Stock Car

Pole em Goiânia, Camilo assume que pode abrir mão de vitória por mais pontos: “Vou correr pelo campeonato”

100% de poles até aqui na Stock Car em 2019, Thiago Camilo já pensa em como brigar pelo campeonato. E com a mudança na pontuação da corrida 2 para esta temporada, ele já planeja foco em estratégias de corrida para avançar na classificação

Grande Prêmio, de Goiânia / FELIPE NORONHA, de Goiânia
A mudança na pontuação da Stock Car para 2019, com a corrida 2 valendo mais pontos em relação ao ano passado (agora, são 24 para o vencedor, próximo aos 30 da corrida 1), tem causado mudanças nas estratégias dos pilotos e equipes. E, agora, esse passa a ser o caso de Thiago Camilo, mesmo com a terceira pole-position conquistada em três corridas - neste sábado (18), completou a trinca em Goiânia

Ao GRANDE PRÊMIO, o #21 assumiu que pode até mesmo abrir mão de lutar por uma vitória se sentir que pode pontuar mais ficando um pouco para trás na corrida 1, mas garantindo força para o fechamento da rodada dupla.
Thiago Camilo (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
" Agora é esquecer um pouco o resultado de classificação e lembrar que somos o quinto no campeonato. Isso mostra a competitividade da categoria", disse ele - ele foi ultrapassado por Felipe Fraga na classificação, mesmo sendo dono de 100% das poles e tendo vencido uma corrida no Velo Città, graças às mudanças causadas pela desclassificação de Ricardo Zonta em Mogi Guaçu.

"Tivemos problemas em corridas, principalmente no Velopark, quando eu já tinha boa vantagem para o Daniel. Mas não aconteceu (de vencer). Agora é entender a dinâmica do campeonato e correr pelo campeonato. É preciso avaliar bem o peso de uma vitória", seguiu.

"Ver se vale a pena abrir mão para marcar mais pontos nas duas baterias. Vamos focar nessa parte estratégica, de pontos, daqui para frente", completou, lembrando que pilotos que não foram ao pódio, mas sempre no top-10, pontuaram mais que ele próprio, que venceu, mas foi apenas 25° na corrida 2 do Velo Città.
Thiago Camilo (Foto: Duda Bairros/Stock Car)
Camilo também avaliou o desenho da briga pelo topo da classificação até aqui. Se é quinto, tem Fraga, Ricardo Maurício, Daniel serra e Rubens Barrichelo à frente.

"Acho que tem vários nomes fortes na disputa. A Stock Car é extremamente competitiva, um pequeno detalhe muda tudo e pode virar tudo de uma hora para outra. Falamos de 0s2 do primeiro para o oitavo colocado. É difícil quantificar isso. Mas dá para ver que há cinco carros, ao menos, na disputa, e estou feliz em ser sempre, ao menos na fase classificatória, o primeiro deles", finalizou.

Camilo sai na pole às 13h (de Brasília) do próximo domingo (19). A corrida 2 está marcada para 14h08. GRANDE PRÊMIO cobre tudo 'in loco' com o repórter Felipe Noronha.