Por tormenta, Camilo não sabe se teve “sorte ou azar” em liderar TL2 no seco

O que foi a sexta-feira de Thiago Camilo? O piloto não sabe bem qual seu nível para a classificação do sábado, porque andou apenas no seco. Ainda que tenha andado bem

O primeiro dia de atividades de pista da Stock Car em Cascavel, a sexta-feira (18) reservou um divertido jogo de gato e rato de estratégias onde ninguém sabe ao certo se é caça ou caçador. Dono da volta mais rápida do dia, Thiago Camilo gostou bastante do que sentiu do carro da A. Mattheis. Não tem ideia, porém, de se tudo que sentiu vai servir de muita coisa para o sábado da classificação, uma vez que as condições climáticas são um mistério. 
 
Há expectativa de chuva para a tarde do sábado, mas a hora da classificação ainda é uma incógnita. Interrogação enorme que faz Camilo não saber se valeu a pena ter andado no seco do Grupo 1 e cravar a dianteira, ou se era mais proveitoso pegar a onda da chuva forte do Grupo 2 – que chegou a ser interrompido.
 
"O clima é uma situação que acaba incontrolável. Hoje, treinei no Grupo 2 na primeira sessão e no 1 na segunda sessão, porque a Bia [Figueiredo] teve uma batida mais forte no TL1, e a equipe não conseguiu recuperar o carro dela. Acabei indo num grupo que não era o meu", comentou.
Thiago Camilo (Foto: Duda Bairros/Vicar)
Paddockast #38
CORRIDAS POLÊMICAS DA F1

Ouça: Spotify | iTunes | Android | playerFM

"No fim das contas, não sei se tive sorte ou azar, porque a gente não sabe em quais condições climáticas vai treinar amanhã. Então, o ideal seria que, se for para chover na classificação de amanhã – como existe a previsão -, eu tivesse treinado no meu grupo original, porque teria um acerto de carro mais próximo do que vai ser a classificação", apontou.

 
Apesar da dúvida, o que conseguiu testar até agora é animador. Caso a pista esteja seca na hora da classificação, crê que pode voltar a fazer a fumaça da pole.
 
"Mas levando em conta o que nós conseguimos desenvolver do carro e colocar em prática aqui, foram dois treinos muito bons. Acredito que temos um equilíbrio excelente, um carro competitivo pensando na classificação e um pouco na corrida. Trabalhamos nos dois treinos pensando nas duas possibilidades de setup, e o carro reagiu muito bem em ambas. Em caso de pista seca, estamos muito bem mais uma vez com o carro competitivo para brigar pela pole", finalizou.
 
O sábado começa com a última sessão de treinos livres, às 10h, enquanto a classificação está marcada para as 13h30.
 
O GRANDE PRÊMIO acompanha a etapa de Cascavel da Stock Car 'in loco' com o repórter Pedro Henrique Marum.



 
Apoie o GRANDE PRÊMIO: garanta o futuro do nosso jornalismo

O GRANDE PRÊMIO é a maior mídia digital de esporte a motor do Brasil, na América Latina e em Língua Portuguesa, editorialmente independente. Nossa grande equipe produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente, e não só na internet: uma das nossas atuações está na realização de eventos, como a Copa GP de Kart. Assim, seu apoio é sempre importante.

Assine o GRANDE PREMIUM: veja os planos e o que oferecem, tenha à disposição uma série de benefícios e experiências exclusivas, e faça parte de um grupo especial, a Scuderia GP, com debate em alto nível.

GOSTA DO CONTEÚDO DO GRANDE PRÊMIO?

Você que acompanha nosso trabalho sabe que temos uma equipe grande que produz conteúdo diário e pensa em inovações constantemente. Mesmo durante os tempos de pandemia, nossa preocupação era levar a você atrações novas. Foi assim que criamos uma série de programas em vídeo, ao vivo e inéditos, para se juntar a notícias em primeira-mão, reportagens especiais, seções exclusivas, análises e comentários de especialistas.

Nosso jornalismo sempre foi independente. E precisamos do seu apoio para seguirmos em frente e oferecer o que temos de melhor: nossa credibilidade e qualidade. Seja qual o valor, tenha certeza: é muito importante. Nós retribuímos com benefícios e experiências exclusivas.

Assim, faça parte do GP: você pode apoiar sendo assinante ou tornar-se membro da GPTV, nosso canal no YouTube