortes.

Cascavel teve arquibancadas cheias em 2019 (Foto: Luís França/Vicar)

Cascavel quer se livrar da restrição

Logo após o anúncio do governo do estado, a prefeitura de Cascavel soltou um comunicado oficial no qual garante que respeitará as medidas restritivas, mas vai recorrer junto à Secretaria do Estado da Saúde para tirar a cidade do grupo que incluído no pacote de restrições.

“O procurador-geral do Município, Luciana Braga Côrtes, prepara um parecer que será apresentado ao governo estadual na quinta-feira (2). O secretário de Saúde, Thiago Stefanello, também está elaborando uma planilha de dados que apontam que Cascavel tem feito o dever de casa com responsabilidade no enfrentamento ao novo coronavírus (Covid-19)”, afirmou o comunicado.

A cidade, então, tentará agir com certa urgência para bloquear as medidas aplicadas pelo governo do estado. A Stock Car, que já chegou a Cascavel, fica no aguardo do resultado do apelo judicial da prefeitura de Leonaldo Paranhos (PSC-PR).

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube